Fux determina reforço na segurança de Edson Fachin após decisão sobre Lula

Fux determina reforço na segurança de Edson Fachin após decisão sobre Lula

Com a decisão do ministro Fachin, o ex-presidente torna-se elegível segundo a Lei da Ficha Limpa.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, determinou reforço na segurança do ministro Edson Fachin e de seus familiares na última segunda-feira (8). A medida foi tomada por precaução, diante de questionamentos à recente decisão do magistrado sobre os processos envolvendo o ex-presidente Lula.

“Sobre informações de que o ministro tem sido alvo de protestos, a Suprema Corte ressalta que é inaceitável qualquer ato de violência por contrariedade a decisões judiciais. A Constituição e as leis asseguram a independência de todos os magistrados. E, no Estado Democrático de Direito, o questionamento às decisões devem se dar nas vias recursais próprias”, diz Fux em nota enviada nesta sexta-feira (12) à imprensa.

Na última segunda-feira (8) Edson Fachin anulou todos os atos processuais em ações envolvendo o ex-presidente Lula na Operação Lava Jato em Curitiba. A decisão se aplica aos processos do sítio de Atibaia, do triplex do Guarujá e do Instituto Lula. Na decisão, o magistrado declarou a incompetência da 13a Vara Federal de Curitiba. A partir dessa decisão, o ex-presidente torna-se elegível segundo a Lei da Ficha Limpa.

Fonte: Congresso em Foco

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: