Eduardo Bolsonaro solta o verbo e faz revelações importantes (veja o vídeo)

Eduardo Bolsonaro solta o verbo e faz revelações importantes (veja o vídeo)

Nunca a classe governante havia roubado tanto o país

Em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) fez revelações corajosas e soltou o verbo sobre diversos assuntos, como a tentativa de assassinato de Jair Bolsonaro.

“Eu fico impressionado como nesse país se vaza tudo, menos os telefones do Adélio, os telefones dos advogados do Adelio, e também em qual gabinete o Adélio Bispo foi em 2013. Ele tem pelo menos, 2 ou 3 entradas na Câmara, e ninguém sabe para onde foi, olha que curioso…

No dia da facada, vendem por aí que foi uma coincidência registrarem a entrada do Adélio na Câmara dos Deputados. Só lamento que o objetivo 01 do juiz Sergio Moro não foi investigar quem tentou matar aquele que já era quase certo de ser o presidente da República. Imagina se tentassem matar um presidente norte-americano, ou de qualquer outro país que seja”, desabafou.

A desratização de Brasília

Eduardo Bolsonaro relembrou a corrupção que marcou governos anteriores, com o superfaturamento de obras.

“O Lula, na obra de transposição do Rio Francisco, na parte que chegava até o Ceará, foram sete ou oito anos de demora na entrega da obra, e mais uns R$ 7 ou R$ 8 bilhões gastos além do orçamento original, e todas as obras deles são assim.

Na refinaria de Abreu e Lima, só para terraplanar a Abreu e Lima, dava para construir outro túnel ligando Londres a Paris! Nunca a classe governante havia roubado tanto o país. O que estamos passando agora é por um processo de desratização do governo, quatro anos vai ser pouco”, frisou.

Covidão e a postura de governadores e prefeitos

No que diz respeito à pandemia, o deputado destacou o importante trabalho que a Polícia Federal está realizando, identificando os crimes do Covidão, e criticou duramente os gestores do caos, que insistem no ‘fique em casa’, levando assim milhões de brasileiros ao desemprego e à miséria. O deputado comentou ainda sobre a postura de quem está se aproveitando do momento para desviar recursos enviados pelo governo federal – quase R$ 1 trilhão foi destinado para estados e municípios.

“A Polícia Federal está trabalhando a todo vapor, inclusive aproveitando o orçamento recorde que o governo Bolsonaro enviou. Os governadores estão adorando ter tantos recursos federais, só que uma hora essa conta vai chegar”, destacou.

A direita ocupando espaço

O parlamentar destacou ainda a necessidade de a direita se organizar.

“Não caiam nas narrativas da esquerda, e acabe você mesmo se autocastrando. A gente tem que usar todos os espaços, de maneira legal. Eles montaram um esquema institucional de corrupção, para sustentar não só seus parceiros aqui, como MST, essas ONGs todas que estão por aí – mais de R$ 10 bilhões foram destinados na era do PT para ONG’s, ajuda a países do Foro de São Paulo. Eu estou falando para gente se organizar, porque a direita está engatinhando. A gente tem que fazer desse momento atual um momento perene, eterno, igual é nos Estados Unidos, por isso estou tentando trazer para o Brasil o Instituto Conservador Liberal”, ressaltou.



Confira:

Fonte: JCO

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: