Brasil receberá insumos para fazer 32 mi de doses da vacina de Oxford

Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, disse na Câmara que carga chegará em 3 voos da China até sexta-feira (26)

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, anunciou nesta quarta-feira (24) na Comissão de Relações Exteriores da Câmara que o Brasil vai receber três voos, entre hoje (24) e sexta-feira (26), com matéria-prima para fabricar 32 milhões de doses da vacina contra a covid-19 de Oxford, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e fabricada no Brasil pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

“Posso começar com um bom anúncio. A partir de hoje, amanhã e sexta-feira, em três voos diferentes e provenientes da China, chegará uma nova quantidade de IFA [matéria-prima] para a produção da vacina AstraZeneca no Brasil. Nesses três voos, serão recebidos 1.024 litros do IFA, que são suficientes para a produção de 32 milhões de doses da vacina AstraZeneca pela Fiocruz”, iniciou.

Araújo destacou também que a Fiocruz, a partir do segundo semestre deste ano, será autossuficiente na produção de imunizantes.

Fonte: R7

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário