“O maior erro da vida de Moro foi a forma como saiu do governo Bolsonaro”, diz Constantino (veja o vídeo)

Semana passada, o jornalista Rodrigo Constantino participou do programa ‘Pânico’, do canal da Jovem Pan, onde falou sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), quanto à suspeição do ex-juiz Sérgio Moro nos processos de Lula na Lava Jato.

Sobre o silêncio de Moro frente à decisão do STF, o jornalista comenta que é ‘evidente que o Sérgio Moro está com medo’, já que criticar ministros do STF tem sido motivo para prisão.

Quanto a possibilidade de Moro concorrer às eleições presidenciais de 2022, Constantino falou sobre o problema de imagem que o ex-juiz vem enfrentando:

“O maior erro da vida de Moro foi a forma como saiu do governo Bolsonaro”, disse ele.

Ao comentar sobre as ‘ameaças que o Supremo tem representado às liberdades’, Constantino comenta a ironia de juízes indicados pelo réu serem os responsáveis pela decisão:

“Abriram as porteiras. Tá liberado usar prova ilegal, não tem mais limites. Criaram a ‘lulisprudência’, é um conceito novo. Nós temos a suspeição de um ministro concursado, de primeira instância, que perseguiu, com base na lei e provas materiais, inúmeros poderosos da política e do mundo empresarial, de vários partidos, sendo considerado suspeito por pseudo-juízes indicados pelo Lula, que é o réu. Quer dizer, é um negócio de maluco!”, alertou ele.

Confira:

Fonte: JCO

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: