Kim Kataguiri, “as duas faces” da justiça e a “pérola” escondida que denota o seu caráter (veja o vídeo)

Kim Kataguiri, “as duas faces” da justiça e a “pérola” escondida que denota o seu caráter (veja o vídeo)

O motivo é, infelizmente, mais uma atitude “lacradora e nos moldes dos esquerdistas”

Kim Kataguiri, o deputado federal do MBL … ops, quer dizer, do DEM-SP, o quarto mais votado da câmara por um eleitorado majoritariamente jovem e de meia idade, ansiosos em ter um representante distante do perfil da esquerda lacradora e corrupta e, principalmente, em busca de um representante mais alinhado com o conservadorismo mais liberal, acaba de “levar mais um tapa na cara”.

O motivo é, infelizmente, mais uma atitude “lacradora e nos moldes dos esquerdistas”, tomada pelo parlamentar, em um post em seu Twitter (veja na foto).

Imagem em destaque

A imagem da capa da revista, em si, por mais agressiva e desrespeitosa que seja ao ser humano e à figura de Olavo de Carvalho, não é o objeto do questionamento que fazemos aqui. Mas, sim, a atitude ainda mais desrespeitosa de Kataguiri, que, em um acesso de ironia irresponsável, resolveu peitar a ordem da justiça e publicar o que foi proibido por ela.

Daqui, podemos tirar três lições bem caras ao cidadão brasileiro, principalmente àquele que leva a política a sério, dedica seu tempo acompanhando os acontecimentos do país, critica, cobra e busca, insistentemente, uma solução nas urnas, a cada dois anos.

A primeira é que “nem todo novo político, será um político novo’ e, infelizmente, na maioria das vezes, com a “nova roupagem e a nova responsabilidade”, se não tiver caráter sólido e inflexível às benesses que se apresentam, o mesmo acabará se entregando ao caminho “mais fácil da política”… e não estou falando aqui de corrupção, mas apenas de desistir dos ideais que alçaram a tão importante cargo.

A segunda é que, quando a política estiver envolvida, jamais devemos ter confiança cega naquele que julgamos ser amigo. Sim, eu sei que isso é mais do que conhecido por todos em nosso país, mas temos que relembrar, pois o mesmo Kim Kataguiri que hoje despreza Olavo de Carvalho, a ponto de desrespeitar uma ordem da própria justiça, soube aproveitar-se da figura do filósofo para iniciar sua vida pública, ainda que precocemente. E basta assistir a um vídeo, gravado em 2014, em que Kim, ainda um rapaz com espinhas na cara, entrevistou Olavo por pouco mais de uma hora.

O vídeo, claro, foi tirado do ar pelo parlamentar, mas agradecemos a Thiago David, que o copiou em seu canal pessoal do Youtube e não deixou essa pérola ficar escondida.

Confira:

E a terceira e mais importante lição, dentro do atual contexto turbulento e de interferências institucionais, é a de que, para alguns, a justiça sempre terá duas faces. A que lhe serve e a que não lhe serve.

Prova disso é que, ao mesmo tempo em que Kim Kataguiri desrespeita a justiça com sua postagem, também busca fazer uso da mesma justiça, quando encaminha ao STF um pedido para que o presidente da câmara, Arthur Lira, seja obrigado a cumprir prazos para analisar os pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

O pedido, aliás, já tem até relatoria, que ficou a cargo da ministra Carmen Lúcia.

Alguém aí, gostaria de apostar sobre qual será a decisão de Carmen?

Pra mim, é barbada!

Foto de Uélson Kalinovski

Por Uélson Kalinovski*

* Uélson é Jornalista desde 1996, com especialização em Ciência Política e mais de uma década de experiência na cobertura dos temas nacionais, em Brasília. Executivo da produtora UK Studios, em Jundiaí/SP. ukalinovski@gmail.com / Uelson Kalinovski (Facebook e YouTube) / @uelsonkalinovsk (Twitter)

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Faça seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: