Ao vivo: CPI da Covid ouve Pfizer sobre negociações com governo

Ao vivo: CPI da Covid ouve Pfizer sobre negociações com governo

Atualmente Murillo ocupa o cargo de Gerente-geral do laboratório na América Latina.

O gerente-geral da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo, fala à CPI da Covid nesta quinta-feira (13). O principal assunto a ser tratado são as negociações da compra de vacinas pelo governo brasileiro.


Carlos Murillo confirmou à Comissão que o governo do Brasil não respondeu as negociações de compra das doses dos imunizantes da Pfizer. De acordo com ele, a conversa com o governo brasileiro começou em maio de 2020.  A oitiva atende ao requerimento protocolado pelo presidente da Comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM).

Acompanhe:

As ofertas da vacina da Pfizer começaram em agosto do ano passado, de acordo com Carlos Murillo, mas o governo do presidente Jair Bolsonaro recusou. Se as doses tivessem sido compradas, a vacinação no Brasil teria começado no mês de dezembro do ano passado com 2,5 milhões de doses que seriam entregues pela Pfizer.

Os integrantes do governo que foram procurados para as negociações com a Pfizer foram o presidente Jair Bolsonaro; o então chefe da Casa Civil,  Walter Braga Netto; o vice-presidente Hamilton Mourão;  o então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello; o ministro da Economia,  Paulo Guedes; o embaixador do Brasil em Washington, Nestor Forster.

Fonte: Congresso em Foco

Faça seu Comentário