Semusa suspende vacinação para público de grávidas e pessoas com comorbidades na capital

Semusa suspende vacinação para público de grávidas e pessoas com comorbidades na capital

A orientação é do Ministério da Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa), por meio da Divisão de Imunização, informa que a partir desta quinta-feira (13) está suspensa a vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidades (doenças pré-existentes).

A suspensão vem apoiar a orientação do Ministério da Saúde (MS) que deve expedir uma norma técnica sobre o assunto até esta sexta-feira (14).

A partir de hoje (13), portanto, no campus Mamoré da Faculdade Uniron, serão atendidas, das 9h às 16h, apenas as grávidas e puérperas com comorbidades e agendadas através do aplicativo SASI, após o fim do atendimento por demanda espontânea.

Para vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a mulher deverá comprovar a condição de risco
por meio de laudo, declaração ou prescrição médica.

As gestantes também devem apresentar a caderneta da gestante. As puérperas devem apresentar a certidão ou declaração de nascimento da criança.

Esse público continuará sendo atendido com a vacina da Pfizer/BioNTech como orientado pelo MS.

A Semusa também reforça a importância do cadastro no aplicativo. Apesar de estar atendendo atualmente o grupo de comorbidades, é importante que todos façam o cadastro no aplicativo, assim, a medida que o Plano Nacional de Imunização (PNI) for avançando, será mais fácil a convocação dos grupos já que o cadastro facilitará o agendamento e irá acelerar a velocidade da vacinação na capital.

Fonte: Semusa

Faça seu Comentário