Semusa inicia vacinação para grupo com comorbidade com faixa etária de 45 anos em Porto Velho

Semusa inicia vacinação para grupo com comorbidade com faixa etária de 45 anos em Porto Velho

A vacinação acontece no Campus I da Faculdade Uniron, na avenida Mamoré, das 9h às 16h.

A Prefeitura de Porto Velho começa a vacinar uma nova faixa etária contra a Covid-19, seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI). Nesta sexta-feira (21) serão atendidas com comorbidades com 45 anos ou mais. A vacinação acontece no Campus I da Faculdade Uniron, na avenida Mamoré, das 9h às 16h.

Segundo a gerente de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Elizeth Gomes, esse público será imunizado com as vacinas da Pfizer. “Estas pessoas devem procurar o ponto de vacinação, após fazer o cadastro no aplicativo SASI”. Após o cadastro, a pessoa deve aguardar ser agendada. A confirmação de agendamento é feita pelo e-mail e através do aplicativo

Além do público em geral com 45 anos ou mais com comorbidade, a partir de agora, a vacinação passa a atender pessoas com o seguinte perfil:

• Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise);

• Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;

• Gestantes e puérperas com comorbidades, acima de 18 anos;

• Pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com 45 anos ou mais.

Segundo a Nota Técnica 467/2021 do Ministério da Saúde, a comprovação da comorbidade deverá ser realizada conforme recomendações do PNI, ou seja, no ato da vacinação a pessoa deve comprovar a doença pré-existente através de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, laudo, cartão do BPC, cartão do hiperdia, entre outros meios.

Para receber o imunizante será necessário fazer o cadastramento através do aplicativo SASI.

Para baixar o aplicativo no sistema Android, basta acessar o link: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.sasi.app.

Para baixar no sistema IOS, clique no link https://apps.apple.com/br/app/sasi/id1467748272.

No ponto de vacinação a população poderá ajudar na campanha Vacina Contra a Fome, que tem como proposta sensibilizar a população para a doação de alimentos não perecíveis para atender pessoas carentes.

Quem for aos pontos de vacinação encontrará, devidamente identificados, caixa e banner da campanha para que façam a entrega de um quilo de alimento não perecível ou mais.

Estes alimentos vão ser transformados em cestas básicas que serão distribuídas o mais rápido possível para promover a segurança alimentar de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Fonte: Semusa

Faça seu Comentário