“Se a urna eletrônica é tão confiável, qual é o medo do voto impresso auditável?”, questiona deputada (veja o vídeo)

“Se a urna eletrônica é tão confiável, qual é o medo do voto impresso auditável?”, questiona deputada (veja o vídeo)

A parlamentar comentou que as narrativas espalhadas, de que se busca um retorno ao voto em cédulas ou que os eleitores levariam o voto para casa, são injustas e até mesmo criminosas.

Durante live promovida pela deputada Bia Kicis (PSL-DF), presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados (CCJ), sobre fatos e mitos do sistema eleitoral, a deputada Chris Tonietto (PSL-RJ) rebateu a desinformação propagada por juristas, autoridades e a “mídia do ódio” acerca da PEC 135/2019, que pretende estabelecer o voto impresso auditável.

A parlamentar comentou que as narrativas espalhadas, de que se busca um retorno ao voto em cédulas ou que os eleitores levariam o voto para casa, são injustas e até mesmo criminosas. Ela explicou que o que se busca é garantir a confiabilidade, a transparência e a segurança e que a urna eletrônica fortalece a democracia porque vai imprimir o comprovante de votação nominal.

E mandou um recado aos opositores:

“Se a urna eletrônica é tão confiável, qual é o medo do voto impresso auditável?”, finalizou.

Confira o vídeo:

Fonte: JCO

Faça seu Comentário