“Acima de todos os Poderes está a vontade popular”, garante Bolsonaro, em discurso histórico

“Acima de todos os Poderes está a vontade popular”, garante Bolsonaro, em discurso histórico

Sei da enorme responsabilidade que eu tenho, mas sei do povo maravilhoso que me apoia

O presidente da República, Jair Bolsonaro, falou para a milhares de pessoas, em um discurso histórico, após a “motociata” realizada no Rio de Janeiro, neste domingo (23), e voltou a dizer que não vai permitir qualquer ação para privar os brasileiros de sua liberdade.

“Nós estamos prontos, se preciso for, para tomar todas as ações para garantir a liberdade de todos. […] Nós temos direito de professar a fé, direito de trabalhar e ir e vir. Jamais ameaçarei qualquer Poder, mas acima de todos os Poderes está a vontade popular”, disse Bolsonaro, ovacionado pela massa de apoiadores.

O presidente citou diretamente os governadores e prefeitos que, desde o início da pandemia, tem fechado cidades, comércios, indústrias e escolas, causando a falência de milhares de empresários e o fechamento de vagas de emprego, levando famílias inteiras a uma situação de miséria e fome.

“Muitos governadores e prefeitos simplesmente ignoraram a grande maioria da população brasileira e sem nenhuma comprovação científica decretaram lockdown, confinamento e toque de recolher. Hoje vocês já sabem o que é uma democracia e o que é uma tentativa de ditadura patrocinada por esses governadores. Nós não tiramos o emprego de ninguém, fizemos o possível para que eles fossem mantidos”, disse o presidente.

Bolsonaro encerrou afirmando que o momento, ainda que difícil passará, e que é preciso ter esperança. E citou a importância dos valores conservadores para que o Brasil siga no caminho certo:

“Temos que agradecer à nossa direita, àqueles que defendem a família, a Pátria, e que têm Deus no coração. Podem ter certeza, nós vamos, sim, cada vez mais fazendo com que as pessoas eleitas por vocês façam melhor. Sei da enorme responsabilidade que eu tenho, mas sei do povo maravilhoso que me apoia”.

Este é mais um daqueles, entre tantos, discursos do presidente Bolsonaro, que cala e envergonha os “esquerdopatas” e a mídia extrema, que insistem em dizer ele é ditador ou que coloca em risco a nossa democracia.

Mas contra narrativas, há fatos … e com os fatos, está a verdade.

Fonte: JCO

Faça seu Comentário