Técnica de enfermagem é morta pelo próprio marido na frente de filho pequeno em Ji-Paraná

Técnica de enfermagem é morta pelo próprio marido na frente de filho pequeno em Ji-Paraná

De acordo com informações, o casal estava em processo de separação, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Uma mulher de 32 anos, técnica em enfermagem, foi morta a pauladas na última terça-feira (25) em Ji-Paraná (RO) pelo próprio companheiro, um homem de 43 anos. O crime foi cometido na frente de um menino de quatro anos, filho do casal. O suspeito ainda não foi localizado pela polícia.

Segundo o informações da Polícia Civil, uma testemunha contou que escutou gritos e pedidos de socorro vindos da casa vizinha e quando abriu o portão viu o marido da vítima agredindo a mulher, que já estava muito machucada.

Ainda de acordo com a testemunha, a vítima correu para o quintal da casa e o homem foi atrás desferindo pauladas na cabeça dela, que a todo momento pedia para que as agressões parassem.

O filho do casal, de 4 anos, presenciou o ocorrido e pediu para o pai parar de bater na mãe, no entanto, o suspeito só parou depois da vítima cair no chão. Depois das agressões, o suspeito fugiu em uma motocicleta.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu a vítima ao Hospital Municipal, onde recebeu atendimento médico, mas não resistiu e morreu pouco depois.

A perícia técnica esteve no local e realizou os trabalhos necessários. Na casa foi encontrada uma faca de serra quebrada e na parte externa, um tijolo com muito sangue. Onde a vítima caiu, foi localizado um pedaço de madeira com sangue e cabelo da vítima. Os objetos foram entregues à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Segundo parentes da vítima, o casal estava em processo de separação, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Fonte: G1/RO

Faça seu Comentário