Projeto de construção do porto graneleiro é apresentado ao Município

Projeto de construção do porto graneleiro é apresentado ao Município

A empresa responsável atua na área de logística, transporte e escoamento de grãos e fertilizantes.

O prefeito Hildon Chaves participou de reunião com representantes da empresa multinacional Hidrovias do Brasil nesta quinta-feira (27), no Prédio do Relógio, sede do poder executivo municipal. Na ocasião, ele conheceu o projeto de construção do porto graneleiro da capital. A companhia atua na área de logística, transporte e escoamento de grãos e fertilizantes.

Com investimentos de R$ 100 milhões e estimativa de geração de 500 empregos durante a fase de construção, e mais 127 empregos efetivos da parte operacional, o porto será construído a 30 quilômetros do centro urbano de Porto Velho, no Ramal Saraiva, numa área denominada “Zona de Urbanização Portuária” (ZUEP).

O empreendimento contará com estruturas de grande porte na terra e no rio. Em terra será construída uma ponte de acesso ao rio Madeira, amostragem, balança rodoviária, área administrativa, portaria, área de descanso para os caminhoneiros e sala elétrica com transformadores de energia.

Para a parte do rio está previsto no projeto a construção de uma balsa, instalação de um guindaste, uma moega, quatro conjuntos de amarras e poitas, sistema de movimentação das balsas de grãos e fertilizantes, geradores com sistema de distribuição de energia, dois tombadores de caminhões e correias transportadoras de correntes.

“Pretendemos estar em operação, se conseguirmos avançar todas as etapas, em fevereiro de 2023”, anunciou Gleize Gealh, diretora-geral do Norte, da Hidrovias do Brasil.

Além do prefeito Hildon Chaves e dos representantes da empresa Hidrovias do Brasil, o secretário-geral de Governo, Fabrício Jurado, e o secretário-adjunto Devanildo Santana também participaram da reunião no gabinete do prefeito.

Fonte: Comdecom

Faça seu Comentário