“É a quinta semana de uma CPI que sequer trouxe luz sobre os respiradores enterrados ou comprados em lojas de vinho”, detona jornalista (veja o vídeo)

“É a quinta semana de uma CPI que sequer trouxe luz sobre os respiradores enterrados ou comprados em lojas de vinho”, detona jornalista (veja o vídeo)

“O que existe é um grande comércio e de eficácia ninguém pode dizer nada”

Em entrevista à TV Jornal da Cidade, a jornalista Liliane Ventura criticou duramente a CPI da Pandemia.

“É a quinta semana de uma comissão que sequer trouxe luz sobre as suspeitas dos respiradores que foram enterrados ou comprados em lojas de vinho”, ressaltou. Ela também relembrou que o “problema da saúde é desde sempre”, desmistificando que seria por causa do atual governo o problema da falta de leitos.

A CPI contou com inúmeros momentos de assustar, principalmente no trato com a Dra. Nise Yamaguchi. Os senadores trataram a médica oncologista e infectologista de forma grosseira, colocando em xeque sua capacidade profissional.

“Nós estamos falando de uma mulher de 62 anos, com a vida dedicada à medicina. É uma total inversão de valores”, desabafou.

Liliane relata que torceu para que a Dra. Nise fosse escolhida como ministra da Saúde.

“Eu acho que teria sido valorosa sua participação se tivesse passado por lá como ministra da Saúde. O que a gente precisa são de pessoas com conhecimento técnico”, afirmou.

E um assunto delicado que não escapou aos comentários da jornalista foi o “lobby de laboratórios estrangeiros, vindo de multinacionais. O que existe é um grande comércio e de eficácia ninguém pode dizer nada”, analisou.

Confira:

Fonte: JCO

Faça seu Comentário