Semusa começa a vacinar  pessoas com comorbidade a partir de 18 anos neste sábado (5)

Semusa começa a vacinar pessoas com comorbidade a partir de 18 anos neste sábado (5)

Aplicação será no campus I da Faculdade Uniron, na Av. Mamoré, das 09h às 12h.

Pessoas com comorbidade a partir de 18 anos começaram a serem imunizados neste sábado (05). O público que será atendido faz parte dos que fizeram cadastro e receberam a confirmação de agendamento através do aplicativo SASI. A vacinação neste sábado seguirá sendo feita no campus I da Faculdade Uniron, na Av. Mamoré, das 09h às 12h.

Além de pessoas com 18 anos ou mais com comorbidade serão atendidas ainda:
• Pessoas com doença renal crônica acima de 18 anos;
• Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;
• Gestantes e puérperas acima de 18 anos;
• Pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com 18 anos ou mais.

Segundo a Nota Técnica 467/2021, a comprovação da comorbidade deverá ser realizada conforme recomendações do PNI, ou seja, no ato da vacinação a pessoa deverá comprovar a doença pré-existente através de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, laudo, cartão do BPC, cartão do hiperdia, entre outros.

A capital voltou a imunizar também gestantes e puérperas sem comorbidades.
Segundo uma nota técnica do Ministério da Saúde a apresentação de prescrição médica não é mais necessária para esse público.
Grávidas devem apresentar a caderneta da gestante. As puérperas devem apresentar a certidão ou declaração de nascimento da criança.
Esse público continuará sendo atendido com a vacina da Pfizer/BioNTech como orientado pelo MS.

Até as 9h de sexta-feira (4), 135.037 pessoas tinham sido imunizadas em Porto Velho contra a Covid-19. Desse total, 90.977 na primeira dose e 44.060 na segunda dose. Até esse momento, a capital rondoniense havia recebido 184.923 doses de imunizantes.

Os trabalhadores da saúde figuram como o maior grupo vacinado no município, com 41.712 pessoas imunizadas, sendo 22.639 na primeira e 19.073 na segunda dose, conforme registrado no mapa do Ministério da Saúde.

Fonte: Semusa



Faça seu Comentário