Ao vivo: Ministro da Saúde depõe a CPI da Covid pela segunda vez

Ao vivo: Ministro da Saúde depõe a CPI da Covid pela segunda vez

Marcelo Queiroga deve ser interrogado sobre Copa América no Brasil e dispensa de secretária Luana Araújo.

A CPI da Covid-19 ouve, nesta terça-feira (8), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que volta a depor à comissão para esclarecer principalmente pontos relacionados à Copa América e a sua autonomia no comando da pasta.
Acompanhe ao vivo:

A CPI também deve votar requerimentos para convocar e quebrar sigilos de supostos integrantes do chamado “gabinete paralelo“.

Os senadores querem ouvir o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) e o médico Paolo Zanotto, que participaram de um encontro no Palácio do Planalto, em setembro de 2020, no qual defenderam o uso de cloroquina como tratamento contra a covid-19 e duvidaram da eficácia das vacinas existentes contra o vírus.

Depoimento de Queiroga 

O primeiro depoimento do ministro da Saúde à comissão ocorreu em 6 de maio e durou cerca de oito horas. Na ocasião, o ministro emitiu opiniões diferentes do que é dito e praticado pelo presidente Jair Bolsonaro, e admitiu que aglomerações alastram a covid-19. Mesmo assim, parlamentares de oposição alegaram, na época, que ele não foi objetivo em suas respostas.

Um dos principais questionamentos que será feito ao ministro Queiroga no depoimento de hoje é sobre o motivo da não efetivação, em uma secretaria da pasta, da médica Luana Araújo, que depôs na semana passada à comissão. Luana ficou dez dias no cargo e foi dispensada, sem ser nomeada, por ter tido seu nome vetado pelo Planalto.

Fonte: Congresso em Foco

Faça seu Comentário