Parlamentar detona a “podridão” da “mídia do ódio” (veja o vídeo)

Parlamentar detona a “podridão” da “mídia do ódio” (veja o vídeo)

“Assassinaram o português e levam pro túmulo também o jornalismo”, disse o deputado

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) usou a tribuna da Câmara, nesta quinta-feira (10), para denunciar a falta de profissionalismo e ética que tomaram conta da “mídia do ódio”, para o que chamou de “desjornalismo”.

“Nós todos sabemos que a imprensa torce contra do Governo Bolsonaro. Boa parte da mídia age como ‘agentes do caos’, como assessoria de imprensa da oposição, aliados da oposição e que também tendem a dar apenas as notícias ruins e esconder as notícias boas”, lamentou.

Jordy citou como exemplo a âncora da CNN, Daniela Lima, que, no final de maio, ao apresentar o programa “CNN 360” e anunciar o saldo positivo em abril de 120 mil novos empregos com carteira assinada segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), deixou escapar a frase: “infelizmente agora vamos falar de notícia boa”.

A repercussão negativa do comentário da jornalista foi imediata nas redes sociais e o deputado declarou:

“Chegamos a esse ponto: da jornalista lamentar que vai dar uma notícia boa referente ao Governo”, explicou, acrescentando que outro comunicador da Folha, também adotou postura similar a de Daniela e, ao comentar a melhora na economia brasileira disse que se tratava de “despiora”.

“Ou seja: assassinando o português e levando pro túmulo também o jornalismo. Um verdadeiro des-sespero da imprensa!”, ironizou.

Confira o vídeo:

Fonte: JCO

Faça seu Comentário