Marcos Rocha falta em encontro que discute sobre crise entre poderes mas envia Júnior Gonçalves como representante

Marcos Rocha falta em encontro que discute sobre crise entre poderes mas envia Júnior Gonçalves como representante

A proposta do encontro partiu de João Doria (PSDB), de São Paulo, o encontro aconteceu nesta segunda-feira (23).

Preocupado com a repercussão negativa junto ao Palácio do Planalto de sua participação ativa no Fórum Nacional de Governadores para tratar de pautas relacionadas ao respeito a democracia e os Poderes, o governador Marcos Rocha decidiu abortar sua ida a Brasília e enviar seus representantes, Júnior Gonçalves, chefe da Casa Civil, e Luís Fernando Pereira da Silva, secretário de Finanças.

Mais cedo, o Correio Braziliense e a rádio CBN haviam confirmado junto ao evento a participação presencial do governador de Rondônia, notório defensor das ideologias negacionistas do presidente Jair Bolsonaro.

O encontro dos governadores, segundo João Dória, de São Paulo, foi articulado após o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes e as ameaças de rupturas com o estado de Direito às vésperas do Dia 7 de Setembro, data na qual estão marcadas manifestações em todo País pró-Bolsonaro e suas políticas contrárias à Ciência e menosprezo as Instituições.

Fonte: Rondônia Agora

Faça seu Comentário