Emater é homenageada pela Assembleia Legislativa pelos 50 anos de fundação

Emater é homenageada pela Assembleia Legislativa pelos 50 anos de fundação

A sessão solene foi proposta pelo deputado Francisco Mende Sá, o Chiquinho da Emater, que também presidiu o ato. 

Os 50 anos de fundação da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO), do Governo de Rondônia, foram destacados na manhã desta segunda-feira, 30 de agosto, pelos deputados estaduais. A sessão solene comemorativa foi proposta pelo deputado Francisco Mende Sá, o Chiquinho da Emater, que também presidiu o ato. 

Entre a homenagens, os parlamentares entregaram títulos de amigo da Emater-RO para diversas personalidades. Um dos agraciados foi o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Silvernani Santos. Em seu discurso, ele destacou os 50 anos da Entidade, sempre fazendo referencia à história do Estado de Rondônia, e contou que, aos 21 anos, em 1978, chegou em Rondônia, recém-formado em agronomia e foi contratado pela então Aster-RO, onde ocupou a função de coordenador do escritório local de Jaru. 

Os deputados Adelino Follador, Luizinho Goebel, Cirone Deiró e Ribamar Araújo estavam presentes à solenidade e ressaltaram a alegria por terem feito parte, de algum modo, da história dessa instituição, fundada em 31 de agosto de 1971, dez anos antes da criação do estado de Rondônia, e enfatizaram que a história da Emater está diretamente ligada ao desenvolvimento econômico e social de Rondônia.

O diretor-presidente da Emater, Luciano Brandão, agradeceu ao deputado Chiquinho e a todos os deputados pela homenagem que enaltece a todos os atuais e antigos empregados da Entidade. Ele ainda agradeceu ao governador Marcos Rocha que lhe delegou essa responsabilidade de dirigir essa instituição cinquentenária.

O deputado Chiquinho encerrou a homenagem enaltecendo os 50 anos de atividades da Emater, que ajudaram a transformar a economia, antes baseada no extrativismo, em uma potência produtora que se destaca no cenário produtivo nacional. Ainda lembrou que em 1971, a população do ex-Território Federal de Rondônia era de apenas 150 mil habitantes e o rebanho bovino era de 20 mil cabeças e hoje alcança a cifra de 15 milhões de  bovino, segundo dados da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron).

Fonte; Secom

Faça seu Comentário