Kremlin responde à sugestão de senadores dos EUA de expulsar 300 diplomatas da Rússia

Kremlin responde à sugestão de senadores dos EUA de expulsar 300 diplomatas da Rússia

“Eles devem perceber que a responsabilidade por isso recairá sobre eles”

Na segunda-feira (4) vários senadores dos EUA assinaram uma carta de Marco Rubio, representante republicano, exortando à expulsão de 300 diplomatas da Rússia do país.

Os senadores dos EUA que sugeriram a expulsão de 300 diplomatas russos parecem querer fechar as missões diplomáticas norte-americanas na Rússia, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia à Sputnik.

“Não vamos nem mesmo lembrar que não há tantos diplomatas russos em Washington. Ou será que os congressistas, não tendo o conhecimento adequado das relações internacionais, também contaram com os diplomatas russos que trabalham na representação permanente na ONU?”, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia, comentando a proposta.

“É importante outra coisa. Aqueles que propõem tais medidas estão aparentemente pressionando o fechamento dos escritórios estrangeiros dos EUA na Rússia. Eles devem perceber que a responsabilidade por isso recairá sobre eles”, concluiu a chancelaria russa.

Vários senadores influentes dos EUA pediram na segunda-feira (4) ao presidente Joe Biden para expulsar 300 diplomatas russos do país, a menos que as autoridades russas concordem em expandir o pessoal da embaixada norte-americana em Moscou, Rússia, de acordo com uma carta publicada no portal do senador republicano Marco Rubio.

Fonte: Sputnik

Faça seu Comentário