Polícia Federal amanhece na casa de governador

Polícia Federal amanhece na casa de governador

O STJ determinou o afastamento do governador por 6 meses

Acusado de obstruir investigações, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), foi acordado na manhã desta quarta-feira (20), pela Polícia Federal.

A Polícia Federal faz buscas na casa de Mauro Carlesse e na sede do governo do Tocantins. Além do governador, também há mandados de busca e apreensão contra secretários estaduais, dentre eles Cristiano Sampaio, titular da Secretaria de Segurança Pública do Tocantins (SSP).

“Os inquéritos, que tramitaram sob sigilo na Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indicaram a presença de indícios do pagamento de vantagens indevidas ligadas ao Plano de Saúde dos Servidores do Tocantins e a presença de uma estrutura para lavagem de ativos”, diz nota emitida pelo STJ.

Segundo a PF, as buscas fazem parte de duas operações complementares que investigam pagamento de propina relacionada ao plano de saúde dos servidores estaduais e obstrução de investigações, além de incorporação de recursos públicos desviados ao patrimônio dos investigados.

As investigações reuniram um vasto material demonstrando um complexo aparelhamento da estrutura estatal para a prática criminosa.

E complementa a nota do tribunal:

“Além da obtenção de novas provas, as operações buscam interromper a continuidade das ações criminosas, identificar e recuperar ativos frutos dos desvios, resguardar a aplicação da lei penal, a segurança de testemunhas e a retomada das Instituições Públicas.”

O STJ também determinou o afastamento do governador do Tocantins, por 6 meses.

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: