PT gastou R$ 500 mil em aluguel de jatinho de luxo para Lula

PT gastou R$ 500 mil em aluguel de jatinho de luxo para Lula

Dinheiro veio do Fundo Partidário, que é abastecido por dinheiro público

O PT (Partido dos Trabalhadores) gastou quase R$ 500 mil, só em agosto, para transporte do ex-presidente Lula num jatinho de luxo em viagens pelo Nordeste. O dinheiro veio do Fundo Partidário, que, em boa parte, é formado por dinheiro público. Lula, que é presidente de honra do partido, viajou pelo Nordeste para encontros com lideranças políticas e sociais da região.

A informação foi bastante compartilhada na quarta-feira (27) em postagens nas redes sociais. As mensagens traziam reportagens sobre o assunto, feitas a partir de informação oficial. Como se trata de dinheiro público, os partidos devem prestar contas sobre como gastaram o que receberam do Fundo Partidário. O gasto com jatinho para Lula apareceu na prestação de contas do PT.

Só em agosto, foram gastos R$ 498 mil. Em maio, já tinham sido gastos mais de R$ 84 mil. Estes valores foram pagos pelo aluguel de aeronave da Air Jet Taxi Aéreo LTDA, que tem uma frota com três jatos executivos.

Um deles é adaptado para o transporte médico. Então, o PT pode ter alugado para uso de Lula um Bombardier Chalenger 604, com capacidade para 12 passageiros e capacidade para voos longos, ou um Global Express, com capacidade para 14 passageiros, de “ultra longo alcance”. O mais provável é que tenha sido o primeiro, mais “simples”.

Imagens do interior do Bombardier Chalenger 604, retiradas do site da Air Táxi Aéreo:

  • Air Táxi Aéreo/Divulgação
  • O advogado e professor de direito constitucional Pedro Horta explica para que se destina o dinheiro do fundo: “É usado para manter o custeio do partido e manter condições igualitárias na disputa eleitoral e pode ser gasto com luz, água, aluguel de sede e viagens para divulgação de propostas e custos de campanhas que não sejam eleitorais”.

    Em relação à viagem feita pelo presidente Lula, que passou por seis estados do Nordeste durante duas semanas, Horta reitera que os gastos, aparentemente, entram nessa lógica, portanto, são legais: “Os gastos têm que ter bom senso, no caso do presidente Lula em fazer a viagem, dependendo de quantos municípios andou, tem que fazer uma conta de divisão de razoabilidade”.

    Procurada pelo Monitor7, a assessoria de imprensa do PT reiterou a legalidade das despesas empenhadas para a viagem de Lula: “As despesas de transporte do presidente de honra do PT são de responsabilidade do partido, que seleciona fornecedores em pesquisa de mercado e utiliza recursos legais, declarados à Justiça Eleitoral conforme as normas estabelecidas pelo TSE”.

    No entanto, a nota não explica por que o ex-presidente Lula não utiliza voos comerciais para os principais deslocamentos. O espaço está aberto para manifestação e a resposta será adicionada à reportagem assim que for enviada.

    Você tem uma informação que gostaria que fosse checada? Envie mensagem para o MonitoR7, por WhatsApp ou Telegram: (11) 9-9240-7777

    Ex-presidente Lula (PT) viajou por seis estados do Nordeste em agosto deste ano
    Ex-presidente Lula (PT) viajou por seis estados do Nordeste em agosto deste ano

    Fonte: R7

    Compartilhar

    DEIXE O SEU COMENTÁRIO

    %d blogueiros gostam disto: