Jean Oliveira comenta a relatoria do PLC 085 que muda o Zoneamento Socioeconômico e Ambiental do Estado de Rondônia

Jean Oliveira comenta a relatoria do PLC 085 que muda o Zoneamento Socioeconômico e Ambiental do Estado de Rondônia

A sessão da votação adentrou a noite daquela terça-feira, 28 de setembro, culminando com a aprovação do projeto

O deputado Jean Oliveira (MDB), em entrevista à imprensa, fez uma explicação de como foi sua atuação enquanto relator do Projeto de Lei Complementar (PLC) 085/2020 que trata de mudanças no Zoneamento Socioeconômico e Ambiental do Estado de Rondônia. A sessão da votação adentrou a noite daquela terça-feira, 28 de setembro, culminando com a aprovação do projeto.

Jean Oliveira disse que logo pela manhã do dia 28 de setembro, na audiência pública, explicou como trabalhou enquanto relator da matéria – ” Quero dizer aos senhores que neste momento não busco fazer política, de forma a tentar agradar, mas fazer política reconhecendo a justiça social e levando em consideração a aptidão desse Estado, que desde o seu início foi agrícola. Nós não podemos sob hipótese nenhuma virar às costas para a realidade da gente que ocupou esse Estado”.

O deputado, naquela ocasião observou que: – “O povo que ocupou Rondônia, é um povo extremamente trabalhador, é um povo que acredita que plantando se pode colher. Desta forma, nós vamos aqui deliberar pela sustentabilidade. Em nenhum momento se pode fazer qualquer desmerecimento da preservação ambiental. Em momento algum podemos fechar os olhos para a necessidade de preservar. Mas a sustentabilidade se faz num tripé: – da economia, do social e do ambiental. Não se pode focar somente em um. Nós temos que lembrar que existem pessoas, pessoas que precisam trabalhar, precisam ganhar o seu sustento, e assim se faz o estado de Rondônia, um Estado pujante, um Estado progressista”.

Na avaliação de Jean Oliveira “as pressões que chegaram à Assembleia Legislativa, são naturais, e nós entendemos a cada um que pressionou e buscou que esse projeto fosse aprovado o quanto antes. Quero aqui dizer àqueles que muitas vezes nos questionaram: – Por que não aprovar agora? Por que depois? Digo que se fazia necessário   deliberar esse projeto com a certeza de que nós atenderíamos o estado de Rondônia de Norte a Sul, de Leste-Oeste, sem causar nenhum tipo de desmerecimento pela luta de qualquer uma das regiões que esse Estado tem”.

O deputado disse ainda ter consciência de não ter atendido 100% das demandas, “mas nós vamos fazer o possível, dentro da regra, dentro daquilo que nos é limitado fazer. Vamos fazer com o coração e com o sentimento de estar no lugar de cada um de vocês. Esse é o compromisso que assumi enquanto relator”.

O deputado também disse que seu trabalho contemplava o sentimento de cada companheiro, colega, deputado. “Cada deputado que se preocupou e ligou perguntando se estava tudo OK, se as regiões estavam sendo atendidas, procurei contemplar a todos”, afirmou o parlamentar.

“Foram cerca de 30 emendas, sendo que 18 delas tratavam de dispositivos do projeto de lei e mais de uma dezena tratando de questões cartográficas. Algumas emendas, digamos redundantes, nós juntamos. E as cartográficas, o entendimento é de votarmos em destaque”, informou Jean na emissão do parecer.

“Em nome de cada um dos meus companheiros deputados estaduais, eu agradeço de coração o apoio que recebi, o voto de confiança, para que pudéssemos relatar essa matéria. Foram muitos os embates na Casa de Leia, mas no fim, os embates calorosos, chegou a um momento, momento de concentração de todos em prol de um projeto de grande importância para nossa população e para o desenvolvimento do nosso Estado”, concluiu o deputado Jean Oliveira

Fonte: Assessoria de Comunicação – Dep. Jean Oliveira

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: