Ministério Público instaura procedimento investigatório sobre caso de recém- nascido

Ministério Público instaura procedimento investigatório sobre caso de recém- nascido

O MP oficiou à Delegacia de Policia, solicitação da cópia da ocorrência registrada e eventuais diligências que tenham sido realizadas.

Ariquemes, RO – O Ministério Público de Rondônia, através da Promotoria da Comarca de Ariquemes, instaurou nesta quinta feira, (30) de dezembro, procedimento investigatório para apurar o caso do bebê prematuro de 7 (sete) sete meses que nasceu em casa e foi dado como morto no Hospital Municipal.

A mãe, de 18 (dezoito) anos de idade, não sabia que estava grávida. Passou mal e foi, a princípio, levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ariquemes, onde a médica identificou que a jovem se encontrava gestante. A profissional pediu exames, como ultrassom e teste de gravidez. A jovem foi medicada e voltou pra casa. De madrugada passou mal e acabou tendo o parto na própria residência.

A avó levou a mãe e o bebê para o Hospital, onde teria sido constatada a morte da criança por outra médica. Após, um agente funerário percebeu que o bebê tinha batimentos cardíacos e o levou imediatamente ao hospital, onde ainda se encontra internado na Unidade de Terapia Intensiva, em estado estável.

No despacho inicial, o MP oficiou à Delegacia de Policia, solicitação da cópia da ocorrência registrada e eventuais diligências que tenham sido realizadas. Oficiou ainda à Secretaria Municipal de Saúde para que informe se foi instaurado procedimento administrativo para apuração dos fatos. Caso negativo, que proceda a instauração do procedimento pertinente para a correta elucidação do caso.

Fonte: DCI – Departamento de Comunicação Integrada

Faça seu Comentário