Taxa Selic segue em alta e deve afetar a recuperação econômica

Taxa Selic segue em alta e deve afetar a recuperação econômica

Selic serve como base para estabelecer os juros da economia brasileira, determinada pelo governo.

De acordo com o boletim divulgado pelo Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, a taxa Selic teve nova alta e o índice chegou 11,75%. Essa alta é de um ponto percentual e deve puxar para cima as taxas de juros. A Selic serve como base para estabelecer os juros da economia brasileira, determinada pelo governo.

Esse aumento representa bons sinais para quem atua no mercado financeiro e tem investimentos bancários, mas a grande parte da população não tem recursos para essas aplicações. Assim, a elevação torna um problema para a população em geral que pagará mais jutos aos bancos, principalmente nos cartões de créditos, cheques e limites especiais. O impacto chegará também para quem tem refinanciamento, uma vez que, as taxas e juros nessas modalidades também subirão na mesma proporção da Selic.

Essa alta afeta também aquelas pessoas que planejam trocar de carro e deve fazer financiamentos já com a nova base de cálculo. Para o comércio de bens e serviços, o impacto também será grande. A intenção de consumo está favorável, mas esbarra no endividamento das famílias que cresceu muito e, com isso, gerou endividamentos em grande proporção.

Como a economia mundial vem sendo impactada com os efeitos da pandemia e agora com a crise gerada pela guerra na Ucrânia, o cidadão vai ter que acostumar com novas formas de administração do dinheiro. Ao invés de gastar mais, será importante fazer reservas e evitar endividamentos que incidem correções de taxas de juros.

Outra incerteza vem da possibilidade de menor investimento estrangeiro devido as restrições mundiais. Assim, o capital circulante no mercado tende a não receber injeção de valores externos, o que pode limitar o crescimento econômico nacional. Com juros maiores, as vendas caem e as portas de empregos se limitam ou reduzem.

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: