É possível ficar rico apenas investindo no mercado financeiro?

É possível ficar rico apenas investindo no mercado financeiro?

Aplicações são consideradas meios para construção e ampliação do patrimônio. Diversificar carteira é estratégia recomendada

Investir no mercado financeiro pode trazer bons resultados e ajudar na construção e ampliação do patrimônio. Mas, para isso, os especialistas afirmam serem necessários estudo e estratégia.

De acordo com as informações da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima), investir é o caminho para garantir uma vida financeira tranquila no futuro, o que significa que ninguém enriquece da noite para o dia.

A Anbima afirma que, assim como é necessário ter cuidados com a saúde física e mental, também é preciso considerar a saúde financeira. Por isso, orienta que todos tenham um planejamento que possibilite investir, seja com o objetivo de construir, aumentar ou proteger o patrimônio.

Ainda segundo a associação, para começar é recomendável avaliar o orçamento, definir as metas, evitar os gastos desnecessários, livrar-se das dívidas e estudar sobre os investimentos.

Cada produto do mercado financeiro possui características próprias e sofre interferência direta do cenário econômico, interno e externo. Estudar essas informações é o diferencial para fazer escolhas assertivas, mais compatíveis com o perfil e os interesses do investidor.

Como montar a carteira de investimentos

Na hora de montar a carteira de investimentos, é necessário ser estratégico a fim de reduzir os riscos e aumentar as possibilidades de lucro, como informa o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos.

Segundo ele, as aplicações devem ser escolhidas de acordo com o valor que se tem disponível para investir e quanto tempo planeja deixá-lo aplicado. Por isso, além da possibilidade de retorno financeiro, também é preciso avaliar a liquidez, o risco e o prazo dos investimentos.

A diversificação da carteira é uma estratégia recomendada. Isto significa que é preciso pensar na possibilidade de investir em mais de um tipo de ativo como forma de proteger o dinheiro, caso algum investimento não atinja o resultado esperado. Por isso, Domingos também considera que estudar o mercado financeiro é fundamental para os investidores.

Como começar a investir

Para começar a investir, o interessado deve abrir uma conta em uma plataforma de investimento. Além de possibilitar as negociações no mercado financeiro, ela também conta com uma equipe de profissionais que podem auxiliar o investidor a montar uma carteira diversificada e compatível com o seu perfil e os seus interesses.

No momento de alta da taxa Selic – fixada em 10,75% em fevereiro pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central e com expectativa de chegar a 11,5% até dezembro, segundo o relatório do Boletim Focus –, os produtos de renda fixa tornaram-se mais atrativos. A modalidade é indicada, sobretudo, para os investidores mais conservadores, que estão menos dispostos a arriscar.

Os investidores com maior tolerância aos riscos podem optar por ativos da renda variável, modalidade que oportuniza retornos financeiros mais altos. No momento, os fundos de investimentos imobiliários (FIIs) e os fundos de índice (ETFs) estão entre os produtos mais recomendados.

Fonte: Assessoria

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: