Representantes do trade de turismo visitam a Caloi em ação do programa Zona Franca de Portas Abertas

Representantes do trade de turismo visitam a Caloi em ação do programa Zona Franca de Portas Abertas

Os visitantes puderam acompanhar os processos de solda, pintura, adesivagem e montagem de rodas e das bicicletas

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) promoveu nos dias 29 e 30 de março duas visitas guiadas à planta da empresa Caloi, no Distrito Industrial, como parte do projeto Zona Franca de Portas Abertas. Nas visitas, jornalistas, representantes de órgãos públicos e de agências de turismo tiveram a oportunidade de conhecer a estrutura da fábrica e o processo de produção dos modelos de bicicletas da Caloi.

Nesta série de visitas à Caloi, participaram o superintendente da Suframa, Algacir Polsin, a presidente da Manauscult, Oreni Braga, o presidente estadual da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), Jaime Mendonça, a diretora de desenvolvimento e turismo da Amazonastur, Emmanuelle Pampolha, membros da Câmara Setorial de Turismo do Amazonas, representantes de agências e operadoras de turismo amazonenses e jornalistas de veículos de comunicação do Amazonas.

Lançado em fevereiro deste ano, o projeto Zona Franca de Portas Abertas tem o objetivo de apresentar o turismo industrial como uma nova atração turística da cidade de Manaus, fomentando essa importante atividade econômica, bem como o setor de comércio e serviços.

De acordo com o superintendente, além do aspecto econômico, o projeto contribuirá com a divulgação do modelo Zona Franca de Manaus para um público de jovens, estudantes, formadores de opiniões e tomadores de decisões.

“Queremos despertar nos jovens a vocação para trabalhar no nosso Polo Industrial, e criar na população de Manaus um sentimento de pertencimento. Além disso, é necessário que os formadores de opinião e os tomadores de decisão conheçam a importância do modelo Zona Franca de Manaus para o Brasil, e que se tornem nossos aliados na missão de contribuir com o desenvolvimento da Amazônia e do Brasil”, disse Polsin.

Fundada em 1975, a planta industrial da Caloi no Polo Industrial de Manaus é a maior fabricante de bicicletas fora do sudeste asiático. Atualmente, a empresa conta com 450 colaboradores, e tem a expectativa de terminar o ano de 2022 com 500 mil unidades fabricadas. Na planta local, são produzidas bicicletas das marcas Caloi, Cannondale e Decathlon. Os visitantes puderam acompanhar os processos de solda, pintura, adesivagem e montagem de rodas e das bicicletas.

Texto/fotos: Andrés Pascal

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: