Suframa usa tecnologia mobile para otimizar vistorias e fiscalizações

Suframa usa tecnologia mobile para otimizar vistorias e fiscalizações

O aplicativo foi desenvolvido pela empresa Fábrica de Software.



Desde o começo de abril, a Suframa está utilizando a tecnologia mobile com uso de dispositivos móveis contendo aplicativo para otimizar o processo de vistorias físicas nas fiscalizações do ingresso de mercadorias nacionais na área de atuação da Autarquia.

Com o aplicativo, o vistoriador faz o registro fotográfico da mercadoria e com a imagem ocorre a captura automática de itens de rastreabilidade do local e dos procedimentos da vistoria como, por exemplo: marca d’agua da Suframa nas fotos, data, hora.

Também permitirá capturar a latitude e longitude do local (geolocalização) para a confirmação da localização exata da realização da vistoria; e ainda as imagens dos itens da mercadoria discriminadas na nota fiscal eletrônica (NF-e), dados do transporte, bem como a leitura automática de código de barras dos produtos.

]Uma vantagem adicional é a disponibilidade do serviço em qualquer situação, pois o funcionamento independe da disponibilidade de internet, dados móveis ou energia elétrica. Além disso, há possibilidade de atualização da situação da NF-e e do documento de controle, acompanhamento e fiscalização gerado pela Suframa (PIN-e), em tempo real, com registro do deferimento ou indeferimento da vistoria física no ato da execução do procedimento, tanto na empresa ou no posto fiscal.

“É um grande ganho na eficiência e na confiabilidade das vistorias e fiscalizações. Sem mencionar a economicidade permitida com a eliminação de papéis físicos no processo”, salienta o superintendente da Suframa, Algacir Polsin.

As vistorias com o aplicativo já iniciaram simultaneamente nas áreas abrangidas pela Suframa, com ajustes pontuais sendo realizados. Ao todo, são 59 aparelhos distribuídos entre as regionais e a unidade de Manaus. A Autarquia também planeja utilizar, no futuro próximo, uma versão do aplicativo nas fiscalizações realizadas no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS). O aplicativo foi desenvolvido pela empresa Fábrica de Software.

Texto: Enock Nascimento

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: