Celular ainda é o ‘vilão’ em riscos para postos de combustíveis

Celular ainda é o ‘vilão’ em riscos para postos de combustíveis

O alerta é do engenheiro químico e coordenador de Qualidade da Distribuidora Atem, Everaldo Lima.

Fazer uma ligação de celular no momento de abastecer o veículo, pode parecer inofensivo, mas, ao contrário, traz sérios riscos de acidentes em postos de combustíveis. O alerta é do engenheiro químico e coordenador de Qualidade da Distribuidora Atem, Everaldo Lima, durante treinamento para gerentes, frentistas e chefes de pista, realizado na base da Atem, na Vila Buriti, Zona Sul da cidade. O evento começou na segunda-feira e terminou na quarta-feira (20/04).

Os engenheiros químicos Everaldo Lima e Gilberto Carmo ministraram o treinamento “Qualidade de Combustíveis e Descarga Segura” para cerca de 150 gerentes, frentistas, chefes de pista e proprietários de postos de abastecimento que recebem a bandeira da Atem em Manaus. “Nosso objetivo é aproximar esses profissionais da realidade diária da Distribuidora Atem, trazendo e relembrando conceitos importantes voltados para segurança e qualidade de combustíveis e tudo que deve ser cumprido diariamente nos postos revendedores”, explica Lima.

Os treinamentos são realizados anualmente pelo time de Qualidade da Atem, mas além disto há também vistorias diárias e um cronograma para que a cada três meses um posto receba a visita dos químicos e engenheiros químicos, além de visitas programadas no interior do Amazonas e outros Estados.

“Fazemos todo um acompanhamento para saber se o cliente cumpre com os procedimentos de qualidade, se tem os equipamentos corretos e se utiliza a documentação necessária que garanta os processos corretos e a qualidade do produto”, ressalta Everaldo Lima, informando que o treinamento foi realizado com base nas normas da Agência Nacional de Petróleo (ANP), além de Normas de Segurança do Trabalho e Prevenção/Proteção do Meio Ambiente.

“Com isto, conseguimos montar uma rastreabilidade que nos permite ter confiança e segurança em todas as etapas do nosso processo”.

Celular e cigarro – Durante o treinamento de Everaldo Lima e Gilberto Carmo, o uso de celular durante o abastecimento foi apontado como o maior problema que os frentistas encontram no dia a dia dos postos. Eles comentaram que é difícil pedir para o cliente não fazer ligações enquanto estão abastecendo e que muitos alegam ter de usar o celular para fazer um pix.

O coordenador de Qualidade da Atem, Everaldo Lima, explicou que o cliente não precisa desligar o celular, mas apenas evitar o uso na hora do abastecimento. “O celular atua como ignição, pois possui uma fonte de energia interna, que pode dar início ao fogo ou a uma explosão no posto”, alerta Lima, lembrando que é comum circular pela internet vídeos que mostram o celular explodindo repentinamente.

“Durante o abastecimento, estão sendo liberados vapores combustíveis e o ambiente se torna uma atmosfera explosiva”.

Outro “vilão” nos postos de abastecimento são os cigarros. Segundo os frentistas, há muitos clientes que aproveitam a parada do veículo para fumar um cigarro. “Nem preciso dizer que cigarro durante o abastecimento é impensável”, faz outro alerta Everaldo Lima, que dá mais orientações não só para o cliente que abastece, mas também para quem está na base de trabalho dos postos.

Orientações para abastecer com segurança

1.    Ao abastecer, desligue o motor do veículo e volte a ligar somente depois do abastecimento;

2.    Não faça ligações durante o abastecimento. Após abastecer, você poderá usar o celular normalmente, inclusive se precisar fazer um pix.

3.    Evite fazer manutenções durante o abastecimento, como completar a água do reservatório do para-brisas. “No momento em que você vai completar a água, você está expondo a bateria e um motor aquecido dentro de uma atmosfera explosiva”, alerta Everaldo Lima.

4.    Não Fume. “É preciso que o frentista oriente o cliente que, naquela área do posto de É PROIBIDO FUMAR”.

5.    Siga as orientações do frentista, que é treinado para que todo o processo de abastecimento seja seguro.

Sobre a Atem – O Grupo Atem é composto por diversas empresas no ramo de combustíveis, logística rodoviária e fluvial e construção naval, entre outras, sendo a principal delas a Atem Distribuidora de Petróleo, fundada há 21 anos. O Grupo está presente em 11 estados do Brasil, possuindo, a Distribuidora, mais de 300 postos franqueados, 5 bases de distribuição ativas, 5 bases em construção e milhares de clientes ativos, movimentando um total de mais de 5 bilhões de litros de combustíveis por ano.

 —-

Legenda foto 01: O engenheiro químico da Atem, Everaldo Lima, fala sobre Qualidade dos Combustíveis e Segurança, durante treinamento para frentistas, chefes de pista e gerentes de postos de combustíveis.

Legenda Foto 02: O engenheiro químico da Atem, Everaldo Lima, ministrou treinamento para cerca de 150 frentistas, chefes de pista e gerentes de postos de combustíveis.

Fonte: Três Comunicação

Crédito: Caio de Biasi

Compartilhar

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

%d blogueiros gostam disto: