Produtores rurais incendeiam ponte em ato de protesto contra gestor do DER em Machadinho do Oeste

O residente do DER em Machadinho do Oeste pedia madeira e óleo diesel aos empresários. Cansados de esperar, os produtores decidiram protestar da forma drástica

Já foi encaminhada ao Ministério Público denúncia de que o residente estaria utilizando a estrutura do DER para a pré-campanha a prefeito

Em um ato de revolta, produtores rurais incendiaram uma ponte no Município de Machadinho do Oeste. Este incidente reflete um profundo descontentamento dos produtores rurais com a gestão pública e as políticas de infraestrutura do DER na região.

A motivação do protesto, segundo informações, seria o descontentamento dos produtores rurais com a gestão do residente do DER, particularmente no que diz respeito à manutenção de estradas e pontes, vitais para o transporte de seus produtos. Ainda, segundo informações, o residente do DER, está mais preocupado com sua pré-campanha para um cargo político no município de Machadinho do Oeste.

Revoltados, na noite de sábado (18), os produtores rurais de Machadinho do Oeste atearam fogo na ponte sobre o rio Mucura, na Linha MA-28. Há quase um mês agricultores, toreiros e madeireiros reivindicavam a recuperação dessa ponte.

Logo após a destruição da ponte, o residente do DER, Edson Welten, utilizou as redes sociais para avisar que a recuperação começaria amanhã (20), mas agora é tarde. Em grupos de WhatsApp, o vereador Paulo Baiano chama o residente de mentiroso e incompetente.

O vereador é operador de máquinas pesadas e trabalhou como motorista de caminhão de toras na região.

Também circulam em grupos de WhatsApp áudios do residente do DER pedindo a madeireiros a doação de madeira para a recuperação da Linha MA-28, que é de responsabilidade do estado. Empresários reclamaram do pedido também em grupos de WhatsApp, alegando que a carga tributária é altíssima. Assim, alegam que eles não têm obrigação de fornecer material para recuperar pontes.

Em um dos áudios, o residente do DER dá a entender que os madeireiros são os culpados pela péssima situação das pontes, porque os caminhões trafegariam com excesso de peso. Sutil como um rinoceronte em uma loja de cristais, agindo assim ele irritou empresários e ninguém quis ajudar.

O residente foi denunciado por aparentemente estar usando o DER para promoção pessoal

Além de madeira, o residente do DER pediu aos empresários doação de combustível para recuperar o trecho entre o distrito do Brinatti e o distrito do Guatá (MT).

Essa é a primeira vez que alguém pede vaquinha para recuperar pontes e estradas na região, e nesse momento a atitude acabou pegando muito mal, pois em Machadinho o comentário é de que recentemente o governador comemorou na mídia o crescimento do PIB em Rondônia, sendo o segundo maior da Região Norte.

Para completar o clima de revolta entre produtores rurais, o residente do DER é pré-candidato a prefeito de Machadinho e tem usado as redes sociais dele para mostrar o trabalho do departamento. Com a foto dele estampada em cima das imagens de máquinas trabalhando.

Ele foi candidato a prefeito de Machadinho em 2020, ficando na quinta colocação. Em 2022, foi candidato novamente, e assim que saiu a apuração, anunciou a pré-candidatura ao cargo de prefeito, novamente, em 2024.

Por conta disso já foi encaminhada ao Ministério Público denúncia contra ele, por aparentemente estar abusando da utilização da máquina pública para promoção pessoal. Ele mantém um vídeo em suas redes sociais, da campanha passada, com o governador declarando apoio a sua candidatura.

O Entrelinhas esclarece que o blog não apoia manifestações violentas nem destruição de patrimônio.

Contudo, uma resposta rápida e eficaz das autoridades é crucial para resolver os problemas subjacentes, restaurar a infraestrutura da ponte para evitar futuros incidentes.

O residente também mantém em suas redes sociais um vídeo da campanha anterior

Já foi encaminhada ao Ministério Público denúncia de que o residente estaria utilizando a estrutura do DER para a pré-campanha a prefeito

Em um ato de revolta, produtores rurais incendiaram uma ponte no Município de Machadinho do Oeste. Este incidente reflete um profundo descontentamento dos produtores rurais com a gestão pública e as políticas de infraestrutura do DER na região.

A motivação do protesto, segundo informações, seria o descontentamento dos produtores rurais com a gestão do residente do DER, particularmente no que diz respeito à manutenção de estradas e pontes, vitais para o transporte de seus produtos. Ainda, segundo informações, o residente do DER, está mais preocupado com sua pré-campanha para um cargo político no município de Machadinho do Oeste.

Revoltados, na noite de sábado (18), os produtores rurais de Machadinho do Oeste atearam fogo na ponte sobre o rio Mucura, na Linha MA-28. Há quase um mês agricultores, toreiros e madeireiros reivindicavam a recuperação dessa ponte.

Logo após a destruição da ponte, o residente do DER, Edson Welten, utilizou as redes sociais para avisar que a recuperação começaria amanhã (20), mas agora é tarde. Em grupos de WhatsApp, o vereador Paulo Baiano chama o residente de mentiroso e incompetente.

O vereador é operador de máquinas pesadas e trabalhou como motorista de caminhão de toras na região.

Também circulam em grupos de WhatsApp áudios do residente do DER pedindo a madeireiros a doação de madeira para a recuperação da Linha MA-28, que é de responsabilidade do estado. Empresários reclamaram do pedido também em grupos de WhatsApp, alegando que a carga tributária é altíssima. Assim, alegam que eles não têm obrigação de fornecer material para recuperar pontes.

Em um dos áudios, o residente do DER dá a entender que os madeireiros são os culpados pela péssima situação das pontes, porque os caminhões trafegariam com excesso de peso. Sutil como um rinoceronte em uma loja de cristais, agindo assim ele irritou empresários e ninguém quis ajudar.

O residente foi denunciado por aparentemente estar usando o DER para promoção pessoal

Além de madeira, o residente do DER pediu aos empresários doação de combustível para recuperar o trecho entre o distrito do Brinatti e o distrito do Guatá (MT).

Essa é a primeira vez que alguém pede vaquinha para recuperar pontes e estradas na região, e nesse momento a atitude acabou pegando muito mal, pois em Machadinho o comentário é de que recentemente o governador comemorou na mídia o crescimento do PIB em Rondônia, sendo o segundo maior da Região Norte.

Para completar o clima de revolta entre produtores rurais, o residente do DER é pré-candidato a prefeito de Machadinho e tem usado as redes sociais dele para mostrar o trabalho do departamento. Com a foto dele estampada em cima das imagens de máquinas trabalhando.

Ele foi candidato a prefeito de Machadinho em 2020, ficando na quinta colocação. Em 2022, foi candidato novamente, e assim que saiu a apuração, anunciou a pré-candidatura ao cargo de prefeito, novamente, em 2024.

Por conta disso já foi encaminhada ao Ministério Público denúncia contra ele, por aparentemente estar abusando da utilização da máquina pública para promoção pessoal. Ele mantém um vídeo em suas redes sociais, da campanha passada, com o governador declarando apoio a sua candidatura.

O Entrelinhas esclarece que o blog não apoia manifestações violentas nem destruição de patrimônio.

Contudo, uma resposta rápida e eficaz das autoridades é crucial para resolver os problemas subjacentes, restaurar a infraestrutura da ponte para evitar futuros incidentes.

O residente também mantém em suas redes sociais um vídeo da campanha anterior
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias