Esquerdista tenta assassinar líder conservador, mas acaba passando por vexame incrível

Foto: Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (23), a Polícia de Segurança Pública de Portugal (PSP) deteve um homem próximo à sede do partido Chega, em Lisboa.

O indivíduo alegou possuir uma bomba e manifestou intenção de assassinar o presidente do partido, o parlamentar português André Ventura, mais conhecido no Brasil por sua declaração icônica de que  “caso o Chega vencesse as eleições legislativas, o presidente do Brasil, Lula da Silva, não entraria em Portugal”.

O que ele não sabia era que Ventura encontrava-se na Madeira, engajado em campanhas para as eleições regionais.

O suspeito acessou o quarto andar do prédio por volta das 11 horas, exibindo um comportamento agressivo e proferindo ameaças ao adentrar na sede do partido. Felizmente, foi rapidamente contido pelas pessoas presentes e, após a chegada da polícia, constatou-se que não havia material explosivo no local.

Nas últimas eleições, o Chega emergiu como o partido de maior crescimento no país, tornando-se a terceira maior bancada do Parlamento português. Fundada em 2019, essa legenda conservadora conquistou 18,06% dos votos, assegurando 48 das 230 cadeiras disponíveis. Nas eleições legislativas antecipadas de 2022, o partido consolidou sua posição ao eleger 12 deputados, marcando um aumento de 300% em relação ao pleito anterior, o que sublinha sua crescente influência na política portuguesa.

Nascido em 15 de janeiro de 1983, Ventura iniciou sua trajetória política no Partido Social Democrata (PSD), integrante da atual coalizão de centro-direita, sendo eleito vereador em 2017. Após renunciar em 2018, devido a desavenças internas, fundou o Chega em 2019. No ano de 2021, candidatou-se à Presidência de Portugal, obtendo a terceira colocação com mais de 490 mil votos.

Formado em Direito pela Universidade Nova de Lisboa, Ventura também possui um doutorado em Direito Público pela Universidade de Cork, na Irlanda.

Ele se descreve como “liberal na economia e conservador nos costumes”.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias