Sindicato dos Jornalistas em Rondônia repudia cerceamento a jornalista em Machadinho D’Oeste (veja o vídeo)

Um verdadeiro ataque à democracia e à imprensa livre.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Rondônia (Sinjor-RO) repudia veementemente a forma como foi tratado o jornalista EZEQUIEL JÚNIOR, em Machadinho D’Oeste. Uma Grave violação à liberdade de imprensa.

Em um ato completamente grosseiro e antiprofissional e um claro ataque ao exercício da profissão e à liberdade de imprensa, o ex-prefeito de Machadinho D’Oeste, Marinho da Caerd, de forma arbitraria e sem nenhum tipo de comunicado ou explicação retirou do ar o programa de Ezequiel Júnior na Rádio Comunitária 87,9 FM, da cidade de Machadinho.

Além de enfatizar que tal atitude não é compatível com um ex-chefe do Executivo e muito menos uma pessoa que se intitula diretor de meio de comunicação, é bom que fique claro que o que aconteceu é um atentado contra a liberdade de imprensa e contra a democracia.

Leia a nota

O jornalista Ezequiel Júnior relata que o diretor da rádio, Marinho da Caerd, teria retirado o transmissor da emissora alegando que o mesmo havia “queimado”, apenas para que seu programa não fosse ao ar.

Agravando ainda mais a situação, após o ocorrido, ao fazer uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook explicando aos seus ouvintes o que havia ocorrido, Ezequiel Júnior teve sua “live” invadida pelo diretor da rádio, onde na ocasião Ezequiel foi xingado e desrespeitado pelo diretor, numa atitude antiprofissional, desnecessária e amadora que não condiz com as boas práticas do jornalismo.

A direção do Sinjor-RO condena a atitude agressiva por parte de Marinho e cobra das autoridades estaduais e federais ações urgentes e garantias para que o jornalista possa ter segurança no seu exercício profissional e fatos desta natureza não se repitam. Não há como aceitar que profissionais do jornalismo sejam coagidos e tratados de maneira vil, como ocorreu na última sexta-feira (21), em Machadinho D’Oeste, diz a nota.
Segundo a nota, o caso de Ezequiel Júnior será informado à Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) para que providências cabíveis sejam tomadas.

Por Edilson Neves*

Veja a nota:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias