Quatro pessoas sofrem grave acidente com ônibus, caminhão de cerveja e carro na BR-364 em RO

Polícia procura por outros feridos que podem ter sido socorridos a hospitais próximos. Ainda não se sabe o que causou o acidente.

Quatro pessoas ficaram feridas após um acidente de trânsito na BR-364 entre Cacoal (RO) e Pimenta Bueno (RO), nesta quinta-feira (16). Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local para liberar a pista e em busca de outros possíveis feridos em hospitais da região.

Segundo a PRF, um ônibus colidiu contra a traseira de um caminhão que carregava cerveja. Logo na sequência um carro de passeio bateu contra a traseira do ônibus. Quatro passageiros do ônibus ficaram feridos.

Até o momento, não se sabe o que poderia ter causado o acidente ou a dinâmica dele.

Acidente entre ônibus, caminhão de cerveja e carro deixa quatro feridos na BR-364 em RO — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Acidente entre ônibus, caminhão de cerveja e carro deixa quatro pessoas feridas em Porto Velho

Deputado Ismael Crispin viabiliza recurso para projeto Porteira Adentro de Parecis

Município receberá também mudas de café para ajudar os produtores

Em reunião com vereador Donizete do município de Parecis, o deputado Ismael Crispin (PSB) viabilizou recursos para atender o projeto Porteira Adentro e garantiu através de uma parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) 200 mil mudas de café para atender a comunidade de Flor da Selva.

“Esse projeto está ajudando muito o trabalho dos nossos produtores rurais e por isso é uma grande honra poder contribuir com ele. Eu defendo que precisamos dar condições para os trabalhadores rurais e estou fazendo a minha parte. Conseguimos também viabilizar mudas de café para alavancar a produção na região”, ressaltou Ismael.

O Porteira Adentro funciona com o uso de uma patrulha mecanizada realizando a construção de bebedouros para animais, tanques para piscicultura, aterros para acesso a carreadores, espalhamento de cascalho, limpeza, destoca, patrolamento e nivelamento de estradas, gradeamento, entre outros serviços.

Texto: Laila Moraes/ALE-RO

Saúde oferece nesta sexta em Porto Velho testagem em massa da covid-19

Ação será realizada em todo Brasil pelo Ministério da Saúde

Porto Velho participa, na sexta-feira (17), do plano de testagem em massa contra o coronavírus. A ação vai acontecer a partir das 9h, no IG Shopping, localizado na zona Leste.

Um informe nacional do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, será exibido a todo país de forma virtual, abrindo a ação de testagem em massa.

A previsão é testar cerca de 5 milhões de pessoas em um único dia em todo o Brasil e Porto Velho será uma das capitais contempladas. Na ocasião, o município receberá a visita do secretário de atenção primária à saúde, Raphael Parente.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a estratégia será testar a população em locais de grande circulação em uma ação concomitante com a vacinação contra a Covid-19, por isso o IG Shopping foi escolhido.

Segundo a secretária da Semusa, Eliana Pasini, a ação vem somar aos esforços da Prefeitura no combate ao vírus. “É preciso manter todas as frentes de atuação contra a covid funcionando. Avançamos com a vacinação, mas não podemos deixar de testar a população. Essa estratégia permite que rastreemos eventuais infectados e, assim, quebremos o ciclo de transmissão”, explica.

A testagem será destinada à população geral de qualquer faixa etária.

Fonte: Semusa

TJ-RO nega habeas corpus e mantém prisão de um dos acusado da morte de Delegado em RO

O caso aconteceu em julho deste ano, em uma chácara da capital.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) negou o habeas corpus e manteve a prisão preventiva de Édipo Teixeira Pereira, um dos acusados de envolvimento na morte do delegado de Polícia Civil, José Valney Calixto de Oliveira. Ele foi morto em julho deste ano, em uma área chacareira de Porto Velho.

Édipo foi preso em flagrante no dia do crime e teve sua prisão convertida em preventiva depois da audiência de custódia.

Segundo as investigações, Édipo é um dos três acusados de matar o delegado a tiros, depois de uma discussão. A briga teria começado em uma confraternização, quando o dono de um posto de combustível teria jogado uma pedra de gelo no delegado, que se irritou. Depois disso, todos teriam deixado o local.

Momentos depois, em outro lugar, Édipo e os outros acusados, Meyson Vitoriano Auzier e Éricon Fernando Fernandes Guimarães, renderam a vítima, bateram nela e atiraram contra ela.

Conforme a defesa, Édipo teria “apenas guardado a arma utilizada no crime em casa”.

O desembargador José Jorge Ribeiro da Luz, entendeu e explicou durante o voto que não há dúvida da materialidade nem dos indícios de autoria neste crime. Portanto, a necessidade cautelar do cárcere provisório no é necessária por causa da “periculosidade do agente, diante da gravidade concreta da conduta delituosa, visto que o delito de homicídio, atribuído ao paciente, foi praticado em gravidade considerável, demonstrada pelo fato do crime ter sido cometido por meio cruel”.

Também participaram do julgamento os desembargadores Osny Claro e o juiz convocado José Gonçalves. O G1 tenta localizar as defesas dos acusados.

Fonte: Tj-RO

Semusa inicia aplicação da terceira dose para público de 80 anos em Porto Velho

De acordo com a secretaria municipal de Saúde, estão disponíveis dois pontos para a aplicação das doses.

A Prefeitura de Porto Velho começa a aplicação das doses de reforço contra a covid-19 nesta quarta-feira (15). Estão habilitados a tomar a chamada terceira dose, idosos a partir de 80 anos e pacientes institucionalizados com idades a partir dos 70 anos.

A dose de reforço, segundo a gerente de imunização, Elizeth Gomes, deve seguir critérios. “No caso dos idosos, a terceira dose só pode ser aplicada para quem tomou a segunda dose há seis meses”, explica.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a expectativa é atender aproximadamente 4 mil idosos habilitados à terceira dose até o fim de setembro.

Outro grupo prioritário são pessoas imunossuprimidas, pacientes com algum tipo de deficiência imunológica. A vacinação para esse grupo começará na próxima semana e será aplicada em quem tomou segunda dose ou dose única num prazo mínimo de 28 dias.

“É importante que esse grupo fique atento aos nossos canais de divulgação para saber o horário e local disponíveis na próxima semana e que não procurem os pontos de vacinação nesse primeiro momento em que estamos priorizando os idosos com idades avançadas”, explica a gerente de imunização.

A aplicação das doses de reforço acontece em dois locais na quarta-feira (15):

Local: IG Shopping (zona Leste)
Endereço: Avenida Amazonas
Horário: 14h às 18h.

Local: Porto Velho Shopping (zona norte)
Endereço: Avenida Prefeito Chiquilito Erse esquina com avenida Calama
Horário: 14h às 21h.

Fonte: Semusa

Após quedas em casos e mortes de Covid, Sesau confirma exoneração de profissionais emergenciais em RO

Segundo a Secretaria de saúde do estado, serão mais de 200 profissionais sendo médicos enfermeiros e entre outros.

Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e demais trabalhadores contratados em caráter emergencial para atuarem na linha de frente durante a pandemia de Covid-19, em Porto Velho, serão exonerados na quarta-feira (15).

A informação foi repassada, por profissionais da saúde na noite desta terça-feira (14). No total, mais de 200 trabalhadores sairão dos atendimentos do Hospital de Base, do João Paulo II, da Assistência Médica Intensiva (AMI) e do Serviço de Atendimento Médico Domiciliar (SAMD).

Segundo informado pelos trabalhadores, não houve aviso prévio por parte do Governo de Rondônia sobre o fim dos contratos. A decisão é vista por parte da categoria como injusta por ter sido apresentada “do dia para a noite” e poderia prejudicar as escalas de plantão nas unidades de saúde.

“Como vão suprir essa falta de profissionais do dia para a noite? Corre o risco de não ter médicos para suprir essa demanda. Nada foi avisado com antecedência. Souberam disso nesta terça e o corte já será amanhã”, disse profissional de saúde, que preferiu não se identificar.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), a decisão foi tomada após as significativas quedas dos números de casos e de internação nas UTIs. E como “há tendência de redução, manter esses profissionais poderia acarretar prejuízos na folhas de pagamentos”.

Fonte: Assessoria

Mais de 600 pessoas em situação de rua já completaram o ciclo vacinal contra covid-19 em Porto Velho

Outros serviços na área da saúde foram ofertados ao público também.

Foram aplicadas 743 doses de vacina em pessoas em situação de rua
Foram aplicadas 743 doses de vacina em pessoas em situação de rua



A Prefeitura de Porto Velho segue empenhada em promover um atendimento individualizado aos moradores em situação de rua com o serviço Consultório de Rua. A atenção vai além de um serviço médico, pois há uma busca ativa com a missão de levar vacinação contra a covid-19 a este público.

Conforme cronograma, a equipe multidisciplinar busca as vacinas na Central de Frios e sai com as doses e demais equipamentos necessários para o atendimento nos pontos estratégicos onde esse público costuma ficar, como, por exemplo, Mercado do Peixe, KM1 e Mercado Central. É importante lembrar que, por longos meses, os atendimentos foram realizados em parceria com a Paróquia Sagrada Família, no bairro Embratel.

Segundo a assistente social da Secretaria Municipal de Saúde, Iolanda do Remédio Souza Filho, até o momento já foram aplicadas 743 doses, sendo 78% em homens e 22% em mulheres. O balanço apresentado mostra que 125 pessoas receberam o imunizante da CoronaVac, sendo que 73% receberam as duas doses; já a Pfizer foi aplicada em 240 pessoas, sendo que 46% receberam as duas doses; e a Janssen, imunizante de dose única, foi aplicada em 378 pessoas.

“Há todo um cuidado com esse momento, pois é preciso pesquisar se o paciente já foi vacinado anteriormente no sistema. Às vezes, eles só sabem o nome e não possuem qualquer documentação e precisamos dos dados como, por exemplo, o cartão do SUS, há o preenchimento de ficha da próxima vacina, entre outros”, descreve Iolanda.

CONQUISTA

Apesar das dificuldades na execução do atendimento, o alto índice de cobertura com a segunda dose representa uma conquista muito grande para a equipe. A comemoração é motivada, pois a localização desses indivíduos específicos é bastante difícil, e em alguns casos, demora até quatro meses para completar o ciclo de imunização da CoronaVac, por exemplo.

MAIS ATIVIDADE

A assistente social contou que, ao mapear e localizar uma pessoa em situação de rua, o trabalho não é só vacinar. É feita a consulta médica, realização de testes rápidos para identificação de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), como: HIV, Sífilis e Hepatites B e C. “O atendimento envolve tudo relacionado à saúde, o que eles precisam naquele momento da abordagem, pois temos uma equipe composta por médico, assistente social, enfermeiro, odontólogo e o suporte de médicos residentes”, relata a assistente.

Fonte: Comdecom

Proteção contra crimes cibernéticos vai ser tema de debate no “Seticast”, desta terça-feira em RO

Crimes cibernéticos têm crescido, principalmente no cenário de pandemia, onde as atividades virtuais se tornaram mais constantes

O Governo de Rondônia realiza mais um episódio do Seticast, nesta terça-feira (14), às 18 horas, com a  gerência e coordenação da Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic). O tema do debate será: “Engenharia Social – Proteção contra crimes cibernéticos”. O entrevistado será o coordenador de Segurança da Setic e especialista em Redes e Segurança da Informação, Leonardo Courinos.

Os crimes cibernéticos têm crescido, principalmente no cenário de pandemia, onde as atividades virtuais se tornaram mais constantes. Fraudes por e-mail, roubo de dados financeiros ou credenciais bancárias, e invasão de computadores pessoais, empresas ou redes de computadores, são alguns exemplos de crimes cibernéticos que acontecem com frequência.

A Engenharia Social é uma técnica empregada por criminosos virtuais para induzir usuários desavisados a enviar dados confidenciais, infectar seus computadores com malware ou abrir links para sites infectados. Para debater sobre o assunto, o coordenador de segurança da Setic, Leonardo Courinos, vai esclarecer as principais dúvidas e ensinará como se proteger desses tipos de crimes.

Para Leonardo, uma das principais orientações que o usuário deve seguir é “desconfiar de tudo, sempre! ”, afirma. “Essas mensagens para ganhar dinheiro fácil, ou clicar em algum link para ganhar algo de graça, sempre vai ter alguma ‘pegadinha’. Casos recentes ilustram como esses métodos ainda enganam muitas pessoas na internet”, destaca.

O coordenador ainda esclarece que “a Engenharia Social explora muito a fragilidade da segurança do usuário. Por isso, iremos passar o máximo de instrução possível para que os usuários tenham noção dos perigos que existem enquanto usam a tecnologia da informação”.

SOBRE O SETICAST

“Seticast” é um projeto em que servidores debatem por meio de podcast, assuntos relacionados à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A programação “Engenharia Social – Proteção contra crimes cibernéticos”, acontece nesta terça-feira (14), às 18 horas, na página do Facebook da Setic.

Fonte: Secom-RO

Jean Oliveira participa do lançamento do Projeto de Formação Continuada aos profissionais da Educação

A convivência com perfis de alunos diferentes e as novas tendências na educação geram a necessidade de aprimoramento constante para os profissionais de ensino.

O deputado Jean Oliveira, participou, a convite do prefeito Marcélio Brasileiro, na manhã desta segunda-feira (13), no Salão Paroquial da Igreja Católica, do lançamento da oficina que faz parte do Projeto de Formação Continuada para os profissionais de Educação do município de Nova Mamoré.

A formação continuada é o processo de aprimoramento constante pelo qual um professor e/ou profissionais da Educação passam durante a profissão. A convivência com perfis de alunos diferentes e as novas tendências na educação geram a necessidade de aprimoramento constante para os profissionais de ensino.

O objetivo de fazer uma formação continuada para professores é estimular nos profissionais a vontade de melhorar suas técnicas de ensino-aprendizagem.

O deputado Jean Oliveira parabenizou o prefeito Marcélio Brasileiro pela iniciativa e ressaltou a importância de que, nesse momento em que voltam às aulas presenciais, os professores e todos os profissionais da Educação estejam capacitados e qualificados para assim melhor contribuir com o ensino-aprendizagem da demanda escolar. “Parabéns pelo trabalho prefeito Marcélio Brasileiro”, disse o deputado.

“Eu é que agradeço sua presença deputado por estar aqui nos prestigiando e investindo na educação municipal. Jean Oliveira é um deputado que está investindo mais de 600 mil reais aqui em Nova Mamoré na formação e na capacitação continuada do nosso corpo docente e em todos os profissionais da educação. Muito obrigado deputado Jean Oliveira que está ajudando nosso município a ter uma educação melhor”, disse o prefeito Marcélio Brasileiro.

Assessoria de Imprensa – Dep. Jean Oliveira

Laerte Gomes fiscaliza instalação de tubos na Linha 13, no Assentamento Martim Pescador

Parlamentar é autor da emenda que viabilizou a aquisição de todos os tubos que serão instalados para melhor atender o setor produtivo da região

Cumprindo agenda no interior, o deputado Laerte Gomes (PSDB) esteve na Linha 13, na entrada do Assentamento Martim Pescador, em Alvorada D’Oeste. Acompanhado do ex-prefeito, Ranieri Fabris, o parlamentar aproveitou para acompanhar e fiscalizar a instalação de um tubo adquirido através de emenda de autoria do deputado.

“Aliás, todos os tubos adquiridos para serem instalados no Assentamento Martim Pescador foram por meio de emenda parlamentar destinadas no nosso mandato e assim, atender as necessidades dos produtores da região”, lembrou Laerte Gomes.

O ex-prefeito Ranieri Fabris agradeceu o comprometimento do deputado. “É uma grande satisfação e alegria ver um trabalho dando sequência, aliás, um trabalho que foi iniciado lá atrás. Muito obrigado deputado Laerte Gomes, por atender o nosso povo”, declarou Fabris.

O deputado reforçou seu compromisso com o setor produtivo ao afirmar que “a riqueza da cidade acontece, quando o agricultor está bem na roça”, concluiu o parlamentar.

Fonte: Assessoria

1 2 3 142