Ação conjunta da PC e PM cumprem mandados de prisão contra grupo de criminosos em Rolim de Moura

Os mandados são determinados pelo Poder Judiciário de Alta Floresta d’Oeste, e a operação é realizada depois de um roubo que aconteceu em um posto de combustível do município.

A Polícia Civil com o apoio da Polícia Militar de Rondônia deflagrou na manhã desta quarta-feira (4), a Operação Coquetel, para cumprir 11 medidas liminares determinadas pelo Poder Judiciário de Alta Floresta d’Oeste, depois de um roubo que aconteceu em um posto de combustível no município.

Ao todo, cinco mandados de prisão e seis mandados de busca foram cumpridos em Rolim de Moura (RO), local onde moram os suspeitos.

No dia 1 de maio, por volta das 23h, três homens chegaram em um posto de combustível de Alta Floresta d’Oeste e anunciaram um assalto. Dois funcionários foram rendidos e os suspeitos exigiram que o escritório e cofre fosse aberto, mas, como os empregados não tinham as chaves do local, a porta do escritório foi arrombada.

Neste momento, quatro clientes chegaram ao posto e todos foram feitos de reféns. De acordo com a polícia, um dos clientes perdeu o telefone celular e R$ 4 mil. Além disso, R$ 1,5 mil, bebidas, cigarros e os pertences pessoais dos clientes e dos funcionários também foram levados pelos suspeitos.

Em nota, a polícia explicou que os suspeitos chegaram até o município em um carro branco e desembarcaram do veículo nas proximidades do posto. Após o assalto, eles foram comemorar o feito em um bar, o que segundo a polícia “revelou o tamanho da ousadia e frieza dos criminosos”.

Fonte: G1/RO

Mulher é morta por ex-companheiro durante encontro íntimo em RO

Segundo a polícia, o acusado do crime é um policial federal aposentado. O homem foi preso.

A vítima identificada como Rosilene Chaves de Oliveira, de 46 anos foi morta dentro de uma casa da avenida Calama, em Porto Velho, no início da manhã desta quarta-feira (4). O suspeito foi o próprio ex-esposo um Policial Federal aposentado.

O crime teria ocorrido durante um encontro do casal, que tentava reatar a relação após um ano de separação.

De acordo com a Polícia Militar (PM), que atendeu a ocorrência registrada como feminicídio, Rosilene foi encontrada nua na varanda de casa e o suspeito estava em cima dela dando socos em seu peitoral e tórax.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado no endereço, mas a vítima já não tinha mais sinais vitais.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

À guarnição da PM, o policial federal aposentado de 56 anos narrou que estava fazendo sexo com a vítima momento em que ela passou mal e desmaiou. Ele então afirmou que estava fazendo apenas massagem cardíaca na ex-companheira e, por isso, teria dado socos no peito com força excessiva e também tapas no rosto da vítima.

Segundo boletim de ocorrência, o suspeito estava totalmente embriagado no momento que a guarnição chegou para atender a ocorrência.

O policial federal aposentado então recebeu voz de prisão e indicou no seu quarto onde estava guardada sua pistola, carregadores e 49 munições ponta oca.

Ainda conforme informou o suspeito, ele estava separado da vítima há um ano e estaria tentando a reconciliação com Rosilene.

Ao atender a ocorrência do caso, o perito criminal informou que no corpo da vítima tinha lesões no peito no rosto.

Fonte: G1/RO

Homem é executado com tiro na cabeça no bairro Jardim Aeroporto em Ouro Preto do Oeste

Suspeito do crime ainda não foi encontrado.

Em Ouro Preto do Oeste (RO), um homem de 49 anos foi morto a tiros na última segunda-feira (2). O crime aconteceu na Rua Colibri, bairro Jardim Aeroporto. O atirador não foi identificado.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada após moradores ouvirem sons de disparos de arma de fogo. Chegando no local indicado, os agentes encontraram a vítima baleada e caída no chão. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito.

Testemunhas que não quiseram se identificar contaram que ouviram três disparos e viram um carro de passeio saindo do local do crime em alta velocidade. Apenas o motorista estava no carro.

A perícia técnica esteve no local e constatou que a vítima levou dois tiros, sendo um no antebraço esquerdo e um na cabeça.

Não há informação sobre um possível suspeito de ter cometido o homicídio. O caso foi registrado e é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1/RO

Avião com 324 kg de cocaína é interceptado pela PF

Avião foi abordado por caças da FAB na divisa entre Rondônia e Mato Grosso. A droga estava em sacos e foi apreendida pela PF

Rondônia – Um avião que transportava 324 kg de cocaína foi interceptado enquanto fazia um voo clandestino entre Machadinho D’Oeste (RO) e Colniza (MT). A interceptação foi feita pela Polícia Federal (PF) e Força Aérea Brasileira (FAB).

Segundo informações da PF, a FAB identificou que uma aeronave sem plano de voo havia entrado no espaço aéreo rondoniense e os caças da Força Aérea passaram, então, a seguir o avião e determinaram que o piloto pousasse.

O avião, do modelo Cessna 182P, pousou em uma pista localizada no meio da floresta em Rondônia. Ao revistarem a aeronave, os policiais encontraram 324 quilos de cocaína (em formato de tabletes) dentro de sacos.

A droga foi então apreendida e o piloto conseguiu fugir da polícia pelo meio da mata. A suspeita é que a aeronave tenha vindo da Bolívia.

Droga foi apreendida e o piloto preso por tráfico internacional — Foto: PF/Divulgação
Droga foi apreendida e o piloto preso por tráfico internacional — Foto: PF/Divulgação

Segundo a PF, a ação também teve o apoio do GEFRON de Mato Grosso. “Essa atividade faz parte de esforço conjunto e integrado das forças envolvidas para a repressão a voos ilícitos de pequenas aeronaves carregadas com drogas oriundas dos Países produtores vizinhos”, informou a PF.

Cocaína foi encontrada após avião pousar em pista no meio da floresta — Foto: PF/Reprodução
Cocaína foi encontrada após avião pousar em pista no meio da floresta — Foto: PF/Reprodução

Fonte: g1/ro

Homem tenta estuprar mulher durante festa e acaba preso

O acusado era amigo do marido da vítima.

Um homem de 44 anos foi preso pela Polícia Militar na madrugada deste sábado (31), acusado de estuprar uma jovem de 22 anos em uma festa de confraternização, localizada no Bairro Rio Madeira, em Porto Velho. O acusado era amigo do marido da vítima.

De acordo com informações apuradas pela Polícia, a jovem relatou que estava na festa com seu esposo, quando pediu para dormir em um quarto.

Ao acordar, a mulher disse que se deparou com o homem em cima dela, fingindo ser seu esposo.

Desesperada, ela pediu socorro, o acusado foi trancado no quarto e a Polícia Militar foi acionada. Aos policiais, o homem disse que não se lembrava de nada.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Polícia investiga caso de corpo encontrado no Rio Candeias

Vítima estava com pés e mãos amarrados. Corpo ainda não foi identificado.

O corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado boiando perto da ponte do rio Candeias, na tarde de quinta-feira (29), na região metropolitana de Porto Velho. As mãos e pés da vítima estavam amarrados entre si.

Segundo a Polícia Militar (PM), que foi chamada para atender a ocorrência na ponte, o corpo foi encontrado por um pescador e estava em um local de difícil acesso.

Ao identificar que se tratava de um possível homicídio, a PM chamou os agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida de Porto Velho.

Na manhã desta sexta-feira (30) o investigador do caso destacou que  “já tem uma possibilidade de quem pode ser a vítima”, mas a identidade ainda precisa ser confirmada.

Já no local, os policiais civis repassaram o caso aos agentes de Candeias do Jamari, pois o corpo estava do lado da margem que pertence ao município.

Dois bombeiros, perito e servidor do Instituto Médico Legal (IML) fizeram a retirada do corpo em um barco. Depois, o corpo foi encaminhado ao IML da capital Porto Velho.

A vítima estava com mãos e pés amarrados e não foram encontrados documentos de identificação.

Fonte: Assessoria

Homem acusado de abusar de mulheres nas ruas, é preso em Rolim de Moura

Suspeito foi reconhecido por todas as vítimas e indiciado pelos crimes cometidos.

Um criminoso de 30 anos, que atacava mulheres nas ruas do município de Rolim de Moura, foi identificado e indiciado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), na quarta-feira (28).

De acordo com o delegado Fabio Moura de Vicente, algumas vítimas registraram ocorrências relatando as atitudes criminosas, em que um homem de motocicleta, até então não identificado, as atacava.
Rapidamente, o setor de investigações da DEAM, comparou as informações prestadas pelas vítimas e constatou que o criminoso agia sempre da mesma forma com as mulheres.

Os policiais apuraram que o maníaco escolhia como vítimas mulheres que transitavam sozinhas por local pouco movimentado, e longe de testemunhas, geralmente entre 5 horas e 6 horas da manhã.

Conforme as investigações, o maníaco transitava pela cidade em uma motocicleta, e ao avistar sua possível vítima, fingia que havia um problema na moto, assim que a mulher se aproximava, ele a atacava, agarrava a vítima e passava as mãos em suas partes íntimas, fugindo em seguida.

Devido à gravidade dos fatos, os investigadores da DEAM, chefiados pelo delegado Fábio Moura, realizaram diversas diligências pela cidade em busca de novas informações, até que conseguiram detalhes do veículo utilizado pelo maníaco.

Nesta quarta-feira, os policiais identificaram, localizaram e encaminharam para a delegacia o criminoso. Ele foi reconhecido por todas as vítimas e indiciado pelos crimes cometidos.

O delegado solicita que caso outras mulheres tenham sido vítimas de crimes da mesma natureza e com as mesmas características, que procurem a delegacia e denunciem, para que o criminoso possa ser responsabilizado.

Fonte: Rondônia Agora

Polícia apreende drogas em boca de fumo no bairro Aponiã em Porto Velho

Local era conhecido como “Beco da Maconha”. Dois homens foram presos.

Uma ação foi realizada nesta quinta-feira (29) pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil em um local conhecido como “Beco da Maconha”, no bairro Aponiã em Porto Velho. Dois homens, de 18 e 24 anos, foram presos e drogas, assim como objetos utilizados para a comercialização dos entorpecentes, foram apreendidos. 

Segundo a polícia, moradores haviam relatado grande fluxo de usuários no local. Poucos dias antes, duas mulheres responsáveis pelo tráfico na região haviam sido presas com cocaína e maconha. Depois da prisão das duas, alguns homens assumiram o ponto de venda de drogas.

Após investigações, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na tarde desta quinta (29) no endereço indicado como o local utilizado para a venda dos entorpecentes. Na residência foram encontrados pacotes de cocaína de maconha, assim como usuários que haviam acabado de comprar as drogas.

O homem que comandava a boca de fumo e o irmão, que auxiliava nas vendas, foram presos em flagrante. Drogas, dinheiro, objetos utilizados para o comércio dos entorpecentes além de um aparelho de som foram apreendidos.

Ainda conforme a polícia, a casa era preparada para a venda dos entorpecentes, com a presença de balança de precisão, uma varada onde os usuários esperavam para ser atendidos e o portão que era fechado com PVC, deixando apenas um pequeno espaço para facilitar a entrega das drogas.

Fonte: Assessoria

PRF flagra mais uma caminhonete furtada em Guajará Mirim

Caminhonete teria sido furtada na noite de terça-feira (27). Bandidos foram reconhecidos pelas vítimas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu dois criminosos na manhã desta quarta-feira (28), em Guajará Mirim, após serem flagrados com uma caminhonete Fiat Toro, que havia sido roubada em Porto Velho, na noite de terça-feira (27).

De acordo com a PRF, além de roubar o carro, os bandidos mantiveram as vítimas em cárcere privado, durante a madrugada.

Os bandidos foram abordados pela PRF, quando trafegavam com o carro na BR 425. As vítimas reconheceram os criminosos como os autores do roubo.

A dupla recebeu voz de prisão, e foi encaminhada para a sede da Polícia Civil, onde ficou à disposição da justiça.

Fonte: Assessoria

Polícia Civil descobre local de jogos de azar e apreende caça-níqueis e dinheiro em espécie e demais objetos em Porto Velho

A ação faz parte da operação Ludomania deflagrada na terça-feira (27). Um homem também foi preso por porte ilegal de arma.

A 7ª Delegacia da Polícia Civil, deflagrou na terça-feira (27), a operação Ludomania, que apreendeu dezenas de máquinas caça-níqueis dentro de uma casa de jogos de azar, em Porto Velho.

Segundo Polícia Civil, os policiais identificaram quatro pontos de exploração de jogos de azar e de crimes contra a economia popular.

“Os idosos e pessoas vulneráveis eram o maior público das casas. A ‘fezinha’ semanal dava prejuízos financeiros incalculáveis aos apostadores”, diz a polícia.

Dinheiro e objeto foram apreendidos pela polícia em Porto Velho — Foto: PC-RO/Reprodução
Dinheiro e objeto foram apreendidos pela polícia em Porto Velho

Em um dos imóveis, os agentes apreenderam dezenas de máquinas caça-níqueis, dinheiro em espécie e demais objetos usados para fazer apostas de jogos. A polícia apurou que todas as máquinas eram programadas por um sistema operacional para enganar os “clientes”.

Também foram apreendidas duas armas, sendo uma pistola e uma espingarda calibre 12, além de dezenas de munições e máquinas de cartão de crédito.

Segundo a Polícia Civil, um homem acabou preso em flagrante por por ilegal de arma.

O delegado Victor de Santana Menezes, que conduz a operação, informou que o inquérito policial já identificou os responsáveis pela ação criminosa.

O nome da operação faz referência ao nome da doença que atinge as pessoas viciadas em jogos de azar por dinheiro.

“Desta forma, a compulsão obsessiva tornava os clientes incapazes de controlar seus estímulos, querendo sempre jogar mais”, afirma a Polícia Civil.

Fonte: G1/RO

1 2 3 72