Fale conosco pelo WhatsApp(69) 99916-3250

Dia do Aviador: Ao vivo comando da aeronáutica apresenta novas aeronaves

Novos caças multimissão F-39E Gripen, importados da Suécia marca estreia de nova frota da FAB

Caça Gripen E, adquirido na Suécia, faz seu primeiro voo no Brasil

O Comando da Aeronáutica apresenta hoje (23), ao vivo, os novos caças multimissão F-39E Gripen, importados da Suécia – parte de um acordo de transferência de tecnologia militar. A apresentação acontece durante as comemorações do Dia do Aviador, na Base Aérea de Brasília.

Acompanhe a cerimônia ao Vivo:


O Dia do Aviador

Criado para celebrar todos que arriscam a vida nos céus, o Dia do Aviador, comemorado em 23 de outubro, remete ao voo de Alberto Santos Dumont, pai da aviação, e sua aeronave, o 14-Bis. O voo ocorreu na França em 1906, no Campo Bagatelle, e daria início a uma revolução no transporte de passageiros e nos hobbies de centenas de milhões de pessoas que usam os princípios da aerodinâmica para alçar voos.

O Dia do Aviador foi instituído em 1936, pela lei nº 218. Alberto Santos Dumont também é considerado patrono da aeronáutica, e possui a patente militar de marechal-do-ar. Santos Dumont dá nome, ainda, a uma importante honraria concedida pela Força Aérea Brasileira, a “Medalha do Mérito Santos-Dumont”.

Aeronaves de combate

Rebatizado pela Força Aérea Brasileira de F-39E, o Gripen NG é de origem sueca. O Brasil encomendou, em 2014, 36 unidades da fabricante Saab. Eles substituem a frota atual, que é composta por caças F-5, de origem norte-americana.

Os F-39E custaram para os cofres públicos cerca de R$ 24 bilhões, financiados em 25 anos. O recebimento das 36 unidades, no entanto, também é fracionado.

Capaz de voar em uma velocidade máxima de 2.400 km/h – praticamente duas vezes a velocidade do som (1.224 km/h), os F-39E são considerados “multimissão”, ou seja, podem participar de confrontos no ar, na terra e no mar.

Fonte: Pedro Ivo de Oliveira A/B

Governo lança programa para eliminar 2.000 normas trabalhistas

Ministro da Economia, Paulo Guedes, avalia que o Descomplica Trabalhista “vai retirar o Estado do cangote da população”

O governo federal lançou nesta quinta-feira (22) o programa Descomplica Trabalhista, que mira a eliminação de mais de 2.000 normas empresariais. Nesta primeira etapa, serão excluídos 48 atos avaliados como obsoletos. A expectativa do Planalto é de divulgar a revogação de mais portarias em novembro.

De acordo com o secretário especial de previdência e trabalho, Bruno Bianco, as alterações resultam em uma economia de R$ 20 bilhões por ano. “Há 20 anos ninguém fazia isso”, ressalta ele.

“Estamos entregando normas mais racionais, sem complicações, com menos custo para o setor produtivo e mais segurança para o trabalho e para o trabalhador. Tudo isso por meio de uma comissão que tem um trabalho técnico”, comemorou Bianco.

Bianco classifica as portarias eliminadas como “inúteis”. Entre as normas descartadas aparece a modernização de norma regulamentadora do Agronegócio. “Só com essa medida, o agronegócio vai economizar R$ 4 bilhões por ano”, estimou o secretário especial.

Outra alteração determinada pela equipe econômica estabelece a entrega de um novo eSocial, com a eliminação de informações duplicadas. “Ficarão apenas aquelas informações essenciais. O empreendedor brasileiro vai ter muito mais simplicidade. Queremos o fim de obrigações sem nenhuma fundamentação legal”, pontou.

Na avaliação do secretário especial de previdência e trabalho, a modernização permitirá que pequenos empresários resolvam seus problemas pessoalmente, sem a necessidade de novos custos e com a melhoria do ambiente de negócios.

Retomada

Os representantes do Ministério da Economia também aproveitaram a oportunidade para reafirmar que a economia brasileira se recupera da crise causada pela pandemia do novo coronavírus em sinal de “V”.

De acordo com Guedes, a economia brasileira “estava começando a decolar” quando o Brasil foi atingido pela pandemia. “O coronavírus nos atingiu e nós, imediatamente, trocamos a agenda de reformas para uma de medidas emergenciais”, recordou o ministro.

“Já podemos dizer que estamos vivendo uma retomada e isso já é verificado no mercado de trabalho”, disse Bianco ao citar os dados mais recentes do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que sinalizam para a criação de quase 250 mil empregos com carteira assinada em agosto.

O presidente Jair Bolsonaro também participou da cerimônia, mas não se pronunciou. Ainda assim, Bolsonaro foi elogiado por Paulo Guedes. “Essa solenidade é a simplificação, a desburocratização dentro do espírito que o senhor colocou na equipe, presidente”, agradeceu.

Fonte: R7

Após posicionamento de Bolsonaro, OMS diz que é “direito do cidadão tomar ou não a vacina” (veja o vídeo)

Tal afirmação foi feita por uma diretora da entidade.

Nesta quinta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro fez uma declaração em que diz que a OMS (Organização Mundial de Saúde) está correta ao afirmar que os governadores não podem obrigar cidadãos a tomarem uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus.

Tal afirmação foi feita por uma diretora da entidade.

“Ontem, a OMS se manifestou contra a obrigatoriedade da vacina e disse que é contra medidas autoritárias. Quer dizer que a OMS se manifestou depois que eu já havia me manifestado. Então, dessa vez, acho que estão se informando corretamente, talvez me ouvindo até, então, temos a certeza que não voltarão atrás nessa decisão”, afirmou o presidente.

Bolsonaro ainda continuou sua declaração rebatendo a fala do governador de São Paulo, João Dória, que insiste em tornar obrigatória a vacinação. Segundo ele, a intenção de Dória é um “nanico projeto de ditadura”.

“Realmente, impor medidas autoritárias apenas para esses nanicos projetos de ditadura, como esse cara de São Paulo aí. Eu não ouvi dizer nenhum chefe de estado do mundo dizendo que iria impor a vacina, ninguém. É uma precipitação, é mais uma maneira de levar terror junto à população, até porque tomar a vacina que não tem um certo tempo de comprovação científica fica muito difícil”, disse.

Bolsonaro disse que Doria provoca confusão social ao afirmar que seria obrigatória a vacina.

“Quanto ao que esse governador fala, em vídeo, que ele iria obrigar 40 milhões de paulistas a tomar a vacina, ele causa o pânico nesse pessoal. É um direito do cidadão tomar ou não”, garantiu. “E outra coisa: é uma irresponsabilidade do governador porque ainda não existe uma vacina eficaz e […] obviamente ainda não foi ratificada pela nossa Anvisa”, completou.

Fonte: Jornal da Cidade

Lula endossa Dória sobre vacina chinesa e pede o impeachment de Bolsonaro

O petista Lula afirmou na manhã desta quinta-feira (22), em suas redes sociais, que o Bolsonaro cometeu “um crime contra a nação” e pediu impeachment do presidente por não comprar a vacina chinesa CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan, ligado ao governo Doria, em parceria com o laboratório SinoVac da China.

“Mas o papel de um presidente da República é possibilitar que o povo tenha a vacina a sua disposição. Se faltava crime de responsabilidade, essa foi a maior irresponsabilidade de um presidente que já vi”, finalizou o condenado nos casos do sitio de Atibaia e no Triplex.

Ontem (21), o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que a intenção dos governadores é esperar ao menos até sexta-feira (23) para tomar uma medida sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro de cancelar a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa. O tucano não descartou acionar o STF.

Ministro do STJ é filmado sem calças em sessão virtual (veja o vídeo)

Néfi Cordeiro se levantou durante julgamento e não percebeu que câmera estava ligada

ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJNéfi Cordeiro foi filmado sem calças durante videoconferência de sessão da 6ª Turma da corte nesta terça-feira (20). Cordeiro se levantou durante julgamento e não observou que câmera estava ligada.

Néfi Cordeiro tem 57 anos e é membro do STJ desde 2014. O juiz vestia camisa, gravata e toga, espécie de capa usada por membros da magistratura, mas deixou as pernas descobertas. O episódio foi revelado pelo portal Jota. Veja o vídeo: https://www.youtube.com/embed/IaLyumNfCSo

O caso do ministro não é o primeiro. Durante a pandemia do novo coronavírus, as videochamadas acabaram virando ferramenta de auxílio durante o trabalho e estudo. Mas, em casa, as famosas conversas on-line se tornaram um pouco inusitadas. Vídeos em que diversas pessoas aparecem em situações engraçadas viralizaram nas redes sociais. Continue sempre bem informado.Assine o Estado de Minas

Em junho, durante uma sessão virtual do Tribunal de Justiça do Mato Grosso, com o microfone ligado, o procurador Paulo Prado deixou escapar dois ruidosos flatos. O ruído dos gases chamou tanta atenção que fez com que o advogado Bruno Boaventura interrompesse a fala dele.

Constrangido, porém sincero, Paulo Prado assumiu a autoria do ato. “Teve dois momentos que eu me descuidei com o microfone. Se, por acaso, eu fui deselegante ou causei mal-estar, queiram me perdoar, por favor”, disse o membro do Ministério Público.

Confira:

Fonte: Estado de Minas

Ibama determina recolhimento de brigadas de combate a incêndios

Decisão ocorre quase 2 meses após Salles anunciar a suspensão dos trabalhos e ser desautorizado por Mourão.

Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) pediu aos agentes de combate a incêndios que interrompam os trabalhos desde a meia-noite desta quinta-feira (22) em todo o país.

A decisão ocorre quase dois meses após o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmar que as operações de combate ao desmatamento ilegal na Amazônia e às queimadas no Pantanal seriam suspensas por bloqueio de verbas. O Ibama é subordinado ao ministério comandado por Salles.

Horas após o anúncio feito por Salles no fim de agosto, no entanto, ele foi desautorizado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que afirmou que “o ministro teve uma precipitação” e a verba não seria bloqueada.

Trecho de circular que determina o recolhimento de brigadas de incêndio florestal do Ibama — Foto: Reprodução
Trecho de circular que determina o recolhimento de brigadas de incêndio florestal do Ibama

A circular de quarta-feira (21) que determina a suspensão dos trabalhos é assinada pelo Chefe do Centro Especializado Prevfogo/Dipro, Ricardo Vianna Barreto.

“Determino o recolhimento de todas as Brigadas de Incêndio Florestal do IBAMA para as suas respectivas Bases de origem, a partir das 00:00H (zero hora) do dia 22 de outubro de 2020, onde deverão permanecer aguardando ordens para atuação operacional em campo”, diz o documento.

Queimadas na Amazônia e no Pantanal

Incêndios na Amazônia: Moradora olha enquanto fogo se aproxima de sua casa perto de Porto Velho, no dia 16 de agosto. — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
Incêndios na Amazônia: Moradora olha enquanto fogo se aproxima de sua casa perto de Porto Velho

A suspensão dos trabalhos de combate a incêndios ocorre logo após as queimadas na Amazônia e no Pantanal atingirem marcas recordes neste ano.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que o número de focos de incêndio registrados na Amazônia de janeiro a setembro deste ano foi o maior desde 2010. Naquele ano, foram 102.409 pontos de fogo na floresta de 1º de janeiro a 30 de setembro; em 2020, no mesmo período, foram 76.030.

No caso do Pantanal, também segundo o Inpe, 14% do bioma foi queimado apenas em setembroEsta também é a maior devastação anual do território causada pelo fogo desde o início das medições, em 2002, pelo governo federal. A área atingida no ano chega a quase 33 milkm², que equivale à soma do território do Distrito Federal e de Alagoas.

Fonte: G1

Bolsonaro inaugura linha de luz do acelerador de partículas Sirius

Equipamento permite analisar estruturas de pequenas partículas

Jair Bolsonaro, Sirius
Comitiva presidencial conhece o Sirius, em Campinas

O presidente Jair Bolsonaro participou, nesta quarta-feira (21), da solenidade de abertura da primeira linha de luz do projeto Sirius, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP). Vinculado ao Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), do CNPEM, o Sirius é um acelerador de partículas de quarta geração, e está entre os dois mais modernos do planeta. 

Maior projeto científico em desenvolvimento no Brasil, o Sirius tem a função de gerar um tipo especial de luz, a luz sincroton, de amplo espectro e altíssima intensidade, que ajuda revelar estruturas de diversos tipos de partículas, orgânicas e inorgânicas, podendo ser usada em múltiplas aplicações científicas, como medicina, biologia, agricultura, entre outras. 

A linha de luz Manacá, inaugurada oficialmente durante a cerimônia, é a primeira estação de pesquisa em uso no Sirius, mas já vem sendo usada em caráter emergencial desde julho, para apoiar pesquisas relacionadas à covid-19.

“Falta-nos palavras para definir essa obra, mas ela materializa para todos nós o futuro. Isso bem demonstra a capacidade do homem, em especial do engenheiro, do pesquisador, do cientista brasileiro”, afirmou Bolsonaro em um breve discurso.  

A nova estação do Sirius está equipada com instrumentos que permitem revelar estruturas tridimensionais de proteínas e enzimas humanas e patógenos com resoluções que não podem ser obtidas em equipamentos convencionais. Uma das técnicas disponíveis permite revelar a posição de cada um dos átomos que compõem uma determinada proteína estudada, suas funções e interações com outras moléculas, que podem ser usadas como princípios ativos de novos medicamentos. 

Até o momento, a Manacá recebe excepcionalmente propostas relacionadas à covid-19, uma resposta emergencial à pandemia. A intenção é receber propostas de outros objetos de estudo na sequência da cerimônia que marca o início das pesquisas científicas na linha de luz Manacá.

Laboratórios

Além do LNLS, o CNPEM concentra outros três laboratórios de referência mundial e abertos à comunidade científica e empresarial: o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), que desenvolve pesquisas com foco em biotecnologia e fármacos; o Laboratório Nacional de Biorrenováveis (LNBR), que pesquisa soluções biotecnológicas para o desenvolvimento sustentável de biocombustíveis avançados, bioquímicos e biomateriais, empregando a biomassa e a biodiversidade brasileira; e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano), que realiza pesquisas com materiais avançados, com grande potencial econômico para o país.

“Esse centro, com a ajuda de tantas outras organizações, consegue colocar o Brasil na ponta, em termos de aceleradores de partículas. Junto com outros laboratórios, de biorenováveis, nanotecnologia, biociências, esse centro realmente é capaz de levantar o Brasil em biotecnologia e transformar essa região em polo de biotecnologia”, destacou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, durante a cerimônia.  

“Estamos conversando sobre, quem sabe no entorno dessa região, termos o Vale do Silício da Biotecnologia. Os diferenciais que o Brasil têm, que vão permitir que ele se posicione no mundo de uma maneira diferenciada, são a sua biodiversidade, os seus biomateriais”, afirmou  Antônio José Roque da Silva, diretor-geral do CPEM.

Veja na íntegra

Fonte: Fernando Fraga A/B

PRF encontra imenso imóvel abandonado, em operação contra adulteração de combustíveis (veja o vídeo)

No local onde deveria funcionar a empresa foi encontrada apenas uma canoa

Nesta quarta-feira (21) a Polícia Rodoviária Federal deflagrou, em São Paulo, a operação Arinna, cujo intuito é investigar uma quadrilha especializada em adulteração de combustíveis e do composto Arla 32, que é um reagente usado para garantir maior rendimento com menor poluição ambiental em motores a diesel de veículos fabricados a partir de 2012.

A operação é uma ação conjunta da PRF com o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e o MPSP (Ministério Público de São Paulo) e conta com o apoio da Receita Federal.

No local onde deveria funcionar empresa foi encontrada apenas uma canoa — Foto: Reprodução/PRF

A ação cumpre 15 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Tocantins, Rondônia e Rio Grande do Sul

Durante a operação, os agentes encontram em um local que servia como ‘empresa de fachada’ totalmente abandonado. Restaram tão somente teias de aranha e uma canoa.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade

PDT de Ciro vai ao STF por obrigatoriedade na vacina

Já o partido argumentou, para embasar seu pedido:

O PDT, seguindo na onda dos partidos de esquerda, também quer obrigar o povo a tomar uma vacina cuja eficácia e segurança ainda não foi comprovada, com o argumento de risco de grave lesão à saúde.

O partido apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação pedindo para dar aos estados e municípios o poder de determinar a obrigatoriedade da vacinação da população contra o novo coronavírus.

A ação do partido, ao qual o ex-candidato à presidência Ciro Gomes é filiado, é, evidentemente, uma confrontação da recente declaração do presidente Jair Bolsonaro, que afirmou:

“Tem uma lei de 1975 que diz que cabe ao Ministério da Saúde o Programa Nacional de Imunizações, ali incluídas possíveis vacinas obrigatórias. A vacina contra o covid, como cabe ao ministério da saúde definir essa questão, e já foi definida, não será obrigatória”.

Já o partido argumentou, para embasar seu pedido:

“Enquanto o Presidente da República perfilha entendimento soerguido em uma interpretação que pugna pela não-compulsoriedade do programa de imunização, estados da federação adquirem milhões de doses para a vacinação em massa de sua população. O perigo de lesão grave é inconteste, quer à saúde, ao meio ambiente e às finanças públicas”.

Novamente a questão que envolve a esquerda é a descarada e inescrupulosa politização da saúde.

Se Bolsonaro fosse a favor da obrigatoriedade, toda a esquerda fatalmente seria contra.

Fonte: Jornal da Cidade

Conferência Bíblica Mundial online 2020 com o Pastor Ock Soo Park

A Grande Conferência Bíblica Mundial online abordará o tema: “O tempo para a desesperança acabou, é tempo de superar”.

Nos dias 28 a 31 de outubro, a Igreja Missão Boa Notícia realizará a Conferência Bíblica Mundial online 2020. As pregações serão transmitidas em dois horários: às 09h00 da manhã e às19h30, através das plataformas, Facebook e YouTube, para todo o Brasil e em mais de 94 países.

A Conferência Bíblica Mundial online terá como preletor o pastor Ock Soo Park, com o tema: “O Tempo para a desesperança acabou, é tempo de Superar” e tem como objetivo levar esperança aos cristãos do mundo inteiro através da palavra de Deus. Em Maio de 2020, foi realizado o Seminário Bíblico online que alcançou 1 bilhão de espectadores e foi transmitido por mais de 276 emissoras de televisão em 94 países.

Em 1962, quando jovem, o pastor Ock Soo Park, tinha uma vida marcada por grandes sofrimentos que até o fizeram tentar o suicídio, mas através da graça de Deus, em 7 de Outubro daquele ano, durante uma oração matinal, seu problema do pecado foi resolvido ao crer na Palavra de Jesus Cristo, que nos purificou de todos os nossos pecados, quando Ele foi crucificado. Esse processo fez com que o pastor Ock Soo Park sentisse tristeza em relação aos que sofrem devido ao problema do pecado. 

O pastor Ock Soo Park leu a Bíblia inúmeras vezes enquanto percorria o caminho para ser pastor. Durante este tempo, ele descobriu que o importante não é o número de vezes que ela é lida, mas a verdade reveladora contida nela que é sobre o mundo do coração, e disse: “A Bíblia é como um relatório abrangente, que aborda os problemas enfrentados por todos nós e aponta as soluções para todos eles.”

Através desta conferência todos terão a oportunidade de encontrar a solução para os problemas enfrentados, o pastor Ock Soo Park disse: “Houve vários desastres como a Covid-19 na história da humanidade, mas se você ler a Bíblia, esses desastres não terminam com uma maldição, mas como uma bênção quando Deus abaixa nossos corações e nos volta para Ele. “

“Embora o mundo tenha tido muitas dificuldades com a Covid-19, será um momento para todos orarem juntos, crendo que Deus transformará tudo em bênçãos”.

Esse é o link para Inscrição da Grande Conferência Mundial com PR. OCK SOO PARK https://forms.gle/yNr5UjuB4fQqTfit5

Fonte: Missão Boa Notícia