Vacinação contra a covid-19 é suspensa em Porto Velho neste sábado (2)

Programação retorna normalmente a partir de segunda-feira (4)

A aplicação das doses da vacina contra a covid-19 estará suspensa, neste sábado (2), no Porto Velho Shopping. Os atendimentos ao público serão normalizados a partir da próxima segunda-feira (4).

Enquanto isso, a 4ª dose de reforço continua disponível ao público acima de 40 anos que já tenha recebido a terceira aplicação há pelo menos 120 dias (4 meses). Nesta etapa, os imunizantes também são destinados para pessoas imunossuprimidas e trabalhadores da saúde.

Para Elizeth Gomes, coordenadora da Divisão de Imunização, a procura pelas duas últimas doses de reforço ainda é muito baixa, diante da grande remessa de vacinas que são disponibilizadas.

“Temos um público com mais de 300 mil pessoas aptas a receber a 3ª dose do imunizante contra a covid-19 e somente 38% está protegido, até agora. Além disso, diante de um cenário de pouco mais de 180 mil adultos acima de 40 anos que deveriam receber 4ª dose, cerca de 12% retornaram para atualizar o cartão vacinal”, afirma.

Elizeth Gomes alerta, ainda, para a importância do público que não completou o ciclo vacinal para que busque a imunização. “Porto Velho está em situação de alerta, pois os casos estão aumentando e ainda temos um grande contingente de pessoas desprotegidas”, alerta a gerente.

O município retorna com a programação de atendimento nas unidades e no Porto Velho Shopping na próxima segunda-feira (4) e ao longo da semana. Clique aqui para ver a programação.

Fonte: Comdecom

CN

Rio de Janeiro confirma sexto caso de varíola dos macacos

Rio de Janeiro confirma sexto caso de varíola dos macacos

Subiu para seis os casos confirmados de monkeypox no estado do Rio de Janeiro. Cinco são pacientes da capital, incluindo o primeiro, que veio de Londres para a cidade; e um em Maricá, na região metropolitana do Rio.

Este sexto caso foi confirmado na noite dessa quarta-feira (29) pela Secretaria de Estado de Saúde. Ao todo, 31 casos suspeitos da doença já foram notificados no estado. Oito seguem em investigação e 17 foram descartados.

Em todo o país, segundo informou o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (30), os casos confirmados de monkeypox chegam a 37: 28 em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul, um em Minas Gerais e os seis no Rio de Janeiro.

A Fundação Oswaldo Cruz já concluiu o sequenciamento genético do vírus monkeypox. A coleta foi feita em uma amostra do primeiro caso positivo confirmado em meados deste mês de junho no Rio de Janeiro.

O vírus encontrado no paciente pertence ao grupo genético com a maior circulação atualmente e é responsável pelo surto que já atingiu mais de 40 países e infectou pelo menos 4.700 pessoas.

Fonte: Leila Santos/ Renata Batista

CN

Total de casos de varíola dos macacos no Brasil sobe para 37

No estado do Rio, há seis pacientes com a doença.

O número de casos de varíola dos macacos (monkeypox) no Brasil chega a 37, segundo informações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. A secretaria confirmou ontem o sexto caso no estado. Agora, são cinco ocorrências na capital e uma na cidade de Maricá, no Grande Rio.

Já Minas Gerais confirmou o seu primeiro caso, um homem com 33 anos, que esteve na Europa no período entre 11 e 26 deste mês. Segundo a Secretaria de Saúde mineira, trata-se de um caso importado.

“O paciente está estável, em isolamento domiciliar. Os contactantes estão sendo monitorados e, até o momento, não houve identificação de caso secundário”, informa a nota.

Segundo o Ministério da Saúde, São Paulo tem 28 casos confirmados. Somando-se os dois registros do Rio Grande do Sul e os do Rio e de Minas, o Brasil chega a 37 casos.

Por Vitor Abdala

CN

Campanha de Multivacinação mobilizou 40 municípios e conseguiu aplicar em um dia mais de 20 mil doses de vacinas

Dia de mobilização aconteceu no sábado (25) em 40 municípios e contabilizou mais de 20 mil doses aplicadas

O dia de mobilização para a Campanha Estadual de Multivacinação que aconteceu no último sábado (25) permanece com atendimento intensificado até o dia 30 de dezembro. Segundo as autoridades sanitária ainda se faz necessário a corrida para atualização das cadernetas de vacinas dos cidadãos rondonienses. No dia, cerca de 40 municípios aderiram ao movimento, e de acordo com um levantamento feito pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa mais de 20 mil doses foram aplicadas nas salas de vacinas municipais, sendo vacinas de rotina, influenza e contra a covid-19.

De acordo com o diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, a visibilidade ajuda a chamar a atenção da população, mas a proposta ainda se estende até o final do ano. “Estamos empenhados em identificar estratégias para subsidiar os municípios na adoção de ações para a intensificação e melhoria das coberturas vacinais. Queremos alcançar elevados indicadores de imunidade da população e com isso reduzir, manter sob controle ou eliminar as doenças preveníveis por vacinas.”

Para a gerente técnica de vigilância epidemiológica da Agevisa, Maria Arlete da Gama Baldez, em nível estadual foi observado que a homogeneidade da cobertura vacinal “já vinha apresentando tendência de queda desde 2018, situação agravada nos anos seguintes, nitidamente em 2020 e 2021, anos pandêmicos”.

CAMPANHA

No Estado de Rondônia, no período de janeiro a dezembro de 2021, nenhuma das vacinas ofertadas às crianças menores de 1 ano, atingiu a meta de cobertura vacinal adequada. De acordo com dados parciais, das coberturas vacinais por tipo de vacinas, dos 52 municípios apenas cinco a 15 municípios conseguiram alcançar a meta de cobertura vacinal estabelecida.

Nesta campanha as autoridades sanitárias buscaram a integração de forças, Estado e municípios, para alcançar divulgação em massa para esclarecimento da população sobre os riscos da introdução de doenças já controladas, em fase de eliminação/erradicação, tendo em vista as baixíssimas coberturas vacinais.

A campanha também teve como foco a melhoria do cenário da covid-19, e permitiu o comparecimento mais seguro às salas de vacinação, ainda que seguindo as recomendações de segurança para reduzir os riscos de transmissão da doença.

Foi criado o Comitê Estadual de Imunização, para intensificação das coberturas vacinais em Rondônia, oficializado por meio de portaria. A execução da ação oportunizou atualização da caderneta de vacinação de crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Fonte: Agevisa

CN

Segunda edição do Sábado Solidário Semdestur acontece no próximo sábado (25)

Diversos serviços serão ofertados à população na Praça CEU

A próxima edição do “Sábado Solidário Semdestur” chega, no próximo sábado (25), à zona Leste de Porto Velho. O evento, que acontecerá na Praça CEU, vai ofertar diversos serviços à população, das 8h às 13h.

A ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur) e acontece graças à união de parceiros do poder público municipal e estadual, além de voluntários e empresas que garantirão a oferta de mais de 30 serviços.

No dia será possível receber atendimentos de saúde, além de atividades de cultura, educação, esporte, assistência social e recreação. Os moradores terão, ainda, acesso a testes rápidos e atendimentos médicos de forma gratuita.

“Muitos moradores encontram obstáculos em acessar os serviços públicos, seja por indisponibilidade de horário ou por dificuldade de locomoção. Por isso, essa é uma oportunidade para se atualizar e conhecer melhor os direitos e todas as ações que desenvolvemos em prol da população”, afirma a secretária da Semdestur, Glayce Bezerra.

SERVIÇOS OFERTADOS

Emissão de RG (1ª via); Avante Trabalhador, serviços Cras; serviços de beleza; atividades de lazer e entretenimento, Giro Empreendedor (feira de artesanato e gastronomia); atrações culturais; atendimento Proampe; Atendimento comcard, educação para o trânsito, serviços odontológicos; vacinas contra a covid-19, influenza e sarampo; aferição de pressão, batimentos cardíacos e teste de glicemia; atendimento médico e exames ginecológicos; atendimento do CadÚnico; assistência jurídica (Defensoria Pública), testes rápidos para detecção de Hepatite B, Hepatite C, HIV e distribuição de preservativos masculino e feminino.

O Sábado Solidário tem a parceria da Semusa, Emdur, SMTI, Sema, Semasf, Semed, Semtran, Funcultural, Polícia Militar, Detran-RO, Defensoria Pública, Sebrae, Instituto São Rafael, Desbravadores, Suco Quero Mais, Com Card e Associação Beradeiros.

Fonte: Semdestur

CN

Vacinas contra sarampo, poliomielite, covid-19, hepatites, gripe, entre outros agravos estarão disponíveis neste sábado, 25

A realização será nas unidades básicas de saúde.

Neste sábado (25), o Governo de Rondônia, por intermédio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa,  realiza mais um dia V de multivacinação,  Os pontos de vacinação serão nas unidades básicas de saúde e salas de vacinas que estarão disponíveis das 8h às 17h, com público-alvo de crianças, adolescentes, adultos e idosos.

A Campanha Estadual de Multivacinação vai mobilizar as equipes de imunização dos municípios para atualização do esquema vacinal da população. Vacinas como pentavalente, pneumocócica 10 valente, poliomielite, tríplice viral, hepatite B, covid-19, influenza (gripe) e sarampo estarão disponíveis.

Segundo o diretor-geral da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, um estudo do monitoramento das coberturas vacinais realizado pelo Ministério da Saúde apontou que no período de janeiro a dezembro de 2021, Rondônia apresentou baixa cobertura vacinal, corroborando a existência de um risco real para a introdução e reintrodução de doenças preveníveis por vacinas.

A situação chamou atenção das autoridades da vigilância em saúde e motivou o chamamento de todos os gestores municipais para a realização da campanha estadual de multivacinação. O objetivo do evento é intensificar a cobertura vacinal, em especial das vacinas que protegem contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite. E também das doenças causadas por vírus respiratórios, poliomielite, sarampo, rubéola, cachumba, varicela, covid-19 e influenza (gripe).

VACINA CONTRA SARAMPO

Para atender a sociedade com a vacina contra o sarampo, as autoridades sanitárias alertaram que a vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) é realizada nas crianças a partir de 1 ano de idade. Para as pessoas de 5 a 29 anos, não vacinados ou com esquema vacinal incompleto, deve ser administrada uma dose da vacina, contendo o componente sarampo e agendamento da segunda dose, caso necessário, com intervalo de 30 dias.

Pessoas com idade acima de 30 anos devem tomar uma dose da vacina contra sarampo, caso não comprove o recebimento de nenhuma dose anterior dessa vacina. Os técnicos da Agevisa chamam atenção para um rigoroso cuidado na vacinação em mulheres em idade fértil, verificando no momento da aplicação se não estão grávidas, além de orientar a evitar engravidar até 30 dias após a vacina. Ressaltam ainda que não há contraindicação na vacinação concomitante com as vacinas contra gripe, sarampo e covid-19.

QUEM PODE SE VACINAR CONTRA GRIPE?

A vacina Influenza é destinada aos idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, e população privada de liberdade.

Fonte: Secom

CN

Sesau orienta população sobre importância da vacinação para evitar aumento de casos graves de covid-19

Rondônia registra nesta terça-feira 51 pacientes internados por covid-19

A Secretaria de Estado de Saúde – Sesau registrou na última segunda-feira (20) um aumento de 76,2% em internação por covid-19. No dia 11 de junho o estado registrava 26 internados, já nesta terça-feira (21),  Rondônia registra 51 pacientes internados pelo vírus. Com o aumento dos casos, o Governo de Rondônia em parceria com a Sesau e Agência de Vigilância em Saúde – Agevisa elaboraram um plano de ação junto aos municípios rondonienses que visa diminuir o fluxo de propagação do vírus.

O plano é uma campanha de vacinação que iniciará a partir do dia 25 de junho e finalizará no último dia do ano, no qual o Estado acompanhará os municípios através de relatórios diários sobre o fluxo de vacinação. Os municípios serão classificados em ouro quando estiver com índice alto de vacinação, prata para médio e bronze para baixo. A ação visa incentivar os municípios a ampliarem a aplicação dos imunizantes.

A secretária de Estado da Saúde, Semayra Gomes também reforçou a utilização de máscaras e protocolos de higienização. “Estamos em um período preocupante, e por esse motivo é importante que a população continue renovando seu ciclo vacinal, continue com medidas de distanciamento, de higienização das mãos e uso de máscaras em casos de sintomas gripais”, enfatiza.

Rondônia já passou por momentos críticos em relação à pandemia da covid-19, como no dia 17 de março de 2021 quando havia 854 pacientes internados e 170 pessoas aguardando por leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI. Os meses de março e abril de 2021 foram os com maior registro de óbitos por covid-19, quando a média variou em 60 óbitos diários.

O diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima,  também enfatizou a importância da participação da população para diminuir a propagação do vírus. “Temos quatro campanhas em andamento, entre elas, a da vacinação contra a covid-19. Então é muito importante que a população procure as unidades de saúde para receber a dose do imunizante. A vacina é uma ferramenta útil e eficaz, que contribui para a redução na circulação do vírus. Além dessa ferramenta é extremamente importante que nossos munícipes continuem adotando protocolos de segurança. Precisamos da colaboração de todos”, finalizou o diretor.

Fonte: Sesau

CN

Porto Velho adere ao Dia V de Multivacinação que acontece no sábado (25)

Ação vai acontecer em unidades de saúde da capital

A Prefeitura de Porto Velho realiza, no próximo sábado (25), o Dia V de Multivacinação. A campanha nacional busca atualizar as vacinações de rotina e completar o esquema vacinal dos faltosos de todas as faixas etárias.

Com a ação, o município pretende evitar o risco da reintrodução de doenças que estão sob controle ou em processo de erradicação por vacinas. Em Porto Velho as unidades que estarão atendendo das 8h às 17h na região central são: Oswaldo Piana, São Sebastião e Pedacinho de Chão.

Na zona Leste a vacinação acontecerá nas unidades do Mariana, Ernandes Índio e Hamilton Gondim. Na zona Sul as vacinas serão aplicadas nas unidades do Castanheira, Caladinho e Areal.

Já o ponto de aplicação do Porto Velho Shopping seguirá ofertando os imunizantes das campanhas contra a covid-19, influenza e sarampo. Crianças menores de 1 ano de idade são prioritárias para a campanha, porém os adultos podem aproveitar o momento e atualizar a caderneta de vacinação.

A Divisão de Imunização também lembra que a vacina contra a influenza estará disponível ao público em geral no próximo sábado (25). A estratégia busca reverter as baixíssimas coberturas vacinais identificadas pelo município.

Fonte: Semusa

CN

Porto Velho adere ao Dia V de Multivacinação no próximo sábado (25)

Ação vai acontecer em unidades de saúde da capital

A Prefeitura de Porto Velho realiza, no próximo sábado (25), o Dia V de Multivacinação. A campanha nacional busca atualizar as vacinações de rotina e completar o esquema vacinal dos faltosos de todas as faixas etárias.

Com a ação, o município pretende evitar o risco da reintrodução de doenças que estão sob controle ou em processo de erradicação por vacinas. Em Porto Velho as unidades que estarão atendendo das 8h às 17h na região central são: Oswaldo Piana, São Sebastião e Pedacinho de Chão.

Na zona Leste a vacinação acontecerá nas unidades do Mariana, Ernandes Índio e Hamilton Gondim. Na zona Sul as vacinas serão aplicadas nas unidades do Castanheira, Caladinho e Areal.

Já o ponto de aplicação do Porto Velho Shopping seguirá ofertando os imunizantes das campanhas contra a covid-19, influenza e sarampo. Crianças menores de 1 ano de idade são prioritárias para a campanha, porém os adultos podem aproveitar o momento e atualizar a caderneta de vacinação.

A Divisão de Imunização também lembra que a vacina contra a influenza estará disponível ao público em geral no próximo sábado (25). A estratégia busca reverter as baixíssimas coberturas vacinais identificadas pelo município.

Fonte: Comdecom

CN

Sesau divulga resultado das inscrições homologadas do Processo Seletivo Simplificado

Foram disponibilizadas 1.516 vagas nas modalidades de nível médio, superior e técnico.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) divulgou, neste sábado (18), as inscrições homologadas referentes ao processo seletivo simplificado de avaliação de títulos para contratação temporária de profissionais da saúde.

As contratações são para atender Unidades de Saúde Pública Estadual de Buritis, Cacoal, Extrema, Porto Velho e São Francisco do Guaporé. Foram disponibilizadas 1.516 vagas nas modalidades de nível médio, superior e técnico.

De acordo com a coordenadora de Recursos Humanos da Sesau, Raquel de Oliveira Rodrigues, a equipe constituída para atuar no certame está empenhada na realização do processo seletivo e as avaliações dos títulos terão início ainda este final de semana. “As equipes são cautelosas e rigorosas quanto ao tempo previsto para cada fase do certame, tendo em vista que faremos todas as contratações até o final deste mês”, detalhou.

O resultado das inscrições homologadas podem ser conferidas no seguinte link: https://rondonia.ro.gov.br/publicacao/18-6-2022-edital-n-157-2022-segep-gcp-divulga-a-relacao-dos-candidatos-inscritos-no-processo-seletivo-simplificado-de-avaliacao-de-títulos-edital-n-152-2022-segep-gcp/

Fonte: Sesau

CN
1 2 3 84