Casal é apreendido com carga de droga avaliada em R$ 3 milhões em Ji-Paraná

De acordo com as informações, Carregamento teria destino final Minas Gerais.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde de ontem, segunda-feira (19), apreendeu um carregamento de droga durante uma fiscalização realizada na BR-364, no município de Ji-Paraná. O entorpecente estava escondido em um carro ocupado por um casal.

Os policiais estavam realizando fiscalizações quando avistaram o veículo Fiat Pálio e abordaram o carro.

PRF apreende droga avaliada em R$ 3 milhões na BR-364

No interior do automóvel foram encontrados, alocados em compartimentos ocultos, 28 tabletes de drogas, sendo 22.720 gramas de pasta base e 6.280 gramas de cloridrato de cocaína, pesando no total, 29 quilos.

Segundo a PRF, a droga tinha como destino final Minas Gerais. O entorpecente poderia render mais de R$ 3 milhões aos traficantes.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná.

Fonte: Assessoria

PRF apreende 35 quilos de cocaína em duas apreensões na BR-364 em RO

Abordagem aconteceu no final da tarde de ontem (07).

Um dos veículos abordado durante fiscalização da PF

Dois carregamentos de droga foram interceptados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no final da tarde de quarta-feira (7), durante uma fiscalização na BR-364, em Porto Velho em dois veículos Kia Sportage e Pálio Adventure.

Durante as abordagens os policiais avistaram o primeiro veículo e deram ordem de parada para o motorista. Na carroceria do carro, os policiais encontraram 20 Kg de cocaína. Já na segunda abordagem, mais 15 Kg da mesma droga foram encontrados pelos agentes no pneu estepe do carro. Segundo a Polícia, toda a droga encontrada com os dois criminosos poderia render quase R$ 4,5 milhões.

Os dois receberam voz de prisão, e foram encaminhados para a delegacia, onde ficaram à disposição da justiça.

Fonte: Rondônia Agora

PRF apreende cocaína no banheiro de ônibus interestadual na BR-364 em RO

Fiscalizações em dois ônibus diferentes encontraram drogas. Ao todo, PRF apreendeu 17 quilos de cocaína.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 17 quilos de cocaína em dois ônibus interestaduais que viajavam pela BR-364, neste fim de semana, em Porto Velho. Três passageiras foram identificadas como as donas dos entorpecentes.

Tabletes apreendidos em ônibus pesaram 17 quilos de cocaína

Durante uma abordagem a um dos ônibus, os policiais localizaram três pacotes de cocaína escondidos debaixo do compartimento da pia do banheiro. Um quarto tablete de cocaína foi encontrado durante revista a outro ônibus.

Ao todo, as duas apreensões somaram 17 quilos de cocaína, segundo informou a PRF. As drogas pertenciam a três mulheres, sendo que duas das passageiras estavam no primeiro ônibus abordado. Elas receberam voz de prisão e devem responder por tráfico de drogas.

Fonte: G1/RO

Agentes apreendem R$ 10 mil notas falsas durante fiscalização na BR-364

Suspeitos conseguiram fugir.

A Polícia Civil apreendeu cerca de R$ 10 mil em notas aparentemente falsas durante uma fiscalização na BR-364, próximo ao entroncamento da BR-425, que dá acesso à fronteira com a Bolívia. O caso foi registrado no domingo (20) em Porto Velho.

Conforme a polícia, policiais que atuam na Operação Hórus faziam monitoramento na rodovia quando viram dois homens suspeitos em uma motocicleta. Com a aproximação da viatura, a dupla iniciou uma fuga e os policiais passaram a persegui-los.

Durante o acompanhamento, o ocupante da garupa da moto jogou um objeto no acostamento da rodovia e uma viatura parou para verificar o que era enquanto a outra seguia os suspeitos.

A equipe que ficou, encontrou uma sacola com aproximadamente R$ 10 mil em notas de R$ 50, aparentemente falsas. O pneu da viatura que seguia os homens furou e os suspeitos não foram presos.

Fonte: Rede Amazônica

PRF apreende motorista transportando ouro sem nota fiscal, na BR-364 em Porto Velho

Ouro estava escondido dentro de caminhonete.

Mais de R$ 50 mil em ouro foram apreendidos na segunda-feira (14) na BR-364, em Porto Velho. Ao todo, são 170 gramas do metal. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ouro estava escondido dentro de uma caminhonete.

Ao ser questionado pelos agentes sobre a nota fiscal do metal, o condutor informou que não tinha o documento.

Diante da informação, o suspeito foi encaminhado à Polícia Federal (PF). O produto mineral, segundo a polícia, está avaliado em aproximadamente R$ 56,5 mil.

Fonte: G1/RO

PRF flagra dupla transportando carga de droga com mais de 3 quilos de cocaína em RO

O caso foi encaminhado para polícia civil.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante uma fiscalização na BR-364 de Porto Velho, interceptou um carregamento de cocaína, transportada por dois homens. A ocorrência foi registrada nesta segunda-feira (7).

No total, 3,18 Kg da droga ilícita, que estavam embalados em tabletes com papel prateado, eram transportados em veículo de passeio, foram encontrados e encaminhados à Polícia Civil para destruição.

Em jaci-Paraná jovem é preso após atear fogo e causar incêndio

Testemunhas também informaram que uma menina menor de idade, irmã do jovem, teria ajudado a dar início ao incêndio.

Um jovem de 21 anos foi preso na última terça-feira (25) após atear fogo na margem da BR-364 em Jaci-Paraná, distrito de Porto Velho. Segundo uma testemunha, o fogo causou um incêndio no local e colocou em risco uma criação de frangos.

De acordo com o boletim de ocorrência, um homem acionou a Polícia Militar após avistar o jovem de 21 anos ateando fogo nas margens da rodovia. Ele deteve o infrator até a chegada dos agentes no local.

Aos policiais, o homem contou que na primeira vez que viu o suspeito ateando fogo no mato não conseguiu contê-lo pois precisou apagar as chamas que estariam colocando em perigo a sua criação de frangos e residência.

Da segunda vez, o homem pediu ajuda a um amigo e deteve o suspeito até a chegada da polícia. As testemunhas também informaram que uma menina menor de idade, irmã do jovem, teria ajudado a dar início ao incêndio, mas ela não foi encontrada no local.

O suspeito disse aos agentes que ateou fogo por esporte, para limpar a área próxima a rodovia, e que não imaginava a proporção que poderia tomar. Ele foi preso por crime ambiental e levado para a Central de Flagrantes.

Fonte: G1/RO

PRF-RO apreende motorista transportando carga de pneus sem nota fiscal

Agentes flagraram durante fiscalização, condutor transportando 30 pneus sem notas fiscais na carroceria de carro.

A polícia Rodoviária Federal cumpriu mais uma fiscalização na BR-364 de Rondônia nesta quinta-feira (13). 30 pneus foram apreendidos pela equipes de agentes, sendo transportados de forma irregular em um carro em Vilhena (RO). Os produtos também não tinham notas fiscais.

Ao ser abordado, o dono do carro afirmou que adquiriu os 32 pneus em Campo Grande (MS) e que toda a mercadoria seria utilizada em veículos de sua propriedade.

O flagrante aconteceu durante fiscalização no posto da PRF na BR-364, em Vilhena. Todos os pneus eram transportados na carroceria do veículo e estavam cobertos por uma lona plástica.

Como não houve comprovação documental, a carga de pneus foi apreendida encaminhada para a Secretaria Estadual de Finanças para registro e regularização da situação.

Fonte: G1/RO

Agentes da Agero apreende 15 veículos com transporte clandestino na BR-364

Equipes da Agero e PRF estão cumprindo a operação contra o transporte irregular de passageiros durante a pandemia da Covid-19.

Rondônia: Fiscalização na BR-364 apreende 15 veículos que ...
Equipes de Fiscalização Agero

A fiscalização da Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados do Estado de Rondônia (Agero) apreendeu, neste final de semana, 15 veículos que faziam transporte irregular de pessoas no Estado, utilizando a rodovia BR-364 e estradas estaduais. A operação mobilizou quatro equipes, como informou o diretor de normatizações e fiscalizações de serviços públicos, Magnum Jorge Oliveira da Silva.

Segundo ele, a pandemia do novo coronavírus causou a redução na oferta regular de ônibus em diversas linhas, ao mesmo tempo em que os táxis tiveram que circular com limite de dois passageiros. “Ocorreu que algumas pessoas resolveram transportar passageiros por conta e risco.

A operação prossegue a fim de flagrar e advertir os chamados “clandestinos”. Os fiscais esperavam novas apreensões, já que o transporte clandestino ampliou rapidamente o número de participantes, especialmente entre cidades no trecho Porto Velho-Vilhena, da BR-364, na extensão de 706 quilômetros.

A Agero está preparando futuras licitações de linhas do transporte coletivo urbano e intermunicipal.

“A Agero estudará o número de empresas que cabem em cada trecho, e o respectivo valor da passagem”, informou o diretor.

O processo de consulta à Minuta da Lei Complementar 366/2007 trata sobre o transporte intermunicipal de passageiros e abre espaço para que a população contribua com propostas de alteração da Lei.

“Se essa medida for revestida de êxito, com propostas viáveis e alerta contra irregularidades comuns, o Estado de Rondônia terá efetivamente o conjunto de regras para o setor de transporte”, acredita Magno Jorge.

Alterações jurídicas e operacionais estão previstas. A consulta será consignada em orçamento da Agência, estimando-se que até o início de 2021 o setor esteja devidamente regularizado. “Depois disso, poderemos ter a esperada licitação para a outorga de linhas e lotes”, acrescentou o diretor.

Fonte: Agero