Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em maio

Também receberão hoje 236 mil novos beneficiários

Trabalhadores informais nascidos em maio começam a receber hoje (15) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos nesse mês.


Também hoje, a Caixa Econômica Federal depositará a revisão do auxílio emergencial para 236 mil novos beneficiários nascidos de janeiro a maio incluídos na nova rodada. Essas pessoas haviam sido excluídas por não se enquadrarem no público elegível, mas contestaram o benefício negado e conseguiram reaver o auxílio.

Os nascidos de junho a dezembro reincluídos no auxílio emergencial receberão conforme o calendário de pagamentos divulgado no fim de março. A relação dos incluídos na revisão do auxílio está disponível na página de consultas desenvolvida pela Dataprev, estatal responsável pelo cadastro dos beneficiários.

Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial.
Calendário de pagamentos das parcelas do auxílio emergencial

A primeira parcela será depositada nas contas poupança digitais e poderá ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (acesse abaixo link do guia de perguntas e respostas).

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial.
Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família 

Fonte: Graça Adjuto A/B

Prefeito de Porto Velho diz que prefeitura tem dinheiro em caixa para comprar vacina

Hildon Chaves, falou sobre as tratativas para comprar vacina, caso o Ministério da Saúde demore na distribuição.

Porto Velho, RO – O prefeito Hildon Chaves (PSDB) informou que a prefeitura de Porto Velho tem dinheiro em caixa para comprar a vacina contra o coronavírus, caso o imunizante seja liberado e o Ministério da Saúde atrase ou demore distribuir as doses aos estados e municípios.

De acordo com o chefe do executivo, em uma conversa com jornalistas, a capital teria R$ 10 milhões reservados para comprar a vacina da Coronavac.

“Nós assinamos um termo, como uma espécie de pré-compra, de 80 mil doses do Instituto Butantan. Nós vamos deixar bem claro que nós não estamos, de maneira alguma, descartando o programa nacional de imunização. Isso é responsabilidade do Ministério da Saúde, mas às vezes governo federal tem mantido uma postura errada: hora se posiciona a favor da vacina, hora se posiciona de forma contrária”, disse Hildon em coletiva.

Se Porto Velho adquirir estas doses, idosos, trabalhadores da saúde e indígenas entrariam no grupo prioritário municipal de vacinação, onde serão duas doses por pessoa.

Ainda segundo Hildon, se a vacina distribuída pelo governo federal chegar primeiro, a prefeitura não vai adquirir estas vacinas da Coronavac sim seguir o cronograma do Ministério da Saúde.

O governo de São Paulo, onde fica o Butantan, informou nesta quinta-feira (7) que a CoronaVac registrou 78% de eficácia nos testes clínicos feitos no Brasil. A vacina contra a Covid-19 é desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A vacina garantiu a proteção total (100%) contra mortes, casos graves e internações nos voluntários vacinados que foram contaminados.

Nesta quinta-feira foi enviado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o pedido de uso emergencial da CoronaVac, de forma emergencial.

Por Rede Amazônica

Mais 9 milhões terão saque liberado do auxílio e do FGTS neste sábado

Caixa abrirá 770 agências, das 8h às 12h, para o resgate em dinheiro aos nascidos em maio, no caso do auxílio, e em junho, do fundo de garantia

A caixa libera neste sábado (3) o saque de parcelas do auxílio emergencial e do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para 9 milhões de pessoas. Para isso, 770 agências vão funcionar das 8h às 12h. O banco afirma que não é preciso chegar antes do horário de abertura e que todas as pessoas que procurarem as agências serão atendidas.

O resgate em dinheiro do auxílio será para 4 milhões nascidos em maio. Esse grupo de beneficiários faz parte do ciclo 2 do calendário, que já concluiu o pagamento em depósito na conta digital, e poderá resgatar da 1ª à 5ª parcela de R$ 600, dependendo da data que entraram no programa.

Já para o saque do FGTS, 5 milhões de trabalhadores nascidos em junho poderão retirar em espécie os valores referentes ao benefício.

Além das agências que estarão abertas hoje, o resgate pode ser feito nos caixas eletrônicos e lotéricas, utilizando o código gerado pelo aplicativo Caixa Tem. A transferência para outras contas também estará liberada para esse grupo.

Para realizar o saque, é preciso fazer o login no app, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o beneficiário deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

Os recursos já estavam disponíveis para movimentação digital por meio do aplicativo Caixa Tem. Pelo aplicativo, é possível realizar compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagar de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Parcelas extras

Na segunda-feira (5), os nascidos em fevereiro, cadastrados pelo aplicativo ou CadÚnico, que começaram a receber a ajuda em abril, terão creditado na conta digital a primeira parcela extra do auxílio emergencial de R$ 300. O pagamento primeiro é feito por meio de depósito em conta poupança digital e o saque será liberado em 7 de novembro, de acordo com o calendário do ciclo 3.

De três parcelas, o benefício passou para cinco de R$ 600 cada, no caso de mãe chefe de família, R$ 1.200. Agora mais quatro com valor menor, de R$ 300, serão pagas até dezembro. Mas só vão receber a extensão do auxílio aqueles que se enquadram nos novos requisitos estabelecidos.

Com isso, deixaram de ganhar o benefício extra 21 milhões de pessoas, ou seja, 56% do total de 48 milhões elegíveis para as cinco parcelas de R$ 600. O auxílio já foi pago a 67,2 milhões de pessoas, num total de mais de R$ 213,8 bilhões.

Novo calendário de pagamentos


Ciclo 2: quem recebe da 1ª à 5ª parcela de R$ 600.
Ciclo 3: quem recebeu a primeira parcela em abril e passa a ganhar a extra de R$ 300; também inclui aqueles que estão recebendo as demais parcelas de R$ 600.
Ciclo 4: aqueles que receberam a primeira em maio e passam a ganhar a extra.
Ciclo 5: beneficiários que receberam a primeira parcela em junho.
Ciclo 6: receberam a primeira parcela do benefício em julho.

Para o ciclo 2

Saque em dinheiro


1º de outubro- nascidos em abril
3 de outubro- nascidos em maio
6 de outubro- nascidos em junho
8 de outubro- nascidos em julho
13 de outubro- nascidos em agosto
15 de outubro- nascidos em setembro
20 de outubro- nascidos em outubro
22 de outubro- nascidos em novembro
27 de outubro- nascidos em dezembro

Crédito em poupança digital

Para o ciclo 3

5 de outubro – nascidos em fevereiro
7 de outubro – nascidos em março
9 de outubro – nascidos em abril
11 de outrubo – nascidos em maio
14 de outrubro – nascidos em junho
16 de outrubro – nascidos em julho
21 de outrubro – nascidos em agosto
25 de outrubro – nascidos em setembro
28 de outubro – nascidos em outubro
29 de outubro – nascidos em novembro
1º de novembro – nascidos em dezembro

Para o ciclo 4

30 de outubro – nascidos em janeiro
4 de novembro – nascidos em fevereiro
5 de novembro – nascidos em março
6 de novembro – nascidos em abril
8 de novembro – nascidos em maio
11 de novembro – nascidos em junho
12 de novembro – nascidos em julho
13 de novembro – nascidos em agosto
15 de novembro – nascidos em setembro
16 de novembro – nascidos em outubro
18 de novembro – nascidos em novembro
20 novembro – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

Para os ciclos 3 e 4

7 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
14 de novembro – nascidos em março
21 de novembro – nascidos em abril e maio
24 de novembro – nascidos em junho
26 de novembro – nascidos em julho
28 de novembro – nascidos em agosto e setembro
1º de dezembro – nascidos em outubro
5 de dezembro – nascidos em novembro e dezembro

Depósito em conta digital

Para o ciclo 5

22 de novembro – nascidos em janeiro
23 de novembro – nascidos em fevereiro
25 de novembro – nascidos em março
27 de novembro – nascidos em abril
29 de novembro – nascidos em maio
30 de novembro – nascidos em junho
2 de dezembro – nascidos em julho
4 de dezembro – nascidos em agosto
6 de dezembro – nascidos em setembro
9 de dezembro – nascidos em outrubro
11 de dezembro – nascidos em novembro
12 de dezembro – nascidos em dezembro

Para o ciclo 6

13 de dezembro – nascidos em janeiro e fevereiro
14 de dezembro – nascidos em março
16 de dezembro – nascidos em abril
17 de dezembro – nascidos em maio
18 de dezembro – nascidos em junho
20 de dezembro – nascidos em julho e agosto
21 de dezembro – nascidos em setembro
23 de dezembro – nascidos em outubro
28 de dezembro – nascidos em novembro
29 de dezembro – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

Para os ciclos 5 e 6

19 de dezembro – nascidos em janeiro e fevereiro
4 de janeiro – nascidos em março
6 de janeiro – nascidos em abril
11 de janeiro – nascidos em maio
13 de janeiro – nascidos em junho
15 de janeiro – nascidos em julho
18 de janeiro – nascidos em agosto
20 de janeiro – nascidos em setembro
22 de janeiro – nascidos em outrubro
25 de janeiro – nascidos em novembro
27 de janeiro – nascidos em dezembro

Fonte: R7

Agências da Caixa estarão abertas neste sábado, 22, em Rondônia

Cerca de 14 Agências estarão abertas para pagar mais de 4 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial poderão fazer o saque em espécie

A CAIXA abrirá, neste sábado (22), de 8h às 12h, 14 agências em Rondônia para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do FGTS. As pessoas nascidas de janeiro a junho poderão realizar o saque em espécie do Auxílio Emergencial. Já os trabalhadores nascidos entre janeiro e março poderão sacar o FGTS Emergencial, conforme calendário criado para evitar aglomerações em agências e unidades lotéricas. Ao todo, 770 agências vão prestar esses atendimentos em todo o país.

A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida em: http://www.caixa.gov.br/atendimento.

O banco reforça que todas as pessoas que procurarem atendimento durante o funcionamento das agências serão atendidas e que não é preciso chegar antes do horário de abertura.

Pagamento do Auxílio Emergencial:

A partir deste sábado, 3,9 milhões de beneficiários nascidos em junho e mais de 96 mil também nascidos em junho do novo lote de elegíveis poderão sacar o benefício nos caixas eletrônicos, lotéricas e correspondentes CAIXA Aqui, além de transferir valores para contas da CAIXA ou de outros bancos.

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e para quem se cadastrou pelo App CAIXA | Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Saque Emergencial do FGTS:

Também a partir deste sábado (22), os trabalhadores nascidos em março que tiveram o crédito do Saque Emergencial do FGTS e que não movimentaram a conta Poupança Social Digital ou que tenham saldo remanescente já poderão sacar o benefício em dinheiro. Também será possível transferir os valores, via aplicativo CAIXA Tem, para outra conta, da CAIXA ou de outras instituições financeiras.

Continua disponível ao trabalhador a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Como realizar o saque em espécie:

Para realizar o saque em espécie, é preciso fazer o login no CAIXA Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Na sequência, deve ser inserida a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, que tem validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui.

Como movimentar a Poupança Social Digital:

A conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. A movimentação do valor dos benefícios pode, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do App CAIXA Tem.

Pelo aplicativo, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O trabalhador também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os trabalhadores poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

Crédito do Saque emergencial do FGTS para nascidos em agosto:

Já na próxima segunda-feira (24), a CAIXA credita o Saque Emergencial FGTS na conta Poupança Social Digital de aproximadamente 5 milhões de trabalhadores nascidos no mês de agosto. Nessa etapa, o total de recursos liberados somam cerca de R$ 3,2 bilhões.

Cancelamento e desfazimento do crédito automático:

Se o trabalhador não quiser receber o Saque Emergencial do FGTS e os valores ainda não tenham sido creditados na conta, ele poderá indicar que não deseja receber os recursos até 10 dias antes do início do seu calendário. Nesse caso, se ele decidir receber o recurso, poderá solicitar pelo App FGTS até 31 de dezembro deste ano.

Caso o crédito já tenha sido realizado, o trabalhador poderá solicitar o seu desfazimento, situação em que os valores retornarão, em até 30 dias, à conta de FGTS. Nesse caso, ele não poderá solicitar posteriormente o recebimento do recurso.

Se não houver movimentação dos recursos na conta Poupança Social Digital até 30 de novembro, o valor será devolvido à conta FGTS sem nenhum prejuízo ao trabalhador. Se, após esse prazo, o trabalhador decidir fazer o Saque Emergencial, poderá solicitar pelo App FGTS até 31/12/2020.

A CAIXA disponibiliza os seguintes canais de atendimento para o Saque Emergencial do FGTS: App FGTS, site fgts.caixa.gov.br, Central de Atendimento CAIXA 111, opção 2 e Internet Banking CAIXA.

Fonte: Caixa Econômica Federal

Auxílio Emergencial: Mais 4,8 milhões recebem novas parcelas

Serão beneficiados 4,4 milhões nascidos em maio, além de 483 mil do último lote com data de aniversário entre janeiro e maio

Mais 4,8 milhões de beneficiários recebem novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 nesta quarta-feira (5). A Caixa vai creditar na conta poupança digital a primeira, segunda, terceira e quarta parcelas para 4,4 milhões nascidos em maio, que fazem parte do ciclo 1 do novo calendário. Outros 483 mil nascidos de janeiro a maio, incluídos no último lote de 1,15 milhão, recebem primeira, terceira e quarta parcelas. 

Leia também: Equipes buscam por sobreviventes de explosão que deixou mais de 100 mortos e 4 mil feridos no Líbano

A partir dos próximos pagamentos, esse grupo será incluído no calendário de ciclos. Neste sábado (8), os nascidos de janeiro a abril do novo lote, além dos nascidos em abril do ciclo 1 também poderão sacar o auxílio em dinheiro, num total de 4,4 milhões de pessoas.

O auxílio primeiro é depositado na conta poupança digital, em que o beneficiário pode movimentar para pagamento de boletos, conta de água, luz e telefone, além de fazer compras, por meio do aplicativo Caixa Tem. O resgate em dinheiro e a transferência só são liberados no calendário de saque.

O calendário organizado por ciclos vai até dezembro, para o pagamento das cinco parcelas do auxílio emergencial. Já para o grupo do Bolsa Família segue o calendário normal do programa, sempre nos últimos dez dias úteis do mês. 

O auxílio, criado para combater os impactos da pandemia de covid-19 na população de baixa renda e trabalhadores informais, já foi pago para 65,4 milhões de pessoas, num total de R$ 145,9 bilhões. O valor é de R$ 600, mas para mães chefes de família chega a R$ 1.200.

Confira o calendário do auxílio


Para o ciclo 1
Pagamento da 4ª parcela para quem recebeu a 1ª em abril
Pagamento da 3ª parcela para quem recebeu a 1ª em maio
Pagamento da 2ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho ou até 4 de julho
Pagamento da 1ª parcela para quem se cadastrou entre 17 de junho e 2 de julho

Crédito em poupança digital

22 de julho – nascidos em janeiro
24 de julho – nascidos em fevereiro
29 de julho – nascidos em março
31 de julho – nascidos em abril
5 de agosto – nascidos em maio
7 de agosto – nascidos em junho
12 de agosto – nascidos em julho
14 de agosto – nascidos em agosto
17 de agosto – nascidos em setembro
19 de agosto – nascidos em outubro
21 de agosto – nascidos em novembro
26 de agosto – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

25 de julho – nascidos em janeiro
1º de agosto – nascidos em março e fevereiro
8 de agosto – nascidos em abril
13 de agosto – nascidos em maio
22 de agosto – nascidos em junho
27 de agosto – nascidos em julho
1º de setembro – nascidos em agosto
5 de setembro – nascidos em setembro
12 de setembro – nascidos em outubro e novembro
17 de setembro – nascidos em dezembro

Para o ciclo 2
Crédito da 5ª parcela para quem recebeu a 1ª em abril de 2020
Crédito da 4ª parcela para quem recebeu a 1ª em maio de 2020
Crédito da 3ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho de 2020
Crédito da 2ª parcela para quem recebeu a 1ª em julho de 2020

Crédito em poupança digital

28 de agosto – nascidos em janeiro
2 de setembro – nascidos em fevereiro
4 de setembro – nascidos em março
9 de setembro –  nascidos em abril
11 de setembro –  nascidos em maio
16 de setembro – nascidos em junho
18 de setembro – nascidos em julho
23 de setembro – nascidos em agosto
25 de setembro – nascidos em setembro
28 de setembro – nascidos em outubro e novembro
30 de setembro – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

19 de setembro – nascidos em janeiro
22 de setembro – nascidos em fevereiro
29 de setembro- nascidos em março
1º de outubro- nascidos em abril
3 de outubro- nascidos em maio
6 de outubro- nascidos em junho
8 de outubro- nascidos em julho
13 de outubro- nascidos em agosto
15 de outubro- nascidos em setembro
20 de outubro- nascidos em outubro
22 de outubro- nascidos em novembro
27 de outubro- nascidos em dezembro

Para o ciclo 3
Pagamento da 5ª parcela para quem recebeu a 1ª parcela em maio
Pagamento da 4ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho
Pagamento da 3ª parcela para quem recebeu a 1ª parcela em julho

Crédito em poupança digital

9 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
16 de outubro – nascidos em março e abril
23 de outubro – nascidos em maio e junho
30 de outubro – nascidos em julho e agosto
6 de novembro –  nascidos em setembro e outubro
13 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro

29 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
3 de novembro –  nascidos em março e abril
10 de novembro –  nascidos em maio e junho
12 de novembro – nascidos em julho e agosto
17 de novembro – nascidos em setembro e outubro
19 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Para o ciclo 4
Pagamento da 5ª parcela para quem recebeu a 1ª em junho
Pagamento da 4ª e da 5ª parcelas para quem recebeu a 1ª em julho

Crédito em poupança digital

16 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
18 de novembro – nascidos em março e abril
20 de novembro – nascidos em maio e junho
23 de novembro – nascidos em julho e agosto
27 de novembro – nascidos em setembro e outubro
30 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro

26 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
1º de dezembro- nascidos em março e abril
3 de dezembro- nascidos em maio e junho
8 de dezembro- nascidos em julho e agosto
10 de dezembro- nascidos em setembro e outubro
15 de dezembro- nascidos em novembro e dezembro

Fonte: R7

PF faz buscas contra José Serra em operação sobre caixa dois

O senador e ex-ministro da Saúde José Serra comentou sobre a crise do coronavírus.

A Polícia Federal cumpre quatro mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em quatro cidades: São Paulo, Brasília, Itatiba (SP) e Itu (SP), nesta terça-feira (21). As investigações apuram a prática de caixa dois na campanha do senador José Serra (PSDB-SP) em 2014. São feitas buscas no apartamento funcional onde o senador mora em Brasília e em seu gabinete. As ações fazem parte de uma nova fase da Operação Lava Jato que investiga crimes eleitorais. As investigações são feitas em parceria com o Ministério Público Eleitoral (MPE).

O senador tucano é suspeito de ter recebido R$ 5 milhões em doações que não foram contabilizadas em sua campanha para o Senado. O empresário José Seriperi Júnior, ex- presidente da Qualicorp, empresa que atua na área de venda de planos de saúde, é um dos alvos dos mandados de prisão cumpridos pela PF nesta manhã.Leia mais

No início de julho, o senador José Serra e sua filha foram alvos de mandados de busca e apreensão na sua residência, em São Paulo, também pela Operação Lava Jato. Ele é alvo de investigações que apuram lavagem de dinheiro. O Ministério Público Federal aponta que Serra teria recebido pagamentos indevidos da Odebrecht em contas no exterior.

Essa etapa das investigações da Lava Jato em parceria com a Justiça Eleitoral tem início a partir da denúncia contra Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), em maio deste ano. Também em julho, a operação cumpriu mandados de busca e apreensão contra o deputado federal, Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força, presidente do partido Solidariedade. Já o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckimin (PSDB) foi indiciado pela PF por caixa dois, lavagem de dinheiro e corrupção.

Fonte: Congresso em Foco

Governo antecipa saque da primeira parcela do 3º lote do auxílio

Datas variam de acordo com o mês de aniversário do beneficiário e seguem de 6 a 14 de julho deste ano

O governo federal antecipou o saque da primeira parcela do terceiro lote do auxílio emergencial para alguns beneficiários.

A decisão foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) nesta sexta-feira (10). 

O valor já estava disponível aos beneficiários desde os dias 16 e 17 de junho em poupança social criada pela Caixa Econômica Federal, mas o saque em dinheiro ainda não havia sido liberado. Inicialmente, os saques seguiam de 6 de julho para os nascidos em janeiro até 18 de julho para os nascidos em dezembro. 

Com a mudança, todos os beneficiários terão direito ao saque até 14 de julho — veja o calendário abaixo

Com o crédito na conta poupança, é possível realizar o pagamento de contas, de boletos e usar o saldo para compras online ou em lojas. Todas as transações são realizadas pelo aplicativo Caixa Tem

Foram estipuladas datas de crédito em conta e depois de saque em espécie para evitar aglomerações em agências bancárias da Caixa. 

Veja o calendário de saques em dinheiro do auxílio:

Nascidos em janeiro: 6 de julho
Nascidos em fevereiro: 7 de julho
Nascidos em março: 8 de julho
Nascidos em abril: 9 de julho
Nascidos em maio: 10 de julho
Nascidos em junho: 11 de julho
Nascidos em julho: 13 de julho
Nascidos em agosto: 13 de julho
Nascidos em setembro: 13 de julho
Nascidos em outubro: 14 de julho
Nascidos em novembro: 14 de julho
Nascidos em dezembro: 14 de julho

Fonte: R7

Mais 400 mil nascidos em abril podem sacar 1ª parcela do auxílio

Com um total de R$ 3,2 bilhões, o calendário para a retirada em dinheiro para o grupo de 4,9 milhões vai até o dia 18 de julho 

Mais 400 mil beneficiados nascidos em abril poderão sacar a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 nesta nesta quinta-feira (9). Com um total de R$ 3,2 bilhões, o calendário para a retirada em dinheiro para o grupo de 4,9 milhões, que fez o cadastro entre 1º e 26 de maio, começou na segunda-feira (6) e vai até o dia 18 de julho. 

Nesta mesma data também começa o calendário de saque para o grupo de 40,4 milhões de beneficiários do lote 1 (terceira parcela, lote 2 (segunda parcela) e lote 4 (primeira parcela). 

Todos esses lotes de beneficiários já receberam o depósito em dinheiro na conta poupança social digital. O valor fica disponível apenas para o pagamento de contas, boletos e para a realização de compras por cartão de débito virtual ou QR Code. 

Já quem preferir sacar o dinheiro em espécie tem que seguir o calendário. Também será possível fazer transferências bancárias a partir desta segunda, para evitar aglomerações em agências bancárias.

Calendário para saque

Nascidos em janeiro: saque em 6 de julho
Nascidos em fevereiro: saque em 7 de julho
Nascidos em março: saque em 8 de julho
Nascidos em abril: saque em 9 de julho
Nascidos em maio: saque em 10 de julho
Nascidos em junho: saque em 11 de julho
Nascidos em julho: saque em 13 de julho
Nascidos em agosto: saque em 14 de julho
Nascidos em setembro: saque em 15 de julho
Nascidos em outubro: saque em 16 de julho
Nascidos em novembro: saque em 17 de julho
Nascidos em dezembro: saque em 18 de julho

Balanço

Segundo o banco, já foram pagos até agora R$ 121,1 bilhões a 65,2 milhões de beneficiários inscritos por meio do Cadastro Único, do Programa Bolsa Família, ou pelo site e pelos aplicativos da Caixa.

O benefício foi criado para diminuir os impactos da pandemia de coronavírus na população de baixa renda. O auxílio começou com três e passou para cinco parcelas de R$ 600, mas esse valor sobe para R$ 1.200 nos casos de mães responsáveis pelo sustento da família.

Fonte: R7

Bancos ainda estudam oferta de crédito garantido por saque-aniversário

Segundo a Caixa, mais de 5 milhões de trabalhadores já optaram

Clientes que queiram usar o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia de empréstimos ainda não encontrarão esse tipo de crédito disponível nos cinco maiores bancos do país. Desde o último dia 26, todos os bancos estão autorizados a operar essa linha de crédito.

Segundo o Ministério da Economia, as principais instituições financeiras do país estão habilitadas e se preparam para lançar o produto no mercado. “Pelo aplicativo do FGTS desenvolvido pela Caixa, os trabalhadores já podem manifestar o interesse na contratação de operação de crédito e indicar a instituição financeira de interesse”, disse, em nota.

“Acreditamos que haverá interesse em oferecer e contratar produtos com base na garantia do saque- aniversário especialmente pela segurança que o uso do recurso sob o FGTS oferece à operação”, acrescentou o ministério.

De acordo com a Caixa, mais de 5,3 milhões de trabalhadores já optaram pela sistemática saque-aniversário do FGTS, o que corresponde a cerca de R$ 6,7 bilhões de recursos que serão liberados, por ano.

Cinco maiores bancos

Em nota, o Itaú Unibanco disse que “está sempre atento a oportunidades que ajudem a impulsionar a economia. O banco estuda as condições estabelecidas para avaliar a oferta dessa linha”.

A Caixa afirmou que “as condições da referida linha serão divulgadas oportunamente”. O Santander disse que está trabalhando para oferecer a linha no tempo “mais breve possível”.

O Bradesco informou que está avaliando a possibilidade e o Banco do Brasil não respondeu se ofertará o crédito.

Autorização

Segundo o Ministério da Economia, o trabalhador que estiver com a modalidade de saque-aniversário vigente poderá conceder autorização às instituições com as quais contrate ou pretenda contratar a alienação ou cessão fiduciária do seu saque anual para que acessem as informações cadastrais e financeiras de sua conta vinculada relativas a valores do saque-aniversário.

A totalidade do saldo poderá ser dada em garantia, o que permite ao trabalhador conseguir o máximo de financiamento com base no saque-aniversário a que tem direito. Quanto às taxas de juros, será usado o teto do consignado no serviço público.

Essa modalidade de garantia (cessão ou alienação fiduciária em operações de crédito) foi autorizada pela Resolução 958, de 24 de abril de 2020, do Conselho Curador do FGTS. No dia 27 de maio deste ano, saiu no Diário Oficial da União a Circular nº 909 do Ministério da Economia, que torna pública a versão 1 do Manual de Orientação às Instituições Financeiras pertencentes ao Sistema Financeiro Nacional, produzido pela Caixa Econômica Federal, agente operador do FGTS.

Esse manual estabelece as regras e os procedimentos necessários para que as instituições possam contratar operações.

Saque-aniversário

O saque-aniversário permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do FGTS a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa.

O dinheiro poderá ser retirado até dois meses depois do mês de aniversário. O valor a ser liberado varia conforme o saldo de cada conta em nome do trabalhador. Além de um percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o total na conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional, para contas de até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

Ao retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.

O ministério lembra que uma das regras da nova operação aprovada pelo Conselho Curador do FGTS determina que o titular da conta vinculada que tiver optado pelo saque-aniversário pode solicitar o retorno à sistemática de saque-rescisão somente após encerrados todos os contratos de cessão e alienação fiduciária que eventualmente tiver contratado. Além disso, caso o trabalhador esteja com a modalidade de saque-aniversário vigente, mas tenha solicitado a alteração para a de saque-rescisão, o retorno a essa modalidade deverá ser cancelado pelo trabalhador previamente à contratação da operação de crédito.

Aplicativo

No AppFGTS e no site, o trabalhador poderá realizar os seguintes serviços: autorização de consulta ao valor do saque-aniversário disponível para alienação/cessão fiduciária; autorização para a instituição financeira consultar e solicitar bloqueio de parte do saldo da conta FGTS; acompanhar a evolução da operação de alienação ou cessão fiduciária contratada com a instituição financeira.

A autorização apresentada pelo trabalhador para consulta de saldo e solicitação de bloqueio terá vigência de acordo com sua opção de contratação.

Fonte: Agência Brasil

Programa AmpaRO é prorrogado até 15 de julho

Para se inscrever no programa o usuário deve verificar primeiro se atende os requisitos necessários para receber o auxílio.

A Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) prorrogou, o prazo para habilitação no Programa de Transferência Temporária (AmpaRO), estendendo o cadastro até o dia 15 de julho. O Governo de Rondônia vai disponibilizar, nesse primeiro momento, um auxílio de R$ 200 pagos por três meses às famílias em situação de extrema pobreza.

COMO FAZER A HABILITAÇÃO

Para receber o benefício, o usuário deve verificar primeiro se atende os requisitos necessários para receber o auxílio como: ser beneficiário do Programa Bolsa Família, ter declarado no CadÚnico renda per capita de até R$ 89 (oitenta e nove reais) e estar na condição da folha de pagamento do mês de abril de 2020. Após isso, deve entrar no site do Portal do governo do Estado e clicar no banner do Programa AmpaRO, que aparece em destaque.

O sistema fará a consulta e, caso o usuário atenda aos requisitos, ele será direcionado para o preenchimento dos dados. Caso não seja beneficiário, o sistema informará que o nome não foi encontrado.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

O calendário do Programa já está disponível e pode ser consultado neste link. Os beneficiários que fizeram a habilitação no Programa no período de 15 a 30 de junho vão receber o pagamento no primeiro lote, previsto para 16 a 19 de julho. Já os beneficiários que fizeram a habilitação no período de prorrogação (1 a 15 de julho), farão parte do segundo lote e vão receber o pagamento da primeira parcela a partir de 14 de agosto.

Sobre o pagamento aos beneficiários do 1º lote, é importante ficar atento às datas previstas no calendário:

  • Dia 9 de julho:  Divulgação da lista dos beneficiários do Programa;
  • Dia 10 a 15 de julho: Período de correção do cadastro dos “Não Habilitados”;
  • Dia 16 a 19 de julho: Acesso ao aplicativo Caixa Tem e pagamento da 1ª parcela;
  • Dia 20 a 31 de julho: Saque.

APLICATIVO CAIXA TEM

A consulta do valor recebido na conta será feita através do aplicativo “Caixa Tem”, da Caixa Econômica Federal, somente a partir do dia 16 de julho. O aplicativo foi criado para facilitar o acesso da população aos programas, serviços sociais e transações bancárias. O aplicativo funciona tanto em celulares com sistema Android, quanto IOs e o download pode ser feito na Play Store (Android) ou App Store (IOs).

COMO USAR

Após baixar o aplicativo, o usuário irá acessar com o CPF e criar uma conta na hora (só poderão acessar aqueles que possuem uma conta na Caixa, os beneficiários do Programa AmpaRO terão suas contas abertas pelo Estado);

Para acessar informações da conta, fazer pagamentos ou transferências pelo aplicativo, o usuário deve colocar a senha de acesso e aguardar um SMS com o código, para confirmar a identificação;

Após a confirmação, é só utilizar os serviços. Lembrando que o usuário só poderá acessar a partir do dia 16 de julho.

O passo a passo para acessar o aplicativo está disponível nesta cartilha.

CALENDÁRIO DO PROGRAMA AMPARO

APLICATIVO CAIXA TEM

Fonte: Secom-RO

%d blogueiros gostam disto: