Fale conosco pelo WhatsApp(69) 99916-3250

Thiago Flores manifesta apoio a Carla Redano

“Carla Redano, agora é com você Mulher!”

Foi com esta frase que o prefeito de Ariquemes, Thiago Flores (Republicanos) passou o bastão para Carla Redando (Patriotas), para sucedê-lo na Prefeitura de Ariquemes. Thiago Flores (Republicanos) anunciou em uma Live na sua página do facebook, o incondicional apoio à candidatura de Carla Redano neste pleito.

Flores falou da importância de passar essa missão para uma pessoa que já provou que tem competência para trabalhar por Ariquemes, pois os 2 anos frente à Presidência da Câmara de Vereadores, preparou Carla Redano para administrar uma Prefeitura, contando com a confiança da população e de um corpo técnico que manterá a máquina pública ativa.

Durante a transmissão, Thiago Flores destacou as qualidades de Carla Redano como Vereadora, entre os destaques está sua desenvoltura como a primeira Mulher a presidir a Casa de Leis do município, bem como sua conduta ilibada, honestidade e atenção especial aos serviços sociais do município.

Após a Live, Flores expressou a imprensa sua preocupação com quem o sucederá no palácio Carpinteiro. Para Flores, a preocupação não é só passar o mandato para o sucessor ou sucessora, é entregar a administração pública de uma cidade com mais de 100 mil habitantes nas mãos de um gestor que tenha compromisso, responsabilidade fiscal e que cumpra os 4 anos de gestor, assim como ele o fez, sem abandonar o mandato pela metade para pleitear outra eleição. “Ariquemes precisa e merece ser administrada por quem conhece as realidades de perto, por quem não quer usar essa cidade como palanques para as eleições 2022”, Pontuou Flores.

Texto e foto: Mateus Andrade

Carla Redano tem registro de candidatura deferido pela Justiça Eleitoral

Na decisão, a magistrada alegou que houve erro no protocolo da impugnação no processo individual de candidatura

A Juíza Elizangela Nogueira, da 10ª Zona Eleitoral de Ariquemes/RO, julgou improcedente a ação que visava impugnar o registro de candidatura da candidata a prefeita Carla Redano.

Na decisão, a magistrada alegou que houve erro no protocolo da impugnação no processo individual de candidatura, pois neste, segundo a Juíza, somente poderia ser debatido a aptidão do candidato e o atendimento às condições de elegibilidade e de eventual causa de inelegibilidade.

A impugnação correta deveria ter sido protocolada no Demonstrativo de Registro de Atos Partidários – DRAP do partido Patriota, o que não foi feito.

Por fim, constou na decisão que não cabe à Justiça Eleitoral examinar os critérios internos pelos quais os partidos e coligações escolhem os candidatos que irão à disputa das eleições, como pretendia o impugnante, pertencente ao Partido dos Trabalhadores-PT.

Por esses motivos é que foi deferido o registro de candidatura de Carla Redano.

Procurado pela reportagem, o advogado de Carla Redano, Nelson Canedo, disse que a impugnação com base em atos praticados em convenção partidária não pode ser realizado no processo de registro individual, sendo esse um posicionamento pacifico perante o TSE. Aliás, segundo o advogado, o processo do DRAP do partido Patriotas já foi julgado e deferido, encontrando-se atualmente acobertado pelo manto da coisa julgada, portanto essa discussão se encerrou.

Veja a íntegra:

CARLA-3

Fonte: blogpainel

Carla Redano lidera disputa em Ariquemes, aponta pesquisa

A Patriota é a favorita com 29%, 5 candidatos disputam o pleito, segundo Levantamento realizado entre os dias 8 e 9 de outubro de 2020 com 601 eleitores. A Pesquisa possui 95% de nível de confiança

Na pesquisa estimulada divulgada nesta terça-feira, 13, pelo Instituto Brasil Dados, a vereadora e Presidente da Câmara Municipal, enfermeira Carla Redano (Patriotas) lidera as intenções de voto para a Prefeitura de Ariquemes (RO) com percentual de 28,79%. Na posição seguinte aparece  o vice – prefeito Lucas Follador (DEM) com 18,97%, e Tiziu Jidalias (Solidariedade), 14,31%. O ex-secretário estadual Gilvan Ramos (MDB) está com 2,83%, Clebes Dias (PT) está com 2,50%. Brancos e nulos somam 14,31% e o número de indecisos é de 18,30%. 

DADOS DA PESQUISA: Pesquisa possui 95% de nível de confiança, realizada entre os dias 8 e 9 de outubro de 2020 com 601 eleitores. Registrada no TRE-RO com o número RO-07536/2020, é assinada pelo estatístico Pablo Vieira Dias (Conre 10479). A margem de erro é de 4%. Metodologia de pesquisa: É aplicada a metodologia de pesquisa quantitativa do tipo Survey, que se constitui em entrevistas pessoais realizadas em Ariquemes – RO, executadas através de questionário estruturado e questões para respostas espontâneas e estimuladas.

Foi aplicada a amostragem aleatória representativa da população eleitora (cidadão) residente no Município de Ariquemes – RO com idade acima dos 16 anos, de ambos os sexos, com vários níveis de instrução e de rendimentos, que estão aptas a votar nas próximas eleições municipais. A amostra é proporcional às estatísticas demográficas municipais com base nas áreas geográficas intra – municipais.

Fonte: BRASIL DADOS

Carla Redano lidera intenções de voto em Ariquemes

Pesquisa mostra Carla Redano 15,3 pontos percentuais à frente de Lucas Follador (DEM)

Pesquisa de opinião pública aponta que Carla Redano (Patriota) lidera a corrida pela prefeitura de Ariquemes (RO) nas eleições 2020. Ela tem 40,1% das intenções de votos, seguida por Lucas Follador (DEM), com 24,8%, o ex-deputado Tiziu Jidalias (Solidariedade), aparece com 16,4%, seguido por Gilvan Ramos (MDB), com 7,7% e Clebes Dias, do PT com apenas 4,7%.

A pesquisa registrada no TER/RO sob o nº 02492/2020, mostra ainda que o IVD se refere ao somatório dos votos sem levar em conta os indecisos que é de 29,20%. Cerca de 4,39% dos eleitores disseram que irão votar em outros candidatos a prefeito.

O levantamento foi realizado a partir de 387 entrevistas em 14 bairros e setores do município entre os dias 27 a 29 de setembro. A margem é de 2,83% pontos percentuais, nível de confiança 96%.

DADOS DA PESQUISA:

AMOSTRA (387) PERÍODO 27 a 29/09/2020

MARGEM DE ERRO: + OU – 2,83% NIVEL DE CONFIANÇA 96%

ABRANGÊNCIA DE (14) BAIRROS E SETORES

ESTATISTICO RESPONSÁVEL AUGUSTO SILVA ROCHA Nº 7.655-A

CONTRATANTE. JORNAL CORREIO CONTINENTAL – REGISTRO NO TER Nº RO-02492/2020

da Redação/CN | com informações do Correio Continental

Candidata a prefeita de Ariquemes Carla Redano, renunciou ao fundo Eleitoral partidário

Sem coligação partidária, Carla disse ainda que a independência possibilitará a escolha técnica de seus Secretários.

A candidata a prefeita em Ariquemes, Carla Redano, e seu candidato a vice, Sargento Gabriel, ambos do partido PATRIOTA, anunciaram na noite desta terça-feira (29), durante uma live de lançamento oficial da campanha,  a renúncia integral e irremediável do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) , direito dos candidatos que podem optar por recursos  destinados aos seus respectivos partidos para as Eleições 2.020.

Durante a Transmissão, o candidato a Vice, Sargento Gabriel, afirmou que a medida faz parte de um compromisso com o recurso público, uma das características a serem implantadas num futuro mandato. “Estamos abrindo mão porque nós sentimos que esse momento que estamos vivendo agora, um momento de pandemia, não é o momento propício para estarmos fazendo esse tipo de ação.” (sic).

Após a live, a candidata e atual presidente da Câmara Municipal de Ariquemes, ainda divulgou um vídeo curto onde apresenta do documento assinado que oficializa a dispensa do recurso, “Estamos aqui para mostrar para vocês que acabamos de assinar um documento renunciando ao fundo eleitoral partidário.” Enfatizou.

Ainda na live, a candidata ressaltou sua candidatura independente, ou seja, sem coligações partidárias, o que possibilitará a escolha técnica de sua equipe de secretários, caso ganhe as eleições. “Outra coisa que nós queremos deixar claro é que nós não temos nenhum compromisso partidário, nós somos do PATRIOTA, então nós não demos para partido nenhum, nenhuma secretaria.

Então, se tudo der certo, se chegarmos até lá, nós teremos uma prefeitura totalmente livre para escolher conforme acharmos melhor, com pessoas competentes que farão um bom trabalho para a cidade.” Concluiu.

Por: Mateus Andrade

Carla Redano explica lançamento de candidatura própria em Ariquemes

Situação foi inadiável após traição de outra coligação partidária

A agora candidata a prefeitura de Ariquemes, Carla Redano (Patriotas) realizou uma “live” pelas redes sociais onde explicou os motivos que a levaram a sair candidata em chapa “puro sangue” para concorrer a prefeitura de Ariquemes.

Carla explicou que seria candidata a vice-prefeita em uma chapa composta pelos partidos Solidariedade, encabeçada pelo Tiziu Jidalias juntamente com o Republicanos e Patriotas.

No entanto, prosseguiu a candidata, ao realizar a convenção partidária do Solidariedade houve uma traição aos 45 minutos do segundo tempo, acarretando no rompimento do acordo firmado e substituindo o nome de Carla por outro do mesmo partido do Tiziu Jidalias.

Com esta situação da traição da coligação confirmada, não houve outra alternativa senão entrar com recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) utilizando de um recurso contido no Regimento Interno do Patriotas onde recomenda a não coligação com partidos tidos como de esquerda.

“Desta forma foi possível o registro de minha candidatura, sem coligações, onde agora contamos com o sargento Gabriel como nosso candidato a vice-prefeito” destacou Carla Redano.

Carla enfatizou que a candidatura independente, sem coligações partidárias, possibilitará a escolha técnica de sua equipe de secretários, caso esta seja a vontade popular e vença as eleições.

“Nós não temos nenhum compromisso partidário, nós somos do PATRIOTA, então nós não daremos para partido nenhum, nenhuma secretaria. Então, se tudo ser certo, se chegarmos até lá, nós teremos uma prefeitura totalmente livre para escolher dentro da qualificação técnica de cada um para compor nosso quadro de secretários” concluiu Carla Redano.

Renúncia

A chapa Carla Redano-Sargento Gabriel renunciaram de forma e irremediável ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), direito dos candidatos que podem optar por recursos destinados aos seus respectivos partidos para as Eleições 2020.

Segundo os candidatos esta medida faz parte de um compromisso com o recurso público, uma das características a serem implantadas num futuro mandato. Carla mostrou no vídeo o documento assinado e pronto para entrega no partido onde oficializa a renúncia ao fundo. “Estamos aqui para mostrar para vocês que acabamos de assinar um documento abrindo mão do fundo eleitoral partidário”.

Fonte: Assessoria