Japão declara abertos os Jogos Olímpicos de Tóquio

Após um ano de atraso, cerimônia de abertura aconteceu sem público

Após adiamento de um ano, a cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio aconteceu nesta sexta-feira (23) no Estádio Olímpico de Tóquio, na capital japonesa. Na abertura da 32ª edição dos Jogos Olímpicos, a tenista japonesa Naomi Osaka foi a responsável por acender a Pira Olímpica portando a Tocha Olímpica.

A presidente do Comitê Organizador de Tóquio 2020, Seiko Hashimoto, foi a primeira a discursar no evento.

A tenista japonesa, Naomi Osaka acendeu a Pira Olímpica em clima de emoção.
A tenista japonesa, Naomi Osaka, acendeu a Pira Olímpica em clima de emoção.

“Seguindo os desafios, a primeira vez que uma Olimpíada foi adiada na história, os Jogos de Tóquio 2020 finalmente começam hoje. As esperanças se conectaram uma a uma através de muitas mãos, de muitas pessoas, e agora estamos na posição de dar boas vindas para esse dia. Todo mundo sofreu e enfrentou enormes desafios por causa da covid-19. (…) Depois de meio século os Jogos Olímpicos voltaram para Tóquio, agora vamos fazer de tudo para que esses Jogos se tornem uma fonte de orgulho para as gerações futuras”.

Depois foi a vez do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach passar a sua mensagem.

“Hoje é um momento de esperança, muito diferente do que todos nós imaginávamos. Mas vamos valorizar este momento porque finalmente estamos todos aqui juntos, com os atletas de 205 Comitês Olímpicos Nacionais e a Equipe Olímpica de Refugiados, vivendo sob o mesmo teto juntos na Vila Olímpica. Este é o poder de unificar que o esporte tem. É a mensagem de solidariedade, a mensagem de paz e de resiliência. Isso dá a todos nós esperança para nossa jornada futura juntos. Nós só podemos estar juntos por causa de vocês, povo japonês.”

Logo após os discursos, o imperador Naruhito, autoridade máxima do país, declarou oficialmente aberto os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Posteriormente, a bandeira olímpica foi hasteada ao lado da bandeira japonesa. Na sequência, tivemos o revezamento da Tocha Olímpica no estádio, que terminou nas mãos de Naomi Osaka.

Outros momentos da cerimônia

No início da cerimônia, a bandeira japonesa hasteada. Em seguida tivemos a apresentação dos aros olímpicos iluminados por lanternas, importantes símbolos da cultura do país anfitrião.

A cultura e tradição japonesas também ficaram evidentes na cerimônia, com dançarinos vestidos em homenagem aos bombeiros voluntários japoneses, uma tradição secular no Japão.

Conforme a tradição, a Grécia foi a primeira delegação a desfilar no evento. Na sequência, tivemos o Time Olímpico de Refugiados, formado por pessoas que não podem competir pelo país de origem.

Logo depois, foi respeitada a ordem alfabética de acordo com o alfabeto japonês katakana e a grafia na língua do país. As exceções ficaram por conta das três últimas equipes a entrarem: Estados Unidos, França e Japão – que fecharam a parada das nações. A delegação brasileira foi a 151ª a se apresentar.

Dos 302 competidores brasileiros classificados para os Jogos, apenas quatro (número mínimo exigidos pelo COI) desfilaram, medida tomada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) visando a prevenção do contágio de covid-19. O jogador de voleibol Bruninho e a judoca Ketleyn Quadros foram os porta-bandeiras do Time Brasil.

Proibidos de competirem com a bandeira e o nome do país (nem o hino russo pôde ser executado) devido a punições por parte da Agência Mundial Antidopagem (WADA) e da Corte Arbitral do Esporte (CAS), os atletas russos desfilaram representando o Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em inglês).

Após o desfile, foi a vez do juramento dos atletas, que acontece desde os Jogos Olímpicos de Antuérpia (1920, na Bélgica), prometendo competir de maneira limpa e justa.

A cerimônia prosseguiu com uma atuação de artistas celebrando a diversidade e a inclusão nos Jogos Olímpicos. Além disso, drones formaram o símbolo da Olimpíada de Tóquio e um globo terrestre, acompanhada da trilha sonora Imagine, do cantor e compositor britânico John Lenon.

Boa parte da trilha sonora da cerimônia foi composta por músicas de jogos de videogame que ficaram marcados na história, como Final Fantasy, Monster Hunter, Dragon Quest, Sonic the Hedgehog e Chrono Trigger.

Homenagem às vítimas da covid-19

A abertura da 32ª edição dos Jogos Olímpicos ficou marcada pela ausência de público devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Esta foi a primeira vez na história que a abertura oficial aconteceu sem a presença de espectadores.

Com um minuto de silêncio, a festividade aproveitou para homenagear as vítimas em todo o mundo acometidas pelo vírus. Além disso, tivemos a apresentação de atletas se exercitando de forma isolada, representando a dificuldade dos competidores de treinar em meio à pandemia. Umas das destaques deste momento, foi a boxeadora japonesa Arisa Tsubata, que não conseguiu se classificar para os Jogos porque as seletivas foram canceladas.

Fonte: Agência Brasil

Governo “joga dentro das quatro linhas” da Constituição, diz Bolsonaro

Presidente participava de cerimônia do Ministério da Defesa

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (10) que o governo “joga dentro das quatro linhas” da Constituição Federal.

“Temos um governo que joga estritamente dentro das quatro linhas da nossa Constituição. Isso é sinal de paz, harmonia e progresso para todos”, afirmou Bolsonaro durante cerimônia de comemoração aos 22 anos do Ministério da Defesa.

Na ocasião, houve a entrega de medalhas da Ordem do Mérito da Defesa a ministros, parlamentares e outras autoridades.

Imposição política

Durante o discurso, Bolsonaro lembrou a concepção da pasta, em 1999, com a aprovação de uma proposta de emenda à Constituição. De acordo com o presidente, que disse ter votado contra a criação do Ministério da Defesa, a iniciativa se deu muito mais por imposição política do que por “necessidade militar”.

“Ela veio muito mais por uma imposição política do que uma necessidade militar, mas, mesmo assim, ela foi aprovada sem muita discussão”, afirmou.

Bolsonaro criticou a presença de civis no comando da pasta, ocorrida em outros governos, ao afirmar que “filiações político-partidárias ocuparam a frente do ministério da Defesa”.

O presidente lembrou que o retorno dos militares ao comando da Defesa teve início com o governo do então presidente Michel Temer, que foi responsável por colocar à frente do ministério o general Silva e Luna.

“E, realmente, esse amadurecimento começou a se acelerar. Chegou o nosso governo, coloquei o general Fernando Azevedo e, agora, o general Braga Netto à frente da Defesa”, disse.

Defesa da nação

O ministro da Defesa, Braga Netto, disse que, ao longo da existência da pasta, o ministério presenciou alterações no cenário internacional e no “entorno estratégico” do país.

“A defesa da nação exige o estabelecimento de políticas, estratégias, projetos, planos e ações alinhadas e integradas que permitam garantir a presença e a dissuasão para se contrapor à cobiça externa”, discursou.

Braga Netto disse ainda que a pandemia de covid-19 exige união de esforços, e não “cizânias”.

“A Defesa e as Forças Armadas estão coesas e disciplinadas na preservação dos mais caros valores nacionais, no propósito de atuarem como vetores de estabilidade institucional, para garantir a soberania e a manutenção da paz e da liberdade da população brasileira”, disse o ministro.

Também estiveram presentes na cerimônia os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), além de ministros de Estado.

Fonte: Lílian Beraldo A/B

Hildon Chaves prestigia inauguração da Ponte do Abunã em RO

Para o prefeito, a Ponte torna logística de transporte mais eficaz e garante que assumirá o compromisso para iluminação da ponte.

Inauguração contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro
Inauguração contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro

O prefeito Hildon Chaves disse, na sexta-feira (7), que a inauguração da Ponte do Abunã, no distrito de Abunã, representa muito para Porto Velho e destacou a eficácia da logística e o fortalecimento do setor agrícola como fatores importantes que decorrem da entrega da obra. Ele participou da cerimônia, juntamente com o vice-prefeito Maurício Carvalho.

“A ponte sobre o rio Madeira provoca uma grande transformação na região, pois atende a uma demanda histórica de Rondônia e Acre, ao mesmo tempo em que promove a integração destes dois estados”, afirmou.

Questionado por jornalistas sobre a iluminação da ponte, o prefeito disse que este serviço não constava no projeto, mas garantiu que Prefeitura de Porto Velho assumirá o compromisso. “Será um grande desafio que vamos enfrentar”, afirmou, lembrando que trata-se de trabalho de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

“Já iluminamos a ponte sobre o rio Madeira, o viaduto da Três e Meio e o viaduto da Avenida Campos Sales, faremos mais esta também. Mas teremos muito trabalho. A concessionária de energia precisa providenciar a rede e o DNIT precisa autorizar”, revelou.

Hildon Chaves elogiou a iniciativa do presidente da República Jair Bolsonaro em concluir a obra que estava paralisada.
O vice-prefeito Maurício Carvalho disse que pela ponte será feito o escoamento da produção agrícola da região e que isto é um fator positivo para a economia do município. “Serão beneficiadas a população de Rondônia e a do estado do Acre também. Todos ganham com esta obra”, afirmou.

A ponte está distante a mais de 200 quilômetros de Porto Velho e 295 quilômetros de Rio Branco, capital do Acre. Tem 1.517 metros de extensão.

Até agora, ligação com o estado do Acre era feita através de balsas, cujo valor variava dependendo do tipo de veículo embarcado.

A previsão inicial é de que transitarão pela ponte cerca de 2 mil veículos diariamente.

Fonte; Comdecom

Ao Vivo: Bolsonaro inaugura Ponte do Abunã sobre Rio Madeira em Rondônia

Com 1.517 metros de extensão, a Ponte do Abunã é a segunda maior em água doce do Brasil. A obra começou em 2014, mas teve diversas paralisações. O investimento total foi de R$ 148 milhões.

  • Acompanhe agora ao Vivo:

A Ponte sobre o rio Madeira foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (7) no distrito de Abunã em Porto Velho. Dezenas de moradores acompanharam a cerimônia.

A cerimônia, que contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, o Governador Marcos Rocha e reuniu centenas de pessoas.

A obra é uma das maiores já erguidas pela engenharia na Amazônia. São 1,5 km de extensão e mais de 14 metros de largura. A ponte possui duas pistas de rolagem, acostamento em ambos os lados e passarela para pedestres.

Centenas de pessoas começam a se aglomerar na inauguração da Ponte do Abunã, em Rondônia
Inauguração da Ponte Sobre o Rio Madeira Em RO

Centenas de pessoas começaram a chegar no local da cerimônia de inauguração da Ponte do Abunã, em Rondônia. Muitas não estão respeitando o distanciamento social e causando aglomeração.

A cerimônia estava prevista para iniciar 11h30 (de Brasília).

Após sete anos de espera, as obras da Ponte foram concluídas no distrito de Abunã, em Porto Velho. A ponte vai facilitar o acesso ao estado do Acre, que em 2014, ficou isolado depois que a cheia do rio Madeira alagou boa parte da BR-364.

Fonte: Assessoria

Digital Day: BB e Sebrae fazem parceria para levar wifi a mil cidades

Ação é parte do programa Wi-Fi Brasil do Ministério das Comunicações

O Banco do Brasil, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Ministério das Comunicações assinaram hoje (5), em comemoração ao Digital Day, um protocolo de intenções para levar internet móvel para mil cidades que ainda não possuem infraestrutura adequada de sinal. A cerimônia foi realizada no Palácio do Planalto, em Brasília.

A iniciativa, chamada de Wi-Fi Brasil, é coordenada pelo Ministério das Comunicações em conjunto com a Telebras. “O governo federal está indo onde ninguém vai. O Marechal Rondon, há 100 anos, tentou conectar a Região Norte com o Brasil. Ainda temos hoje o maior deserto digital lá. Já levamos mais de 14 mil pontos de internet ao longo do Brasil. Temos mais de 10 mil escolas rurais conectadas com o WiFi Brasil”, afirmou o ministro Fábio Faria.

“Com este programa, estamos cuidando com muito carinho dos brasileiros, para que tenham acesso adequado à internet. Este é um verdadeiro trabalho de cidadania”, afirmou Fausto Ribeiro, presidente do Banco do Brasil e cossignatário da iniciativa.

Segundo dados do ministério, mil cidades receberão cerca de 14 mil novos pontos de conexão sem fio. A iniciativa será complementada pelo leilão do 5G, que trará termos de comprometimento com a expansão da conectividade 4G para o interior do Brasil. Essa expansão será custeada pelas empresas que arrematarem as novas frequências.

Tecnologia 5G

Durante o evento, o presidente Jair Bolsonaro acionou simbolicamente a ligação do primeiro ponto de 5G standalone (aquele que funciona nas frequências totalmente dedicadas ao 5G) público do Brasil, no Palácio do Planalto.

O ministro Fábio Faria informou durante o evento que o ministério planeja inaugurar 20 pontos de 5G standalone pelo Brasil, mas as localidades que receberão o serviço ainda não foram reveladas.

Logo após a cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente seguiu para o Congresso Nacional onde participou da abertura da exposição do Digital Day, no Salão Negro da Câmara dos Deputados.

O Ministério das Comunicações criou o Digital Day para mostrar as aplicações do 5G, como na telemedicina, na realidade virtual, na automação mecânica e na inteligência artificial. A exposição do Digital Day é aberta ao público e vai de hoje (5) até sexta-feira (7), no Congresso Nacional.

Confira a cerimônia no Palácio do Planalto:

Fonte: Kelly Oliveira A/B

Bolsonaro inaugura centro de treinamento em atletismo no Paraná

Participam da cerimônia os medalhistas Maurren Maggi e André Domingos

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (4) da inauguração do Centro Nacional de Treinamento de Atletismo, em Cascavel, no Paraná. A cerimônia contou a presença de diversas autoridades e dos medalhistas olímpicos de atletismo, Maurren Maggi e André Domingos.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, contou que o investimento na obra foi de R$ 15 milhões do governo federal e R$ 6 milhões do governo paranaense. “Essa obra é extraordinária para ser, não apenas um lugar para treinamento de alto rendimento, mas, através do contraturno escolar, trazer as crianças, garimpar novos talentos e, principalmente, trazer a coisa bonita do esporte, respeito, patriotismo, seriedade, trabalho em equipe, esforço, sacrifício, cai, levante. Ou seja, não é apenas o ensino e preparação do atletas, mas é a preparação para a vida”, disse Lorenzoni.

O complexo tem uma área de 7,95 mil m² e é composto por arquibancada, setor de treino, área de fisioterapia, alojamento, guarita, estacionamento, estrutura para treino em grama, campo, pista de cooper, quadra e pista de atletismo completa.

De acordo com o Ministério da Cidadania, com essa inauguração, Cascavel passa a contar com dois equipamentos esportivos financiados pelo governo federal. Além do centro de atletismo, foi realizada a implementação e modernização do Complexo Esportivo do município, com R$ 1,7 milhão em recursos.

No início da tarde desta quinta-feira, o presidente Bolsonaro também participa da cerimônia de entrega de veículos para programa de mobilidade do Sistema Único de Assistência Social. O evento acontece em Florianópolis, em Santa Catarina.

Fonte: Valéria Aguiar A/B

Bolsonaro participa de liberação do tráfego na ponte sobre o Rio São Francisco

Ponte liga município de Propriá (SE) a Porto Real do Colégio (AL)

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (28) da cerimônia de liberação do tráfego na ponte sobre o Rio São Francisco, na BR-101, entre Alagoas e Sergipe. O evento aconteceu em Propriá (SE) com a presença de ministros e outras autoridades.

A estrutura, que liga a cidade sergipana à alagoana Porto Real do Colégio, foi liberada com a conclusão das obras de duplicação em concreto e o encabeçamento da ponte, iniciadas em 2019. Com investimento de R$ 126 milhões, a ponte tem 860 metros de extensão e 24 metros de largura.

“Com as obras executadas será possível transferir o movimento de carros da estrutura antiga – que também recebeu serviços de revitalização e funcionará como via marginal – para a nova ponte, de pista dupla. Ela é o único meio de transposição rodoviária pelo rio para motoristas que transitam pela BR-101”, informou o Ministério da Infraestrutura.

Assista na TV Brasil:

Fonte: Agência Brasil

Governo de Rondônia empossa novo procurador-geral do Estado

O novo procurador faz parte do quadro da PGE desde 2014.

O  Governo do Estado de Rondônia, empossou nesta quarta-feira (6) o novo procurador-geral do Estado (PGE), Maxwel Mota de Andrade. A cerimônia de posse foi no auditório Jerônimo Santana-Edifício rio Pacaás Novos. O novo procurador faz parte do quadro da PGE desde 2014 e já exerceu suas funções na Procuradoria Administrativa junto à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e na Casa Civil.

Com a missão de estar à frente da Procuradoria Geral do Estado, órgão responsável pela representação judicial e extrajudicial da Administração Direta e Indireta de Rondônia, Maxwel firmou o compromisso de trabalhar com seriedade e com foco na evolução, dando o máximo de qualidade aos serviços desempenhados.

‘‘Estou muito otimista em dar continuidade ao trabalho que será desenvolvido, para que a gente possa evoluir, e a cada dia mais entregar um trabalho de excelência à população, pois quando a Procuradoria atua em nome do Estado de Rondônia, defendendo os interesses públicos, está atuando também nos interesses da sociedade’’, afirma o novo procurador-geral, que ainda agradeceu o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, pela confiança depositada ao lhe atribuir essa importante missão.

O secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, que representou o governador de Rondônia durante a solenidade, destacou a importância da PGE para o Estado de Rondônia e parabenizou o novo procurador pela missão.

‘‘Acredito que o governador fez uma ótima escolha e eu desejo em nome do governador que tenha sabedoria e possa fazer a diferença nesse Estado, pois nenhuma autoridade não é constituída se não for por Deus. Que as suas decisões sejam pautadas na sabedoria que vem do Alto. Me sinto muito orgulhoso de vê-lo nessa função’’, disse.

Júnior Gonçalves ressaltou ainda que a segurança jurídica dada pela Procuradoria é essencial para que o Estado continue avançando e reconheceu o bom trabalho que tem sido realizado. ‘‘Agradeço ao procurador Juraci Jorge pela postura ética, responsável, madura, e por isso deixa um legado para o Estado de Rondônia’’, avaliou Júnior Gonçalves.

‘‘Depois de sete anos e três meses estamos passando o cargo de procurador geral do Estado ao nosso colega Maxwel, e lembro da evolução que tivemos ao longo desse tempo sempre com o objetivo de defender o Estado. Quando assumi a Procuradoria foi com o compromisso de renovar, fazer com que a PGE tivesse estrutura mais aperfeiçoada como órgão de representação judicial e consultoria. Saio com a sensação de dever cumprido com a PGE e com o Estado de Rondônia’’, disse Juraci Jorge da Silva que deixou o cargo de procurador-geral do Estado.

A cerimônia de posse contou com a participação do deputado estadual Jair Montes, procuradores e do presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Rondônia (APER), Kherson Soares.

Fonte: Secom-RO

Prefeitura realiza cerimônia de posse dos secretários municipais do 2° mandato

Veja abaixo todos os nomes já anunciados às secretarias.

O prefeito Hildon Chaves (PSDB) empossou nesta quarta-feira (6) os secretários municipais de Porto Velho da gestão 2021-2024. A cerimônia de posse foi no Prédio do Relógio, sede da prefeitura da capital. O vice-prefeito Maurício Carvalho também esteve no evento.

Entre os nomes empossados nesta quarta-feira estão Mauro Ronaldo Flôres Corrêa, que assume a secretaria municipal de Trânsito, em substituição ao antigo secretário era Nilton Kisner.

Eliana Pasini vai continuar gerindo a Secretária da Saúde (Semusa). Já Wellen Antônio Prestes Campos ficará na Secretaria Serviços Básicos. Claudinaldo Leão da Rocha será o secretário de Assistência Social e da Família, enquanto Gláucia Lopes Negreiros comandará a Secretaria de Educação (Semed).

O prefeito também deu posse a João Altair Caetano dos Santos, secretário municipal de Fazenda, e a Ivonete Gomes da Silva Costa, da secretaria de Esportes e Lazer.

Vinícius Valentin Raduan Miguel, que havia sido anunciado na semana passada como superintendente de Integração e Desenvolvimento Distrital, não participou da posse. Isso porque ele espera uma liberação da Universidade Federal de Rondônia (Unir), onde tem cargo de professor. Só depois disso é que Vinícius poderá assumir o cargo na prefeitura de Porto Velho.

Abaixo, veja como vai ficar o alto escalão da gestão municipal a partir de agora:

Veja todos os nomes já anunciados às secretarias

NomeCargo/autarquia
Alexey da Cunha OliveiraSecretário da Semad
Ana Cláudia GeraldesSecretária adjunta da Semad
Luiz Guilherme ErseSecretário da Sempog
Eliana PasiniSecretária da Semusa
Marilene Aparecida da CruzSecretária adjunta Semusa
José Luiz Storer JúniorProcurador geral
Wellen Antônio PrestesSecretário da Semusb
Diego Andrade LageSecretário da Semob
Diego Muniz Miranda de LucenaSecretário adjunto Semob
Edemir Monteiro Brasil NetoSecretário da Semur
Gustavo Nobre de AzevedoSecretário adjunto Semur
Claudinaldo Leão da RochaSecretário da Semasf
Gláucia Lopes NegreirosSecretária da Semed
João Altair Caetano dos SantosSecretário da Fazenda municipal
Patrícia do Nascimento CruzControladoria Geral de Porto Velho
Basílio Leandro Pereira de OliveiraSecretário Geral do Governo – CGG
Devonildo de Jesus SantanaSecretário adjunto CGG
Ivonete GomesSecretária da Semes
Edilson Pacheco PinheiroSecretário adjunto Semes
Mauro Ronaldo Flôres CorreaSecretário da Semtran
Victor de Oliveira SouzaSecretário adjunto da Semtran
Rosineide KempimSecretária da Semesc
Valéria Jovânia da SilvaSuperintendente da Gestão de Gastos Públicos
Guilherme Marcel GaiottoSuperintendente Municipal de Licitações
Saulo Roberto do NascimentoSuperintendente da Tecnologia da Informação
Vinícius MiguelSuperintendente de Integração e Desenvolvimento Distrital
Luiz Cláudio Pereira AlvesSecretário da Agricultura
Álvaro Luiz Mendonça de OliveiraSecretário da SEMA
Glayce Annes Barros de Souza BezerraSecretária da Semdestur
Ivan Furtado de OliveiraDiretor presidente do IPAM
Edemilson Lemos de OliveiraDiretor da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município

As nomeações dos secretários já foram publicadas em Diário Oficial.

Fonte: Prefeitura de Porto Velho

5ª edição do Concurso Concafé será virtual em Cacoal

A transmissão acontecerá no dia 6 de novembro, através de uma live ao vivo pelos canais oficiais da Seagri.

5º Concafé será transmitido ao vivo

A cerimônia de premiação da 5ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), maior concurso de café robusta do Brasil, ocorrerá no dia 6 de novembro, em Cacoal. Em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o 5º Concafé será transmitido através de uma live ao vivo pelos canais oficiais da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), das 10h às 12h. A cerimônia também será retransmitida no canal oficial do Governo do Estado, secretarias estaduais e todos os parceiros do evento.

O evento contará com a presença do governador do Estado, coronel Marcos Rocha, secretário da Seagri, Evandro Padovani e patrocinadores, e poderá também contar com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. A vinda dela já está na pré-agenda, mas a confirmação se dará nos próximos dias.

Nesta edição do Concafé, 103 amostras foram classificadas como cafés especiais, com mais de 80 pontos, resultado histórico para Rondônia.

Será uma live técnica para divulgar os resultados das premiações, mas ao mesmo tempo descontraída, com atração musical, vídeos contando a história de produção dos cafeicultores, entre outros. Parte da live já foi gravada com a participação dos produtores (protagonistas do evento), e patrocinadores. No decorrer do evento, serão disponibilizadas ferramentas para os cafeicultores participarem ao vivo e mandarem recados.

“O objetivo principal da live é deixar o produtor como protagonista. Estamos preparando esse evento com muito carinho para poder valorizar o trabalho que os cafeicultores fizeram no decorrer do ano de 2020. Agora será o momento final, de entrega dos prêmios”, relatou o secretário da Seagri, Evandro Padovani.

O Concafé é a maior premiação que existe no Brasil para concurso de qualidade de café. Nesta 5º edição, os cafeicultores estão concorrendo a R$ 289 mil em prêmios nas categorias “Qualidade de Bebida” e “Sustentabilidade”, a maior premiação da história do concurso. O ganhador da categoria “Qualidade de Bebida” será contemplado com um trator cafeeiro, no valor de R$ 136 mil. Para o 2º lugar R$ 30 mil em dinheiro e crédito; 3º lugar R$ 15 mil em crédito e 4º lugar: R$ 10 mil em crédito e uma secadora de café, no valor de R$ 98 mil para o cafeicultor ganhador da categoria “Sustentabilidade”.

A cafeicultura de Rondônia ainda é considerada jovem comparada com a agricultura nacional, mas nos últimos anos a cultura avançou e tem colocado o Estado no topo nacional, como um dos maiores produtores de café do país. Conforme informou Janderson, o Concafé é um dos responsáveis por este avanço, pois visa valorizar o trabalho dos produtores de café, além de mostrar o potencial da cafeicultura do Estado.

Fonte: Seagri