Servidores da saúde participam de curso EAD sobre doenças respiratórias em RO

Curso tem ampla abertura para a todas as equipes de profissionais que estão diretamente na linha de frente na batalha do novo coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), através do Centro de Educação Técnico Profissional na Área de Saúde (Cetas), em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), realizará na próxima quarta-feira (15) o lançamento nacional de cursos de educação à distancia (EAD), para as escolas de saúde pública no Brasil. Rondônia está incluso entre os 19 estados que irão participar.

A abertura acontece no dia 15 julho, às 14:30 (horário de Brasília). O curso em EAD será sobre Doenças Ocasionadas por Vírus Respiratórios Emergentes, incluindo a Covid-19.

O curso terá a participação do presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula, da coordenadora do curso, Debora Oliveira, e da Organização Mundial de Saúde (OMS), Socorro Gross. Com duração prevista de quatro horas de curso, os servidores poderão participar de qualquer lugar.

“Considerando esse momento em que estamos enfrentando uma pandemia, esse curso é fundamental para que elaborássemos estratégias para ofertas de conhecimento e qualificação de cuidados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com ampla abertura para a todas as equipes de profissionais que estão diretamente na linha de frente na batalha do novo coronavírus”, disse a gerente pedagógica do Cetas, Marcela Milrea Araújo Barros.

Todos os servidores interessados em saber descrever os princípios fundamentais dos vírus respiratórios emergentes e como responder efetivamente a um surto podem participar através do link disponibilizado: https://www.campusvirtualsp.org/pt-br/curso/virus-respiratorios-emergentes-incluindo-o-covid-19

Fonte: Sesau

Profissionais da saúde que atuam no combate à Covid já contam com apoio psicológico em RO

Atendimentos estão sendo oferecidos pelo Call Center em Saúde Mental e vem sendo ofertado desde o começo do enfrentamento.

Os profissionais de saúde, que estão na linha de frente no combate à Covid -19, podem contar com o suporte psicológico “Rondônia cuidando da saúde de quem cuida”, ofertado pelo Centro de Educação Técnico-Profissional na Área de Saúde (Cetas), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde de Rondônia (Sesau). O trabalho vem sendo desenvolvido desde maio e os atendimentos estão sendo oferecidos pelo Call Center em Saúde Mental de Rondônia (CCSM-RO).

Os atendimentos são realizados por demanda espontânea, indicação das unidades de saúde ou pelo Call Center, através de escuta terapêutica, direcionada para profissionais que precisarem de acolhimento em situação de crise, que esteja causando sofrimento e prejudicando suas atividades diárias. Os atendimentos acontecerão até permanecer os riscos causados pelo coronavírus.

Coronavírus: Goiás terá call center de psicólogos para atender ...
Call Center em Saúde Mental

O serviço é para todos os servidores que estão atuando na linha de frente e quiserem ser atendidos por um psicólogo, podendo ligar através dos números: 0800 642 5398 ou 3901-8504 (clica no dígito 1 e insira acesso 0707 quando solicitado). O serviço de escuta acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h e de 13h às 19h. “A escuta terá duração de 20 a 50 minutos pelo profissional psicólogo, o qual fará o acolhimento do servidor em sofrimento e triagem deste para os outros serviços de atendimento, caso avalie necessidade de continuidade”, explica a coordenadora da Psicologia do Programa de Residencia Multiprofissional em Urgência e Emergência, Joelma Sampaio do Nascimento

A psicóloga Joelma esclarece que, semanalmente, o profissional que faz a escuta emitirá relatório estatístico contendo os dados pessoais da pessoa atendida, as unidades de saúde em que o profissional atua e as queixas que desencadearam a busca ao Call Center em Saúde Mental, onde depois são organizadas em categorias, para reavaliação do diagnóstico organizacional.

O psicólogo residente Renan Enes, que é o idealizador do projeto, explica que, caso for constatado que a pessoa atendida necessite dar continuidade ao atendimento, será avaliada por psicólogos, que auxiliarão no autocuidado e no fortalecimento das estratégias de enfrentamento para lidar tanto com o período de crise da Covid-19, quanto com as queixas apresentadas durante os atendimentos.

Até o momento foram atendidas 25 pessoas no atendimento individual e 20 pessoas interessadas nos atendimentos em grupos. Totalizando 45 atendimentos aos profissionais da saúde do estado de Rondônia.

PROJETO

O projeto conta com a parceria de instituições de ensino que oferecem o curso de psicologia. Os serviços de atendimento online disponíveis são: atendimento psicológico individual ou em grupo e grupos de meditação e relaxamento. Para conhecer mais sobre o projeto “Rondônia cuidando da saúde de quem cuida”, interessados podem visitar a página na rede social Instagram @cuidandodequemcuida.ro . 

Fonte: Cetas