Governo do Estado entrega trator para vencedor do 6º Concafé

O concurso foi realizado no ano passado em Outubro, a entrega aconteceu durante o lançamento do “Dia do Início da Colheita do Café.”

O cafeicultor Ronieli Hel de Novo Horizonte d’Oeste foi ganhou um trator no valor de mais de R$ 230 mil reais no 6º Concafé

A entrega da premiação do primeiro lugar para família Hel, ganhadora da 6ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), realizado outubro de 2021, aconteceu neste sábado (2), durante o lançamento do “Dia do Início da Colheita do Café” no Estado. A cerimônia foi realizada na propriedade da família, na linha 144 no quilômetro 16, lado norte, em Migrantinópolis, distrito do município de Novo Horizonte d’Oeste.

Segundo o coordenador de Desenvolvimento Agropecuário (CDAP) da Seagri, Janderson Dalazen, o Governo de Rondônia investe em tecnologias e incentivos aos produtores rurais para produzirem cafés de qualidade. “Hoje estamos lançando oficialmente o Dia do início da Colheita do Café, aproveito para falar aos produtores para realizarem a colheita somente quando os frutos estiverem maduros para terem mais qualidade e rendimento para a sua lavoura. O Governo de Rondônia, tem investido no programa “Plante Mais”, são 5,3 milhões de mudas que estão sendo entregues para os agricultores familiares de todo o Estado de Rondônia, incentivando a produção de café. Você produtor que tem interesse em cultivar café, procure a Emater, em qualquer um dos nossos municípios e pegue a orientação. O café é uma cultura muito rentável, que ajuda a valorizar o nosso produtor, uma cultura que está elevando o nome do Estado de Rondônia cada vez mais”, explicou.

Dalazen, pontua ainda que o Concafé é um concurso que tem dado evidência nos investimentos e incentivos do Governo de Rondônia aos cafeicultores. “O Concafé premia e incentiva os nossos produtores. Não é à toa que hoje, somos campeões nacionais. Em 2021 conquistamos o primeiro, segundo e terceiro lugar do melhor café robusto fermentado do Brasil, também daqui de Novo Horizonte d’Oeste. Isso mostra o potencial do café de Rondônia”, ponderou.

No total, 237 produtores de café Robusta Amazônico, de 30 cidades de Rondônia, participaram da 6ª edição do Concafé. Foram mais de 400 mil reais em premiação patrocinada.

O prêmio para o ganhador do primeiro lugar do 6º Concafé, foi um trator cafeeiro cabinado modelo R65, no valor de mais de R$ 230 mil.

Emocionado, o cafeicultor Ronieli Hel, disse que o momento é de muita alegria para toda a família. “Nunca na história de Rondônia aconteceram tantos incentivos e investimentos para os produtores rurais. Hoje é só alegria. Quero agradecer a pessoa que me inspirou e não deixou desanimarmos, Poliana Perrut, foi a primeira vencedora do Concafé em Novo Horizonte d’Oeste”, comentou.

Os irmãos Hel, lembram que cresceram dentro da lavoura de café. “Nosso pai, desde quando veio do Espírito Santo para cá, fez um viveiro muito grande de café de mudas seminal. Desde então fomos criados e crescemos trabalhando com café. Quem quer produzir café de qualidade, procura a Seagri e a Emater, o Governo de Rondônia tem incentivado”, finalizou os cafeicultores.

Presente ao evento o vice-governador de Rondônia, José Jodan, fez questão de destacar que o Governo de Rondônia tem investido no homem do campo. “A economia do nosso Estado gira entorno da agricultura. Nossos produtores precisam desse apoio. Por isso, o Governo do Estado tem investido em distribuição de mudas de café e cacau clonal, distribuição de calcário, entrega de equipamentos e fortalecimento da Emater e Seagri para que possam dar uma assistência diferenciada aos agricultores”, ressaltou.

De acordo com o gerente regional da Emater, Alexandre Venturoso, o lançamento oficial da colheita do café 2022, é um momento impar para os produtores. “É um momento que muitos esperam ansiosos, por esse motivo a Emater está sempre pronta para auxiliar o produtor no que for preciso, para terem uma colheita satisfatória”, frisou.

O superintendente Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Rondônia, José Valterlins, destacou que é gratificante ver diversas ações do Governo Federal sendo executadas em parceria com o Governo do Estado de Rondônia. “Vejo aqui diversos convênios que foram entregues, atendendo a população. São veículos, secadores de café e equipamentos”, lembrou.

A secretária regional da Casa Civil, na região da Zona da Mata, Eliene Siqueira, “Lia”, enfatiza que as ações do Governo de Rondônia têm acontecido em todos os setores. “Os investimentos acontecem em todas as áreas, nos quatro cantos do Estado de Rondônia. Investimentos que melhoram a qualidade de vida da população. E não poderia ser diferente na agricultura, o setor que é a mola propulsora da economia de Rondônia”, finalizou.

Estiveram presentes ao evento o prefeito de Novo Horizonte d’Oeste, Cleiton Adriane Cheregatto, vereadores, demais autoridades e produtores rurais da região.

Fonte: Secom

Governo lança edital para credenciar empresas interessadas em patrocinar prêmios do Concacau e Concafé deste ano em RO

Em 2022 será realizado o 2º Concacau; concurso que destaca as potencialidades da cultura no estado

Governo de Rondônia mantém ações visando incentivo à cafeicultura

Com a abertura dos editais, uma iniciativa da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), o Governo de Rondônia vai selecionar empresas interessadas em patrocinar os prêmios do 2º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau (Concacau) e do 7º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café (Concafé), programados para este ano 2022.

A organização das competições está sob a responsabilidade da Coordenadoria de Desenvolvimento Agropecuário (CDAP), da Seagri. “A iniciativa de abrir essas seleções públicas para grandes eventos distintos visa dar total transparência aos atos administrativos do Estado, a fim de que qualquer empresa possa participar”, declarou o secretário da Agricultura Evandro Padovani.

Nos editais estão elencados tanto os itens de obrigação nos ditames da eventual parceria de patrocínio quanto as contrapartidas concedidas em decorrência do apoio.

“Isto no sentido de contribuir com a premiação dos produtores e, em contrapartida, ter a oportunidade de promover sua marca ou associação nesses concursos importantíssimos de Rondônia”, afirmou Padovani.

PARA PARTICIPAR:

Tanto para o 2° Concacau e o 7º Concafé, os interessados em patrocionar deve entrar em contato com a coordenação do evento por meio dos e-mails concacaurondonia@gmail.com e concafe.rondonia@gmail.com, informando a disponibilidade, preencher o Documento de Credenciamento que está no “Anexo I” do edital, e anexar ao e-mail a ser enviado à coordenação.

Além disso, o interessado deverá assinar o Termo de Patrocínio (Modelo – Anexo II do edital) referente à cota de patrocínio que se inscreveu (conforme Modelo – Anexo I – Termo de Credenciamento) e enviar no mesmo e-mail.

Os inscritos têm até o dia 8 de abril de 2022 para manifestarem interesse. O resultado será divulgado no site da Seagri até o dia 12 de abril de 2022.

Fonte; Secom

Governo de Rondônia inicia programação da 6ª edição do Concafé

Nesta sexta-feira, 22, ocorrerá a cerimônia de premiação dos grandes campões do Concafé em 2021.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agrilcuta (Seagri), realiza a 6ª edição do Concafé nos dias 21 e 22, em Cacoal. O evento é público e gratuito, sendo realizado no Espaço Beira Rio, complexo construído às margens da RO-383, saída da cidade para Rolim de Moura.

O coordenador de Agricultura, Pecuária e Aquicultura da Seagri, Janderson Dalazen, destacou que o evento trará uma programação diferenciada, presencial, respeitando protocolos de segurança, mas, ao mesmo tempo, transmitida através de lives via canais oficias da pasta estadual, tanto no Facebook quanto no YouTube.

Na quinta-feira, 21, a programação será basicamente técnica, contando com seminários, palestras e oficinas direcionadas aos produtores e técnicos do setor cafeeiro, com atração musical a partir das 18h. “Na data inaugural do evento a ideia é levar informações sobre qualidade, sustentabilidade e boas práticas de produção de café”, anotou Dalazen.

Nesta sexta-feira, 22, ocorrerá a cerimônia de premiação dos grandes campões do Concafé em 2021. Paralelamente à programação condecorativa, esta edição terá a exposição de máquinas e implementos do time de patrocinadores do evento; mostras e comercialização de marcas de café artesanais de produtores da Agricultura Familiar de Rondônia e também exibição de produtos agroindústrias e artesanatos diversos. Além disso, a atração musical do dia 22 ocorrerá durante toda a programação do Concafé. “População pode vir ao local prestigiar e conhecer mais, sobre a cultura cafeeira do Estado de Rondônia”, concluiu o coordenador do setor.

Janderson Dalazen argumenta que em 2021, o Concafé chega à sexta edição conservando grande legado de melhorias e visibilidade sobre a qualidade do café de Rondônia, se  referindo aos produtos dispostos para a exposição e o grande público que prestigiará.

“Nós estamos evidenciando, abrindo as portas do mercado de Rondônia, mostrando os produtos que temos”, acrescentou. Enfatizando a visibilidade que os produtos de Rondônia, relacionados ao café, ganham, com o evento.

Em 2016, na primeira edição do concurso, 186 produtores de café se inscreveram, mas apenas 3 deles tiveram produção considerada especial, com performance acima dos 80 pontos. Já na edição de 2020, mais de 200 produtores participaram e “mais de cem produtos foram considerados cafés especiais”, revelou Dalazen destacando a evolução nos números, e atribuindo o avanço, ao aumento no número de produtores especiais.

Dalazen segue pontuando as vantagens que o Concafé proporciona para os agricultores rondonienses e em consequência para a economia estadual. “Isso mostra que os produtores de Rondônia estão acreditando na ideia, aprendendo a cultivar com qualidade e se consolidando como lideranças no filão. Os produtores também são premiados, considerados cultivadores dos melhore cafés do Brasil, em concursos internacionais”, finalizou.

Exemplo disso é a produtora Ediana Capich, de Novo Horizonte do Oeste, que em 2020 teve sua produção eleita como o “Melhor Café Robusta” na categoria “Fermentação Induzida”, no concurso da Semana Internacional do Café do “Coffee of The Year 2020”. Em 2020/21, ela obteve o título de terceiro melhor café do Brasil no concurso nacional da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC).

ENTRE OS MELHORES 

O secretário da Seagri, Evandro Padovani, frisou que o Governo do Estado, criou o evento para motivar os produtores; incentivá-los, premiá-los. “E não apenas para desenvolver a produtividade, mas principalmente a qualidade”. Ele conta que em 2021 serão distribuídos mais de R$ 400 mil em prêmios para os campeões. Lembrando que o concurso de qualidade do café robusta é o maior do Brasil tanto em participantes, ou seja, já estamos acima de 230 inscritos; quanto em valores de premiação”, disse Padovani, atribuindo a evolução, nos últimos anos em relação à qualidade do café rondoniense, justamente como resposta positiva do Concafé.

Concafé e ações do Governo do Rondônia reforçam o incentivo a cafeicultura no Estado

O gestor encerrou alegando que, em 2021, Rondônia também pinçará produtores para levar a premiações nacionais e internacionais a partir do Concafé. “Este ano não será diferente. Rondônia vai participar do concurso nacional, com várias amostras, e estamos torcendo para que seja destaque de novo. Estamos torcendo também para que nossos campeões rondonienses façam bonito, como têm feito nas últimas disputas. O Governo do Estado continua incentivando e já temos planejamento para a 7ª edição do evento”, finalizou.

PROGRAMAÇÃO

21 DE OUTUBRO

9h: – Abertura – TENDA CONCAFÉ
9:30h – Projeto Água Nossa de Cada Dia, alternativa para sustentabilidade na cafeicultura
Jorge Valdemir Murer, Secretaria Municipal de Agricultura de Cacoal
10:00h – Perspectivas de mercado para cafés especiais
Alex Morie, Barista, Cafeteria Existe Um Lugar
10:30h – Robustas Amazônicos – Cafés com Identificação Geográfica
Juan Travain, Presidente da Caferon
11h – Concafé – Cafés e histórias especiais
Maciel Lemos, Extensionista da Emater-RO
Poliana Perrut de Lima, Técnica ATeG Senar-RO
12h – Intervalo
14h – Rede Estadual de Avaliação de Clones de Cafés
Alexsandro Teixeira – Pesquisador da Embrapa Rondônia
14:30h – Manejo fitossanitário do cafeeiro
Matheus Vilhena Parenti – Desenvolvimento de Mercado Syngenta
15h – Pragas e doenças do café canéfora com foco na broca e cochonilha das rosetas
César José Fanton – Pesquisador do Incaper
16h – Boas práticas na produção de mudas de café canéfora
Abraão Carlos Verdin Filho – Pesquisador do Incaper
17h – Diagnóstico da produção de mudas do café em Rondônia
Câmara Setorial do Café de Rondônia e Idaron
18h – Atração cultural
Cuyabano e Douradense, Dupla sertaneja
20h – Encerramento

OFICINAS TÉCNICAS (QUIOSQUE DO CAFÉ)

9h – Oficina de torra do café
Thiago Nunes Emerich de Paula, Diretor de P&D – Atilla
10:30h – Oficina sobre métodos de preparo do café
Pedro Foster e João Foster, Baristas – Fuzz Cafés
14h – Oficina de classificação física do café
Jean Ramos dos Santos e Luiz Pereira de Barros, Classificadores de café – Idaron
15:30 – Oficina de torra do café
Thiago Nunes Emerich de Paula, Diretor de P&D – Atilla
17h – Demonstração de aplicação de defensivos agrícolas via drone
Matheus Vilhena Parenti – Desenvolvimento de Mercado Syngenta
17h – Oficina sobre métodos de preparo do café
Alex Morie, Barista, Cafeteria Existe Um Lugar

Observação: As vagas das oficinas serão limitadas. Inscrições ocorrerão por ordem de chegada no dia do evento, no espaço de credenciamento.

22 DE OUTUBRO

9h – Cerimônia de premiação do 6° Concafé Rondônia

Apresentação
Janderson Dalazen, Coordenador do Concafé

Animação
Jader, cantor e violeiro

13h – Encerramento

Outras atrações (Dias 21 e 22)

Exposição e venda de cafés robustas amazônicos
Feira de agroindústria e artesanatos
Assinatura de contratos do Programa Nacional de Crédito Fundiário – UTE/SEAGRI

Fonte: Seagri

Governo de Rondônia lança edital de credenciamento de empresas interessadas em patrocinar o 6º Concafé

Interessados têm até o dia 23 de maio para manifestarem disposição em patrocinar o 6º Concafé

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), lança novo edital de credenciamento de empresas interessadas em patrocinar o 6º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé). Os interessados têm até o dia 23 de maio de 2021 para manifestarem disposição em patrocinar o evento. O resultado será divulgado no site da Seagri até o dia 26 de maio de 2021.

O objetivo do Concafé é identificar, premiar e promover os cafés Robusta de qualidade e produzidos com sustentabilidade no Estado de Rondônia, com destaque para duas categorias: avaliação da qualidade de bebidas do café e na avaliação de sustentabilidade das propriedades produtoras.

O edital abre a possibilidade para que empresas patrocinem o evento, fomentando o setor e incentivando a agropecuária e, por conseguinte, a economia de Rondônia. “Nós abrimos a oportunidade para novas parcerias de patrocínio que serão fundamentais para a realização do maior concurso de cafés Robustas do país. O Concafé é responsável por incentivar o produtor a investir na sua lavoura e garantirá uma competição saudável, que vai servir para alavancar a produção de café em relação à qualidade sem negligenciar a questão da sustentabilidade”, explicou o secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani.

Para realizar o credenciamento, o interessado deve entrar em contato com a coordenação do evento por meio do e-mail: concafe.rondonia@gmail.com, informando que possui interesse em patrocinar o concurso, e anexar o documento “Anexo I – Documento de Credenciamento”, disponibilizado no edital. Além disso, o interessado deve assinar o Termo de Patrocínio (Modelo – Anexo II do edital) referente à cota de patrocínio que se inscreveu (conforme Modelo – Anexo I – Termo de Credenciamento do edital) e enviar ao mesmo e-mail.

Conforme consta no edital, serão aceitas como cotas de patrocínio valores em dinheiro ou prêmios (equipamentos, insumos, serviços, entre outros) que tenham relação direta com o fomento da atividade cafeeira. As cotas serão distribuídas do maior para o menor valor, conforme a ordem classificatória, não havendo limite mínimo para classificação. Os interessados devem indicar no documento de credenciamento o valor que pretendem patrocinar. As propostas de cotas de patrocínio serão avaliadas e julgadas pela comissão organizadora do 6º Concafé.

De acordo com a organização do evento, o cronograma de realização do concurso já está definido e será realizado de acordo com as seguintes datas: 24 de maio de 2021, início das inscrições; 6 de agosto de 2021, encerramento das  inscrições e 4 e 5 de novembro de 2021, cerimônia de premiação.

“As datas ainda podem ser alteradas pela comissão organizadora, caso for necessário. O local de realização da cerimônia de premiação será definido pela coordenação e divulgado por meio do site do Governo de Rondônia. A expectativa para este ano é bater recordes de premiações e participação. Estamos confiantes que será um grande sucesso o 6º Concafé”, informou o coordenador do concurso, Janderson Dalazen.

Fonte; Seagri

Inscrições do 5º Concurso do Concafé, se encerram nesta sexta-feira em RO

Rondônia é o 5° maior produtor de café do Brasil e deve produzir em torno de 2,3 milhões de sacas de 60 kg de café nesta 2020

As inscrições do 5º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), considerado o maior concurso de café robusta do Brasil, encerram nesta sexta-feira (21). O cafeicultor que ainda não fez a inscrição ou que não entregou as documentações necessárias, tem até o final do dia para entregar e concorrer aos prêmios do concurso que somam quase R$ 300 mil.

A ficha de inscrições e o conteúdo completo do regulamento do 5º Concafé estão disponíveis no site da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e também nos escritórios da Entidade de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) nos 52 municípios de Rondônia.

A abertura das inscrições iniciou no dia 27 de abril, foram quatro meses de divulgação e de oportunidade para o produtor participar. A cerimônia de premiação está prevista para acontecer em outubro de 2020, com local a ser definido pela organização.

De acordo com o coordenador do concurso, Janderson Dalazen, o Concafé visa valorizar o trabalho dos produtores de café, além de mostrar o potencial da cafeicultura do Estado, cultura que tem avançado e colocado Rondônia no topo nacional como um dos maiores produtores de café do país. “Hoje Rondônia é o 5° maior produtor de café do Brasil e deve produzir em torno de 2,3 milhões de sacas de 60 kg de café nesta 2020. Para o próximo ano, a produção poderá duplicar e o Concafé tem o intuito de incentivar os produtores a continuar com o cultivo do café no estado”, ressaltou.

O Concafé é uma realização do Governo do Estado de Rondônia, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Emater, Agência de Defesa Sanitária Agrossilvopastoril (Idaron), com apoio da Câmara Setorial do Café, Associação dos Cafeicultores da Região das Matas de Rondônia (Caferon), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Carreta de Prêmios

A carreta de prêmios do Concafé percorreu 16 municípios em cinco dias de divulgação

Com o objetivo de divulgar e demonstrar a magnitude do 5º Concafé criado para valorizar o café de Rondônia, o Governo do Estado, por meio da Seagri e Emater Rondônia, disponibilizou uma carreta contendo os prêmios que serão distribuídos durante a quinta edição do concurso, no valor de R$ 289 mil, para percorrer os municípios do Estado. Foram cinco dias de divulgação intensa em 16 municípios.

O primeiro ganhador da categoria “Qualidade de Bebida” será contemplado com um trator Cafeeiro, no valor de R$ 136 mil. Para o 2º lugar R$ 30 mil em dinheiro e crédito; 3º lugar R$ 15 mil em crédito e 4º lugar: R$ 10 mil em crédito e uma secadora de café, no valor de R$ 98 mil para o cafeicultor ganhador da categoria “Sustentabilidade”.

Fonte: Seagri

%d blogueiros gostam disto: