Dólar sobe quase 0,5% e fecha a segunda-feira cotado a R$ 5,40

Salto de 0,43% guiada por temores sobre o novo coronavírus levou moeda norte-americana ao maior patamar desde o dia 31 de agosto

O dólar fechou na máxima em três semanas contra o real nesta segunda-feira (21), afetado por aguda aversão a risco nos mercados globais em meio a temores de novas restrições econômicas por causa do novo coronavírus, com incertezas eleitorais nos EUA também aumentando a apreensão dos agentes financeiros.

Na sessão, a moeda norte-americana à vista subiu 0,43%, a R$ 5,40 na venda. É o maior patamar desde 31 de agosto (R$ 5,4807).

A moeda norte-americana, contudo, terminou a sessão longe da máxima do dia — quando saltou 2,26%, para R$ 5,4984 —, conforme deixou os picos também frente a outras divisas emergentes, como peso mexicano e rand sul-africano. Na mínima do dia, atingida na parte da tarde, a moeda marcou R$ 5,3888, ainda em alta de 0,23%.

Fonte: R7

Dólar avança pelo 2º dia seguido e fecha a semana cotado a R$ 5,33

Alta de 0,25% da moeda norte-americana foi guiada por busca de investidores por ativos de menor risco

O dólar fechou em leve alta ante o real nesta sexta-feira (11), revertendo queda de mais cedo, com investidores demandando proteção antes do fim de semana depois de mais uma sessão instável nos mercados internacionais.

No fechamento do dia, a moeda norte-americana teve ganho de 0,25%, a R$ 5,3331, após oscilar entre alta de 0,57%, para R$ 5,3501, durante a tarde, e queda de 1,13%, para R$ 5,26, ainda pela manhã.

Na semana, a cotação também subiu, mas no geral o câmbio foi o mercado doméstico com melhor performance no período, marcado por queda da bolsa brasileira e disparada nas taxas de contratos futuros de juros negociados na B3, por causa de riscos inflacionários e fiscais.

Fonte: R7

Segundo levantamento da Emater, preço da arroba do boi gordo se aproxima de R$ 220 em RO

Outros oito municípios o preço da arroba também é comercializado acima de R$ 210.


O levantamento do preço da arroba do boi gordo manteve a trajetória das últimas semanas e continua subindo nos municípios, segundo cotação divulgada pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO).

Em Ouro Preto do Oeste, por exemplo, o valor da arroba do boi gordo teve aumento de cerca de 7% em duas semanas (para pagamento à vista). No dia 21 de agosto, a arroba era comercializada a R$ 205. Já no último dia 4 de setembro esse valor chegou a R$ 218.

Ainda de acordo com a Emater, em outros oito municípios o preço da arroba também é comercializado acima de R$ 210.

Abaixo, veja os valores da cotação nas principais cidades

Boi gordo à vista em Rondônia

MunicípioPreço da @
Ji-ParanáR$ 214,50
Porto VelhoR$ 195
Guajará-MirimR$ 210
AriquemesR$ 182,45
JaruR$ 203,80
Rolim de MouraR$ 215
Ouro Preto do OesteR$ 218
Costa MarquesR$ 181
CacoalR$ 195
Pimenta BuenoR$ 215
Machadinho D’OesteR$ 160
Espigão D’OesteR$ 215
CabixiR$ 214,50
CerejeirasR$ 216,70
Alta FlorestaR$ 208,80
Nova BrasilândiaR$ 210

Fonte: Emater-RO

De acordo com a Emater, a pesquisa de preços refere-se ao preço médio pago ao produtor rural.

Fonte: G1/RO