Covid-19:Rondônia registrou nesta segunda-feira (26), quatro óbitos

Também foram registrados 313 novos casos.

A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta segunda-feira (26) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 256.357
Casos ativos – 4.071 (1,59%)
Pacientes recuperados – 245.950 (95,94%)
Óbitos – 6.336 (2,47%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 155
Pacientes internados na Rede Privada – 23
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 51
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 01
Total de pacientes internados – 230
Pacientes aguardando leitos: 0
Testes Realizados – 671.355 
Aguardando resultados do Lacen – 38

* População vacinada:
1ª Dose – 678.086
2ª Dose – 230.586

  • Total de doses aplicadas: 908.672    

Vacinas recebidas: 1.103.288

* CoronaVac: 389.308

* AstraZeneca: 540.250

* Pfizer: 139.230

*Janssen: 34.500

(Dados obtidos às 15h30)

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (26 de julho de 2021), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 26/07/2021
MunicípioCasos TotaisÓbitos TotaisCurados Totais
Porto Velho84.5882.48180.742
Ariquemes22.19048121.602
Ji-Paraná19.03256818.331
Cacoal14.09829313.635
Vilhena13.81026213.310
Jaru7.7191747.481
Machadinho D’Oeste6.8341126.576
Rolim de Moura6.8111656.467
Pimenta Bueno6.4521136.154
Guajará-Mirim5.4012235.166
Buritis4.849754.672
Ouro Preto do Oeste4.5841414.410
Alta Floresta D’Oeste3.989653.871
Candeias do Jamari3.897773.789
Presidente Médici3.584833.463
Nova Mamoré3.536793.382
Espigão D’Oeste3.478703.350
Cerejeiras2.472612.392
São Miguel do Guaporé2.447502.336
São Francisco do Guaporé2.431462.308
Colorado do Oeste2.280402.214
Nova Brasilândia D’Oeste2.137311.880
Cujubim1.955411.902
Costa Marques1.922361.791
Alto Paraíso1.838481.780
Monte Negro1.744321.609
Chupinguaia1.522231.433
Alto Alegre dos Parecis1.449441.402
Seringueiras1.442201.387
Itapuã do Oeste1.396181.364
Urupá1.272321.207
Campo Novo de Rondônia1.212231.150
Vale do Anari1.179231.141
Alvorada D’Oeste1.139291.088
Mirante da Serra1.04212999
Santa Luzia D’Oeste98217903
Cacaulândia86412836
Cabixi84220803
Nova União83515816
Theobroma82325788
Corumbiara80219773
Vale do Paraíso78425753
Novo Horizonte do Oeste65922629
Governador Jorge Teixeira61622591
Rio Crespo59713580
Teixeirópolis5269517
Ministro Andreazza50714486
São Felipe D’Oeste50412487
Pimenteiras do Oeste43515420
Parecis38711359
Castanheiras2687258
Primavera de Rondônia1957167
Total geral256.3576.336245.950

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOSCASOS CONFIRMADOSÓBITOS
Porto Velho46-5
Ariquemes151
Ji-Paraná321
Cacoal560
Vilhena270
Jaru30
Machadinho D’Oeste230
Rolim de Moura40
Pimenta Bueno00
Guajará-Mirim00
Buritis30
Ouro Preto do Oeste90
Alta Floresta D’Oeste80
Candeias do Jamari00
Presidente Médici20
Nova Mamoré00
Espigão D’Oeste140
Cerejeiras00
São Miguel do Guaporé70
São Francisco do Guaporé190
Colorado do Oeste40
Nova Brasilândia D’Oeste30
Cujubim51
Costa Marques30
Alto Paraíso00
Monte Negro10
Chupinguaia100
Alto Alegre dos Parecis00
Seringueiras10
Itapuã do Oeste00
Urupá20
Campo Novo de Rondônia00
Vale do Anari00
Alvorada D’Oeste00
Mirante da Serra00
Santa Luzia D’Oeste40
Cacaulândia20
Cabixi00
Nova União00
Theobroma50
Corumbiara10
Vale do Paraíso10
Novo Horizonte do Oeste00
Governador Jorge Teixeira00
Rio Crespo30
Teixeirópolis00
Ministro Andreazza00
São Felipe D’Oeste00
Pimenteiras do Oeste00
Parecis00
Castanheiras00
Primavera de Rondônia00
Total geral313-2

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nas últimas 24 horas foram registrados quatro óbitos por covid-19 em Rondônia, sendo uma mulher de 48 anos de idade de Ariquemes; um homem de 38 anos de Costa Marques; um homem de 46 anos de idade de Cujubim e uma mulher de 49 anos de idade de Ji-Paraná.
  • Após investigação epidemiológica foi constatado que o município de Costa Marques apresenta um óbito duplicado, sendo esse não contabilizado nesta edição.
  • No município de Porto Velho foram retirados cinco óbitos, que após investigação epidemiológica, verificou-se não serem covid-19.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.
Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina

Começa a vacinação para público de 29 anos em Porto Velho

A vacinação segue na Faculdade Fimca conforme o cadastro no Sasi. O atendimento é das 9h às 16h.

Primeira dose contra a Covid-19 passa a ser aplicada na Faculdade Fimca |  Tudo Rondônia - Independente!
Pessoas de 29 anos são vacinadas na Capital

Nesta segunda-feira (26), a Prefeitura de Porto Velho começa a vacinar contra a Covid-19 pessoas a partir de 29 anos. O anúncio foi feito pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, acompanhado do vice-prefeito, Maurício Carvalho, durante uma live.

A vacinação de 1ª dose para o público 29+ está sendo feita na Faculdade Fimca mediante cadastro no aplicativo Sasi. Quem for se vacinar deve apresentar documento pessoal com foto, CPF e cartão do SUS. O atendimento é das 9h às 16h.

Para a 2ª dose o ponto exclusivo é na Faculdade São Lucas, Campus II, também até às 16h. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) ressalta que neste momento a antecipação da segunda dose do imunizante AstraZeneca é exclusiva para profissionais de educação. O público em geral deve respeitar a data anotada na caderneta de vacinação.

Até o momento, 56% do público acima de 18 anos já recebeu ao menos uma dose da vacina em Porto Velho, e 16% deste público já está 100% imunizado.

Fonte: Semusa

Covid-19: Anvisa recebe pedido para uso de novo imunizante

Vacina da Sinopharm é produzida a partir de vírus inativado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, nesta segunda-feira (26), uma nova solicitação de autorização temporária de uso emergencial para vacina contra covid-19. Dessa vez, o pedido foi feito pelo laboratório chinês Sinopharm e apresentado pela empresa Blau Farmacêutica, que representa o imunizante no Brasil.

Tecnologia

A vacina da Sinopharm é produzida a partir de um vírus inativado. O imunizante é aplicado em duas doses, com um intervalo de três a quatro semanas entre elas. O produto é recomendado para pessoas acima de 18 anos de idade, de acordo com os dados conhecidos até o momento.

“O desenvolvimento da vacina não teve estudos clínicos conduzidos no Brasil, o que não impede a submissão do pedido de autorização para uso emergencial ou registro na Anvisa. As pesquisas foram desenvolvidas em países como Argentina, Peru, Emirados Árabes, Egito e China”, explicou a Anvisa em nota.

Em maio, esse imunizante foi aprovado para uso emergencial pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Análise e prazos

Segundo o protocolo da Anvisa, as primeiras 24 horas serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e verificar se os documentos necessários para avaliação estão disponíveis. Se houver informações importantes faltando, a agência pode solicitar as informações adicionais ao laboratório.

A análise do pedido de uso emergencial é feita por uma equipe multidisciplinar que envolve especialistas das áreas de Registro, Monitoramento e Inspeção de Medicamentos.

De acordo com a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 475/2021, que regulamenta o uso emergencial de vacinas, o prazo de análise do pedido pode ser de sete ou 30 dias, a depender do caso específico.

Pela norma, o prazo de avaliação será de sete dias quando houver desenvolvimento clínico da vacina no Brasil ou quando o relatório ou parecer técnico emitido pela autoridade sanitária estrangeira seja capaz de comprovar que a vacina atende aos padrões de qualidade, de eficácia e de segurança estabelecidos pela OMS ou pelo ICH (Conselho Internacional para Harmonização de Requisitos Técnicos para Medicamentos de Uso Humano, do inglês International Council for Harmonisation of Technical Requirements for Pharmaceuticals for Human Use) e pelo PIC/S (Esquema de Cooperação em Inspeção Farmacêutica, do inglês Pharmaceutical Inspection Co-operation Scheme).

Em casos em que não são realizados estudos clínicos da vacina no Brasil ou quando o relatório ou parecer técnico emitido pela autoridade sanitária estrangeira não for capaz de comprovar que a vacina atende aos padrões de qualidade, de eficácia e de segurança estabelecidos pela OMS ou pelo ICH e pelo PIC/S, o prazo será de 30 dias.

O prazo de avaliação do pedido de uso emergencial não considera o tempo do processo em status de exigência técnica, que é quando o laboratório precisa responder questões técnicas feitas pela agência dentro do processo.

Fonte: Valéria Aguiar A/B

EUA não revogarão restrições de viagens devido à variante Delta

Segundo uma fonte da Casa Branca, número de casos no país está aumentando e deve seguir crescendo nas próximas semanas

Os Estados Unidos não revogarão nenhuma restrição de viagem atualmente em vigor “neste momento” devido a preocupações com a altamente contagiosa variante Delta do coronavírus e ao aumento do número de casos de covid-19 no país, disse uma autoridade da Casa Branca à Reuters.

A decisão, tomada após uma reunião de alto escalão da Casa Branca na sexta-feira (23), significa que as restrições a viagens que vigoram há tempos no país e que barraram a maior parte da população mundial de entrar nos EUA desde 2020 não serão revogadas no curto prazo.

“Dado que estamos hoje com a variante Delta, os Estados Unidos manterão as restrições de viagens existentes neste momento”, disse a autoridade à Reuters, citando a variante Delta dentro e fora dos EUA.

“Impulsionados pela variante Delta, os casos estão aumentando aqui, particularmente entre aqueles não vacinados e parece que continuarão a crescer nas próximas semanas”, completou.

O anúncio certamente condena quaisquer tentativas das companhias aéreas norte-americanas e do setor de turismo do país de salvar a temporada de viagens de verão dos europeus e de outros atingidos pelas restrições. As companhias aéreas têm feito lobby há meses junto à Casa Branca pela revogação das restrições.

Os EUA atualmente proíbem a entrada de praticamente todos os que não são cidadãos norte-americanos e que nos 14 dias anteriores estiveram no Reino Unido, nos 26 países europeus que compõem o espaço Schengen, além de Irlanda, China, Índia, África do Sul, Irã e Brasil.

As restrições de viagem foram impostas pelos Estados Unidos pela primeira vez contra a China em janeiro de 2020 para fazer frente à disseminação da covid-19 e outros países foram sendo incluídos na lista com o passar do tempo.

Na semana passada, o Departamento de Segurança Interna dos EUA disse que as fronteiras terrestres do país com o Canadá e o México permanecerão fechadas para viagens não essenciais pelo menos até 21 de agosto, apesar de o Canadá ter anunciado que começará a permitir a entrada de turistas norte-americanos completamente vacinados em 9 de agosto.

Indagado em 15 de julho durante uma aparição ao lado da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, quando os EUA revogariam as restrições impostas à Europa, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que “serei capaz de responder a essa pergunta a você nos próximos dias, o que provavelmente acontecerá”.

Merkel disse que qualquer decisão de retirar as restrições “tem de ser uma decisão sustentável. Certamente não é sensível ter de recuar dela alguns dias depois”.

Os casos de Covid-19 saltaram desde que essa entrevista coletiva foi realizada.

A diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), Rochelle Walensky, disse na quinta-feira (22) que a média móvel de sete dias de novos casos nos Estados Unidos teve alta de 53% em relação à semana anterior. A variante Delta, originada na Índia, agora responde por 80% dos casos nos EUA e foi detectada em mais de 90 países.

A autoridade da Casa Branca também citou o fato de que, na semana passada, o CDC fez um apelo para os norte-americanos evitarem viagens ao Reino Unido por causa do aumento dos casos.

Mas a autoridade acrescentou: “O governo entende a importância das viagens internacionais e está unido no desejo de reabrir as viagens internacionais de forma segura e sustentável”.

As restrições provocaram pesadas críticas de pessoas que estão sendo impedidas de encontrar entes queridos.

A porta-voz da Casa Branca Jen Psaki disse na sexta-feira que as viagens internacionais são “algo que todos nós gostaríamos de ver –não somente pelo turismo, mas para que famílias se reúnam”.

Mas ela acrescentou que “dependemos dos conselhos médicos e de saúde pública sobre quando determinaremos que mudanças sejam feitas”.

O governo Biden se recusou a anunciar critérios que levariam a reduzir restrições e não informou se retirará restrições de países individualmente ou se irá se concentrar em aprimorar a análise individual dos viajantes.

A Reuters informou na semana passada que a Casa Branca estava discutindo a possibilidade de exigir a vacinação contra covid-19 de visitantes internacionais, mas nenhuma decisão foi tomada, disseram fontes.

O governo Biden também tem discutido com as companhias aéreas norte-americanas nas últimas semanas sobre estabelecer o rastreamento internacional de contatos para passageiros antes de retirar as restrições.

No início de junho, a Casa Branca lançou grupos de trabalho inter-agências com União Europeia, Reino Unido, Canadá e México para analisar quando eventualmente as restrições fronteiriças e de viagem serão revogadas.

Em janeiro, o CDC impôs testes obrigatórios de Covid para quase todos os viajantes aéreos internacionais.

Fonte: R7

Anvisa encerra análise de pedido de uso emergencial da Covaxin

Decisão ocorre após rompimento do acordo entre fabricante indiano, Bharat Biotech, e intermediária no Brasil, a Precisa

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou neste sábado (24) que está encerrado o processo de autorização temporária de uso emergencial da vacina contra covid-19 Covaxin, produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

A decisão da Diretoria Colegiada foi unânime, um dia após a fabricante da vacina informar que havia rompido unilateralmente o acordo com a Precisa Medicamentos, empresa que era representante legal do laboratório indiano junto às autoridades brasileiras.

“O processo será encerrado, sem a avaliação de mérito do pedido de autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental, protocolado pela empresa Precisa Comercialização de Medicamentos Ltda no dia 29 de junho deste ano. A decisão foi tomada após a Anvisa ser comunicada pela empresa indiana, Bharat Biotech Limited International, de que a empresa Precisa não possui mais autorização para representar a Bharat no Brasil. A Bharat é a fabricante da vacina Covaxin”, diz nota divulgada pela Anvisa.

O rompimento do acordo entre a Bharat Biotech e a Precisa Medicamentos ocorre no contexto de investigações envolvendo a empresa brasileira, em que pesam suspeitas de irregularidades nas negociações de 20 milhões de doses com o Ministério da Saúde, no valor de R$ 1,6 bilhões.

A Bharat Biotech diz que a Precisa Medicamentos apresentou documentos falsos ao Ministério da Saúde como se fossem assinados por representantes do fabricante da Covaxin.

O caso

A CPI da Pandemia começou a investigar suspeitas de irregularidades no contrato entre o Ministério da Saúde e a Precisa após a denúncia do servidor da pasta Luis Ricardo Miranda e do irmão dele, o deputado Luis Miranda (DEM-DF).

O servidor, que atua na área de importação do ministério, afirmou aos senadores e ao Ministério Público ter recebido pressões atípicas de superiores para acelerar a compra da vacina.

No entanto, invoices (notas fiscais internacionais) com uma série de irregularidades foram enviadas pela Precisa Medicamentos. Algumas delas chegavam a apontar o pagamento antecipado de US$ 45 milhões (R$ 234 milhões na cotação atual), o que não estava previsto em contrato.

A Precisa Medicamentos nega qualquer irregularidade. O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Onyx Lorenzoni, e o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco chegaram a acusar os irmãos Miranda de forjar a invoice, o que posteriormente se provou ser mentira.

Antes disso, a Anvisa já havia concedido uma licença de importação excepcional da Covaxin que limitava o uso a 1% da população. O pedido de uso emergencial foi negado, e a Bharat Biotech teria que se adequar às exigências impostas pelo órgão regulador para que a vacina pudesse ser liberada.

Mesmo assim, nenhuma dose da vacina indiana chegou ao Brasil. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, decidiu suspender o contrato da Covaxin no fim de junho, quase quatro meses após a assinatura, por recomendação da CGU (Controladoria-Geral da União).

Com os desfechos recentes, o Ministério da Saúde deve cancelar de vez a compra. Queiroga já disse reiteradas vezes que o Brasil tem imunizantes suficientes contratados até o fim do ano e que não precisa mais da Covaxin.

Foram encomendados cerca de 660 milhões de doses das vacinas AstraZeneca/Fiocruz, CoronaVac (Instituto Butantan), Pfizer/BioNTech e Janssen. Deste total, 164,4 milhões já foram distribuídos às unidades da federação.

Fonte: R7

Prefeitura de Porto Velho concluí mais uma edição do drive-thru noturno para vacinação contra covid

Prefeito acompanhou o drive-thru de vacinação na capital.

A 7ª edição do drive-thru de vacinação contra a Covid-19 realizada pela Prefeitura de Porto Velho no Prédio do Relógio na noite de sexta-feira de ontem (23) foi de bastante movimento. Tanto nos carros, quanto a pé, a expectativa do público de 30 anos ou mais foi grande.

A cada ação a prefeitura otimiza o tempo de espera do público. Desta vez, a equipe utilizou um novo recurso para dar celeridade no preenchimento dos cadastros. “Estamos com algumas alterações, fazendo a experiência de fotografar o documento de identidade em vez de preencher manualmente, isso tem agilizado o processo de vacinação”, pontuou o prefeito Hildon Chaves, que acompanhou a operação durante toda a noite, ao lado da secretária municipal de Saúde, Eliana Pasini, e da secretária adjunta, Marilene Penatti.

A mão de obra do voluntariado também faz a diferença. A cada edição, novas pessoas dedicam parte do próprio tempo para colaborar.

Na ocasião, o prefeito reafirmou que a ação de drive-thru noturno continua até que toda a programação de imunização seja concluída e fez um apelo para que o público não deixe passar a convocação por faixa etária.

“Eu tenho observado muitas pessoas deixarem de se vacinar quando chega a sua faixa etária, não faça isso. Imagine que possa haver um problema que o país fique sem vacina, alguém vai tomar a vacina no seu lugar, então não deixe isso acontecer, a situação é muito séria. Nós já temos 52% da população acima de 18 anos imunizada com a primeira dose e aproximadamente 16% com as duas doses, ou seja, nós ainda temos um longo caminho a percorrer”, concluiu ele ao informar que na próxima segunda-feira (26) certamente continua na faixa etária de 30 anos com possibilidade de baixar durante a semana para 29, a depender da disponibilidade de doses por parte do Ministério da Saúde.


Fonte: Semusa

Covid-19: Rondônia nesta sexta-feira (23), registrou seis óbitos

Também foram confirmados 270 novos casos no estado.

A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta sexta-feira (23) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 255.724
Casos ativos – 4.591 (1,79%)
Pacientes recuperados – 244.802 (95,73%)
Óbitos – 6.331 (2,48%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 149
Pacientes internados na Rede Privada – 29
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 49
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 01
Total de pacientes internados – 228
Pacientes aguardando leitos: 0
Testes Realizados – 668.289 
Aguardando resultados do Lacen – 333

* População vacinada:
1ª Dose – 658.583
2ª Dose – 219.665

  • Total de doses aplicadas: 878.248    

Vacinas recebidas: 1.103.288

* CoronaVac: 389.308

* AstraZeneca: 540.250

* Pfizer: 139.230

*Janssen: 34.500

(Dados obtidos às 15h17)

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (23 de julho de 2021), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 23/07/2021
MunicípioCasos TotaisÓbitos TotaisCurados Totais
Porto Velho84.5052.48580.370
Ariquemes22.16447821.571
Ji-Paraná18.94956618.185
Cacoal14.04029313.618
Vilhena13.75526213.264
Jaru7.7031747.434
Machadinho D’Oeste6.8071126.454
Rolim de Moura6.7721656.457
Pimenta Bueno6.4461136.085
Guajará-Mirim5.4012235.164
Buritis4.827754.640
Ouro Preto do Oeste4.5741414.396
Alta Floresta D’Oeste3.970653.867
Candeias do Jamari3.887773.780
Presidente Médici3.580833.462
Nova Mamoré3.535783.359
Espigão D’Oeste3.453703.329
Cerejeiras2.469612.388
São Miguel do Guaporé2.438502.336
São Francisco do Guaporé2.405462.276
Colorado do Oeste2.273402.212
Nova Brasilândia D’Oeste2.103311.859
Cujubim1.950401.893
Costa Marques1.918351.787
Alto Paraíso1.834481.775
Monte Negro1.743321.609
Chupinguaia1.506231.405
Alto Alegre dos Parecis1.449441.402
Seringueiras1.435201.376
Itapuã do Oeste1.396181.364
Urupá1.266321.199
Campo Novo de Rondônia1.210231.147
Vale do Anari1.179231.133
Alvorada D’Oeste1.139291.088
Mirante da Serra1.04112999
Santa Luzia D’Oeste97617887
Cacaulândia86112835
Cabixi84220803
Nova União83215816
Theobroma81825788
Corumbiara80019771
Vale do Paraíso78325749
Novo Horizonte do Oeste65922620
Governador Jorge Teixeira61622591
Rio Crespo59413577
Teixeirópolis5269517
Ministro Andreazza50714486
São Felipe D’Oeste50311486
Pimenteiras do Oeste43515420
Parecis38711359
Castanheiras2687258
Primavera de Rondônia1957156
Total geral255.7246.331244.802

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOSCASOS CONFIRMADOSÓBITOS
Porto Velho250
Ariquemes40
Ji-Paraná463
Cacoal180
Vilhena340
Jaru50
Machadinho D’Oeste00
Rolim de Moura340
Pimenta Bueno102
Guajará-Mirim10
Buritis120
Ouro Preto do Oeste20
Alta Floresta D’Oeste50
Candeias do Jamari70
Presidente Médici100
Nova Mamoré-30
Espigão D’Oeste150
Cerejeiras00
São Miguel do Guaporé90
São Francisco do Guaporé40
Colorado do Oeste60
Nova Brasilândia D’Oeste0-1
Cujubim-10
Costa Marques50
Alto Paraíso10
Monte Negro50
Chupinguaia40
Alto Alegre dos Parecis00
Seringueiras30
Itapuã do Oeste00
Urupá10
Campo Novo de Rondônia00
Vale do Anari00
Alvorada D’Oeste00
Mirante da Serra00
Santa Luzia D’Oeste00
Cacaulândia00
Cabixi10
Nova União00
Theobroma00
Corumbiara10
Vale do Paraíso00
Novo Horizonte do Oeste00
Governador Jorge Teixeira00
Rio Crespo51
Teixeirópolis00
Ministro Andreazza00
São Felipe D’Oeste00
Pimenteiras do Oeste00
Parecis00
Castanheiras00
Primavera de Rondônia10
Total geral2705

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nas últimas 24 horas foram registrados seis óbitos por covid-19 em Rondônia, desses, três foram em Ji-Paraná, sendo uma mulher de 60 anos e dois homens (56 e 55 anos de idade); dois de Pimenta Bueno, sendo uma mulher de 34 anos de idade e um homem de 55 anos de idade; uma mulher de 44 anos de idade de Rio Crespo.
  • O Município de Nova Mamoré apresenta, na data de hoje, três casos confirmados a menos, tendo como base a edição anterior, em decorrência de retirada de notificações duplicadas.
  • Após epidemiológica foi constatado que o município de Nova Brasilândia D’Oeste retirou um registro de óbito, tendo como base a edição anterior, em decorrência de registro de notificação em duplicidade. Dessa forma, apesar de ter sido registrado seis óbitos nas últimas 24 horas, para efeito de ajuste de sistema, na planilha consta o registro de cinco óbitos.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.
Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina

Segundo a secretaria de saúde, números de internações por covid-19 caíram 74% em RO

Filas de espera também teve queda nos últimos três meses.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), registrou queda de 74% no número de internações por covid-19 em todo o Estado. Com isso, vários leitos clínicos e de Unidades de Terapia Intensiva UTIs estão ficando vazios. A redução iniciou após medidas adotadas pelo Executivo Estadual frente a um pico de hospitalizações ocorrido há quatro meses. Da mesma forma, a fila de espera por leitos não existe há três meses.

Dados do Boletim Covid divulgados na terça-feira (21) mostram que, atualmente, 265 pacientes estão internados com a doença. Diferente da realidade do dia 17 de março deste ano quando havia 854 pacientes hospitalizados e mais 170 na fila de espera.

São várias as ações que o Governo de Rondônia tem desenvolvido e que contribuem para essa redução, como a operação “SOS Vacinação”, que visa socorrer e ajudar aqueles municípios que estão com dificuldades na aplicação da vacina. Além disso, 25 drives-thrus de testagem em massa, com isolamento dos casos positivos, já foram realizados em auxílio às prefeituras.

O secretário de saúde, Fernando Máximo, conta que, no ápice da pandemia, havia muitos pacientes internados e na fila de espera por um leito de UTI. “Os números têm caído muito, graças à Deus. Isso é fruto da vacinação, dos drive-trhus, além da conscientização feita pelo Estado para com a população de Rondônia. É fundamental que continuemos com os protocolos de segurança e sempre com uso de máscara e distanciamento social para evitar a transmissão do vírus”, recomenda.

Fonte: Sesau

Vacinação: Prefeitura realiza nesta sexta-feira (23), mais um drive-thru contra covid na capital

A sétima edição do drive-thru acontecerá no Prédio do Relógio,, pessoas com 31 anos já podem fazer o cadastro no Sasi.

Mais uma edição do drive-thru da vacinação contra a Covid-19 será realizada em Porto Velho nesta sexta-feira (23). Esta é a sétima edição realizada pela Prefeitura Municipal. A ação é organizada na sede do Poder Executivo Municipal, o Prédio do Relógio, para o público acima de 31 anos com cadastro no aplicativo SASI. Será uma ação exclusiva para quem vai tomar a 1º dose.

A ação tem acelerado a imunização na capital e atende em horário diferenciado aqueles que não conseguem se dirigir aos pontos de vacinação durante o dia.

Cento e vinte voluntários devem atender o público que for tomar o imunizante, tanto em veículos, quanto pedestres.

PONTOS DE VACINAÇÃO

Ainda nesta sexta-feira (23), das 9h às 16h, a vacinação de 1º dose prossegue sendo realizada na Faculdade Fimca, no bairro Eldorado. Já aqueles que vão tomar a 2º dose da imunização devem comparecer na São Lucas, também das 9h às 16h.

Fonte: Semusa

Coronavírus: Nas últimas 24 horas foram registrados quatro óbitos em Rondônia

Também foram registrados 160 novos casos no estado.

A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta quinta-feira (22) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 255.454
Casos ativos – 4.974 (1,95%)
Pacientes recuperados – 244.154 (95,58%)
Óbitos – 6.326 (2,47%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 162
Pacientes internados na Rede Privada – 24
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 49
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 01
Total de pacientes internados – 236
Pacientes aguardando leitos: 0
Testes Realizados – 667.142 
Aguardando resultados do Lacen – 91

* População vacinada:
1ª Dose – 649.072
2ª Dose – 213.622

  • Total de doses aplicadas: 862.694    

Vacinas recebidas: 1.053.258

* CoronaVac: 389.308

* AstraZeneca: 500.750

* Pfizer: 128.700

*Janssen: 34.500

(Dados obtidos às 17h25)

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (22 de julho de 2021), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 22/07/2021
MunicípioCasos TotaisÓbitos TotaisCurados Totais
Porto Velho84.4802.48580.097
Ariquemes22.16047821.558
Ji-Paraná18.90356318.148
Cacoal14.02229313.601
Vilhena13.72126213.166
Jaru7.6981747.419
Machadinho D’Oeste6.8071126.454
Rolim de Moura6.7381656.439
Pimenta Bueno6.4361116.073
Guajará-Mirim5.4002235.162
Buritis4.815754.636
Ouro Preto do Oeste4.5721414.396
Alta Floresta D’Oeste3.965653.867
Candeias do Jamari3.880773.774
Presidente Médici3.570833.455
Nova Mamoré3.538783.362
Espigão D’Oeste3.438703.318
Cerejeiras2.469612.388
São Miguel do Guaporé2.429502.321
São Francisco do Guaporé2.401462.259
Colorado do Oeste2.267402.186
Nova Brasilândia D’Oeste2.103321.859
Cujubim1.951401.890
Costa Marques1.913351.760
Alto Paraíso1.833481.775
Monte Negro1.738321.609
Chupinguaia1.502231.405
Alto Alegre dos Parecis1.449441.402
Seringueiras1.432201.376
Itapuã do Oeste1.396181.352
Urupá1.265321.176
Campo Novo de Rondônia1.210231.147
Vale do Anari1.179231.133
Alvorada D’Oeste1.139291.088
Mirante da Serra1.04112999
Santa Luzia D’Oeste97617888
Cacaulândia86112827
Cabixi84120801
Nova União83215816
Theobroma81825787
Corumbiara79919771
Vale do Paraíso78325749
Novo Horizonte do Oeste65922620
Governador Jorge Teixeira61622591
Rio Crespo58912572
Teixeirópolis5269517
Ministro Andreazza50714486
São Felipe D’Oeste50311486
Pimenteiras do Oeste43515420
Parecis38711359
Castanheiras2687258
Primavera de Rondônia1947156
Total geral255.4546.326244.154

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOSCASOS CONFIRMADOSÓBITOS
Porto Velho-601
Ariquemes170
Ji-Paraná30
Cacoal360
Vilhena310
Jaru60
Machadinho D’Oeste40
Rolim de Moura200
Pimenta Bueno00
Guajará-Mirim00
Buritis190
Ouro Preto do Oeste10
Alta Floresta D’Oeste80
Candeias do Jamari30
Presidente Médici01
Nova Mamoré10
Espigão D’Oeste100
Cerejeiras20
São Miguel do Guaporé10
São Francisco do Guaporé180
Colorado do Oeste41
Nova Brasilândia D’Oeste50
Cujubim10
Costa Marques21
Alto Paraíso00
Monte Negro10
Chupinguaia00
Alto Alegre dos Parecis00
Seringueiras40
Itapuã do Oeste00
Urupá00
Campo Novo de Rondônia10
Vale do Anari00
Alvorada D’Oeste100
Mirante da Serra00
Santa Luzia D’Oeste00
Cacaulândia00
Cabixi00
Nova União00
Theobroma20
Corumbiara20
Vale do Paraíso00
Novo Horizonte do Oeste20
Governador Jorge Teixeira00
Rio Crespo00
Teixeirópolis00
Ministro Andreazza00
São Felipe D’Oeste30
Pimenteiras do Oeste00
Parecis00
Castanheiras20
Primavera de Rondônia10
Total geral1604

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nas últimas 24 horas foram registrados quatro óbitos por covid-19 em Rondônia, sendo um homem de 77 anos de idade de Presidente Médici; um homem de 80 anos de Colorado do Oeste; uma mulher de 44 anos de idade de Costa Marques e um homem de 87 anos de idade de Porto Velho.
  • Após investigação epidemiológica não foi possível confirmar 60 casos que estavam em suspeita em Porto Velho como covid-19, por esse motivo foram retirados do sistema nesta data.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.
Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina

1 2 3 51