Zé de Abreu comemora, mas é desmoralizado por deputado (veja o vídeo)

.

Deputado apresenta notas falsas do ator para justificar despesas da Rouanet

Debochado, o ex-ator global, José de Abreu, também conhecido como “Zé do Cuspe” (por ter cuspido em um casal que discordava de seu posicionamento político), comemorou, nesta segunda-feira (8), a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, de tornar nulo todos os processos contra o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao som de “Lulala” e bebendo uma champanhe Moet Chandon, o “Zé do Cuspe” celebrou a possível volta do petista ao cenário político eleitoral e, em consequência, às eleições presidenciais de 2022.

Porém, o deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-AL) fez questão de responder, rapidamente, à ironia de Abreu e “lavou a alma” dos brasileiros de bem. O parlamentar comprovou que o ex-global quer é a volta da “mamata”, tanto é que entregou ao antigo Ministério da Cultura notas falsas para justificar despesas em projetos culturais realizados com dinheiro da Lei Rouanet.

Confira o vídeo:

Fonte: JCO

O entrevero de Marco Aurélio e a repórter: completamente desmoralizado e sem educação (veja o vídeo)

A repórter Basília Rodrigues e o ministro Marco Aurélio

O ministro Marco Aurélio Melo, que recentemente soltou o chefe do PCC André do Rap, em entrevista à CNN Rádio, ficou irritado e desligou o telefone na cara dos jornalistas.

O motivo da irritação foi a pergunta feita pela jornalista Basília Rodrigues sobre o escritório de advocacia de Eduardo Ubaldo Barbosa, que foi assessor do ministro até fevereiro, e que foi responsável pelo pedido de habeas corpus que o ministro concedeu, libertando o traficante André do Rap, que é considerado um dos chefões do PCC.

O traficante, assim que saiu da prisão, sumiu no mapa; segundo a polícia, ele pode ter saído do país em um avião. A essa altura já deve ter assumido a gestão de seus negócios ilegais.

Cerca de poucas horas depois da soltura de André do Rap, e diante da repercussão negativa até no exterior, o presidente do STF, Luiz Fux, cancelou o habeas corpus do criminoso, que agora certamente vai dar muito trabalho para ser capturado novamente.

Resta saber quem é que vai pagar as despesas milionárias que serão necessárias em estrutura, logística e pessoal das forças policiais e judiciais para a recaptura do perigoso criminoso.

Veja o vídeo:

Por Everson Leal | Radialista

%d blogueiros gostam disto: