Equipes da Emdur trabalham na restauração da rede elétrica do Espaço Alternativo

Servidores da Emdur atuam, diariamente, para atender demandas em vários pontos da capital.

Mais uma vez, equipes da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur) tiveram que interromper o cronograma de serviços programados para atender diversas localidades de Porto Velho para executar reparos na rede elétrica do Espaço Alternativo, em Porto Velho, após o local ser alvo de ação de vandalismo e furto. Nesta quarta-feira (13), os trabalhos começaram ainda durante o dia e se estendem até à noite com a finalidade de restaurar a rede danificada no local, que é bastante frequentado pela população para o lazer e prática de atividade física.

De acordo com a Emdur, o Espaço Alternativo conta com diversos casos recentes de práticas criminosas, o que prejudica a iluminação do local. Um trabalho foi feito durante 15 dias para reparo e foi concluído no último sábado (9), garantindo os pontos 100% iluminados. No entanto, um novo prejuízo aos cofres públicos foi registrado no último dia 11.

Segundo o presidente da Emdur, Gustavo Beltrame, há frentes de trabalho em todas as regiões do município. No entanto, ainda há uma maior preocupação com pontos centrais e de grande fluxo de pessoas.

“O retrabalho tem sido feito de forma constante e nos mesmos locais. Aplicamos também algumas alternativas para conter a depredação e furto, mas os vândalos têm procurado atuar durante a madrugada ou aos fins de semana, por vezes driblando as estratégias montadas”, comenta Beltrame.

Os constantes furtos acabam prejudicando o cronograma de trabalhos da Emdur, tanto para restabelecer a iluminação de localidades afetadas por fortes chuvas, quanto para dar prosseguimento ao Programa de Eficiência Energética (Proled), que promove a troca de luminárias comuns por luminárias de LED, e ao Programa de Iluminação Pública Rural (Proluz), que atende os distritos de Porto Velho.


Fonte: Emdur

CN

Em apoio à iniciativa global, vacina contra a poliomielite é ofertada no Espaço Alternativo

Imunização é direcionada a crianças menores de cinco anos

Em apoio à Iniciativa Global de Erradicação da Poliomielite (GPEI), a Prefeitura de Porto Velho ofertou, no último domingo (24), Dia Mundial de Combate à Paralisia Infantil, a vacinação no Espaço Alternativo. As doses continuam disponíveis nas unidades de saúde da capital.

A iniciativa é de autoria do Rotary Club Madeira Mamoré, que anualmente promove o Dia D de vacinação contra a pólio. A imunização foi ofertada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

“A associação promove este dia a nível mundial e estamos mais um ano com eles ofertando essa vacinação seletiva fora das unidades de saúde”, explica Elizeth Gomes, gerente de imunização.

A vacina contra a poliomielite é direcionada a crianças menores de cinco anos. A dose, injetável ou em gota, é ofertada diariamente nas unidades básicas de saúde, sendo necessária a apresentação da carteira de vacinação da criança.

“Estamos seguindo a tendência internacional de erradicação da poliomielite. Somos os mobilizadores e apoiadores do poder público no combate à paralisia infantil”, afirma Maria Regina Azevedo, presidente da Rotary Club Madeira Mamoré, um dos clubes da Rotary International, associação que presta serviços humanitários e promove a erradicação da doença desde 1985 em todo o mundo.

Atualmente, o Brasil é um dos países que possui o certificado de erradicação do poliovírus, obtido pela Organização Pan-americana de Saúde (Opas) em 1994.

Fonte; Comdecom

CN

Ciclofaixas são implantadas no Espaço Alternativo em Porto Velho

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, o investimento total é de aproximadamente R$ 250 mil, incluindo placas, faixas de pedestres e sinalização horizontal.

A Prefeitura de Porto Velho está instalando no Espaço Alternativo uma ciclofaixa do lado direito da pista (sentido Aeroporto/Hospital de Base).

São dois quilômetros e 300 metros de ciclofaixa interligando o Aeroporto Governador Jorge Teixeira de Oliveira à ciclorrota Lauro Sodré e a Ciclovia direcionada ao Parque da Cidade.

A instalação da ciclofaixa foi iniciada no último sábado e deve ser concluída nos próximos dias. O investimento total é de aproximadamente R$ 250 mil, incluindo placas, faixas de pedestres e sinalização horizontal.

O objetivo é trazer mais segurança aos ciclistas e usuários do Espaço Alternativo, tanto nos momentos em que o local está com o trânsito aberto quanto fechado.

Conforme a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), agentes de trânsito atuarão no local diariamente com o objetivo de coibir infrações que comprometam a ciclofaixa e reforça o pedido à população para respeitar a sinalização.

Recentemente uma pesquisa realizada pelo Departamento de Mobilidade e Polos Geradores de Tráfego (DMOP), da Semtran, apontou que de um universo de 768 ciclistas, 70% informaram que fazem deslocamentos diários das zonas norte e leste para o centro da cidade. E 80% registraram que utilizam os veículos para fins esportivos, enquanto 20% utilizam as vias para ir trabalhar.

Tais dados chamam a atenção do município que vem se empenhando para ampliar de 22 quilômetros existentes de vias exclusivas para os ciclistas para 30 quilômetros até o final do ano.

Dos quilômetros já existentes, 4,5 estão sendo revitalizados na avenida Raimundo Cantuária e foram inseridos mais 4,5 quilômetros na Lauro Sodré e avenida Governador Jorge Teixeira de Oliveira, entre ciclofaixas e ciclorrotas. Também está em execução mais 1,2 quilômetro na Avenida Tiradentes.

Fonte: Semtran

CN

Moradores fazem filas para receber vacina contra covid no Espaço Alternativo

Foram atendidos o público de 12 anos para a primeira dose e o público da segunda dose.

As ações itinerantes de vacinação contra a covid-19 continuam acontecendo na capital. Na quarta-feira (1º), foi a vez do Espaço Alternativo se tornar um ponto de imunização para o público a partir de 12 anos receber tanto a primeira quanto a segunda dose do imunizante.

A vacinação começou no início da tarde e seguiu até a noite para que o maior número possível de pessoas pudessem se vacinar. Foi o caso do aposentado Gustavo Augusto de Oliveira, de 51 anos. Ele que tomou a primeira dose da Pfizer no dia 22 de junho, aproveitou a oportunidade para antecipar a segunda dose. “Isso prova que a vacinação está andando. Se isso acontecer em outros espaços de concentração de pessoas como aqui, vai ser ainda melhor. Quanto mais rápido for, melhor pra todos nós”, disse Gustavo, opinando sobre a ação que foi novidade no local.

 Kauan, 15 anos, recebeu a primeira dose da vacina
Kauan, 15 anos, recebeu a primeira dose da vacina



Na casa de Ellen, apenas o filho Kauan de 15 anos ainda não havia recebido a vacina. “Eu trouxe meu filho para vacinar porque a gente está se prevenindo dessa doença que tem causado muitas mortes. Eu tenho outro filho, de 17 anos, que já tomou a primeira dose e estou aguardando para receber a minha segunda”, disse a empresária.

Para dar mais alegria a quem passava pelo local, os artistas selecionados pela Fundação Cultural, Felipe Ferreira (voz e violão) e Alan Pop (DJ), se apresentaram próximo ao posto de vacinação.

“Hoje nós optamos em vir pra cá para poder atingir o público que gosta de esporte, pois é um público de jovens e ainda temos essa demanda”, disse a secretária Municipal de Saúde, Eliana Pasini.

A ação também contou com a arrecadação de alimentos da campanha Vacina contra a Fome, projeto coordenado pela primeira-dama, Ieda Chaves. “Estamos nos aproximando ainda mais da população pra facilitar a primeira ou segunda dose, além de receber as doações”, lembrou a primeira-dama.

Fonte: Semusa

CN

Prefeitura realiza vacinação contra Covid no Espaco Alternativo nesta quarta

Ainda na quarta-feira, segue a programação normal no Porto Velho Shopping, para primeira e segunda dose e na Faculdade São Lucas para segunda dose.

Excepcionalmente nesta quarta-feira (1º) não será realizado o drive-thru no Prédio do Relógio. A ação de vacinação será no Espaço Alternativo, das 17h às 21h, com atendimento exclusivo de pedestres na Ação Saúde Itinerante. No local, as equipes de vacinação, coordenadas pela Divisão de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), atenderão com a primeira dose o público a partir de 12 anos, e segunda dose de acordo com o cartão de vacinação, com a antecipação com intervalo de 60 dias para quem recebeu os imunizantes Pfizer e AstraZeneca.

OUTROS PONTOS

Ainda na quarta-feira, segue a programação fixa de atendimento à primeira e segunda dose no Porto Velho Shopping, das 10h às 19h, e para a segunda dose na Faculdade São Lucas, campus II, das 9h às 16h.

PROGRAMAÇÃO

1ª DOSE e 2ª DOSE
Local: 
Porto Velho Shopping
Endereço: Avenida Rio Madeira (atual Av. Pref. Chiquilito Erse), 3288, bairro Flodoaldo Flodoaldo Pontes Pinto – primeiro piso, Acesso E.
Horário: 10h às 19h; segunda a sexta-feira (30/08 a 03/09)
Público-alvo: 12 anos ou mais com cadastro no aplicativo SASI

1ª DOSE e 2ª DOSE

Local: 
Espaço Alternativo
Endereço: Avenida Jorge Teixeira
Horário: 
17h às 21h – quarta-feira (1º)
Público-alvo: 12 anos ou mais com cadastro no aplicativo SASI

2ª DOSE
Local: 
Faculdade São Lucas, Campus II (antiga Ulbra)
Endereço: Rua João Goulart, 666, bairro Mato Grosso
Horário: 9h às 16h; segunda a sexta-feira (30/08 a 03/09)

Fonte: Semusa

CN

Chuva forte na capital cancela vacinação no Espaço Alternativo

Uma tenda instalada no local acabou desabando.

A vacinação contra a Covid-19 no Espaço Alternativo, que estava programada para acontecer até 20h, foi cancelada pela prefeitura de Porto Velho por causa do temporal que atingiu a cidade.

Houve forte ventania entre 15h e 16h e a tenda instalada no Espaço Alternativo pela prefeitura acabou desabando. Imagens postadas nas redes sociais mostram como ficou a estrutura.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa) informou que as pessoas que retiraram as senhas para receber vacina no Espaço Alternativo poderão tomar o imunizante nesta segunda-feira (30) na faculdade São Lucas, Campus II, das 9h às 16h.

Também na próxima quarta-feira (1°) está previsto um drive-thru de imunização contra a Covid na capital.

O Sistema de Proteção da Amazônia havia previsto pancadas isoladas de chuva com trovoadas entre a tarde e à noite para Porto Velho, neste domingo.

Fonte: G1/RO

CN

Área do espaço alternativo enfrenta incêndios recorrentes em Porto Velho

Ainda não se sabe a origem do fogo, uma das suspeitas em apuração é que as chamas que tinham sido controladas no dia anterior voltaram a evoluir.

Incêndio registrado no Espaço Alternativo de Porto Velho em 5 de agosto de 2021 — Foto: Ruan Gabriel/Rede Amazônica
Incêndio registrado no Espaço Alternativo de Porto Velho

Incêndios recorrentes são registrados ao redor do espaço alternativo de Porto Velho. Na noite da última terça-feira (3), labaredas tomaram conta da área. O fogo só foi controlado na manhã de quarta-feira (4). Porém nesta quinta (5), próximo ao aeroporto internacional Governador Jorge Teixeira, as intensas chamas retornaram.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros, que trabalha na Infraero, chegou primeiro ao local e iniciou o combate ao fogo, mas no final da manhã também foi preciso apoio de outras equipes. Um dos momentos preocupantes foi quando a fumaça atingiu a região responsável em controlar os voos e onde também ficam os radares meteorológicos.

Ainda não se sabe a origem do fogo, uma das suspeitas em apuração é que as chamas que tinham sido controladas no dia anterior voltaram a evoluir.

Fonte: Rede Amazônica

CN

Semusb orientam ambulantes no Espaço Alternativo

Fiscais fiscalizam se as medidas de prevenção contra a Covid-19 estavam sendo cumpridas

Fiscais da Prefeitura de Porto Velho realizaram sexta-feira(12), uma operação no Espaço Alternativo, região norte da cidade. Eles conferiram e orientaram vendedores ambulantes e a população, sobre o cumprimento de medidas preventivas contra a pandemia da Covid-19, conforme estabelecido por decreto estadual e portaria municipal.

Os fiscais, funcionários da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), informaram os pequenos comerciantes sobre a importância de cumprir fielmente a Portaria, além do Decreto Estadual nº 25.859, de 6 de marços de 2021.

O dispositivo estabelece as diretrizes para o funcionamento do comércio ambulante em decorrência da vigência do sistema de distanciamento social controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à pandemia, causada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Conforme a portaria, o comércio ambulante deve funcionar entre às 6h até e 21h, de segunda a sexta-feira, sendo proibidas as atividades nos feriados entre 21h e 6h e aos fins de semana, das 21h de sexta-feira, até às 6h de segunda-feira.

“O nosso trabalho é evitar aglomeração de pessoas nos espaços públicos para reduzir o número de contaminações pela Covid-19. Orientamos os ambulantes sobre as atividades, conforme estabelece o decreto estadual e a portaria municipal”, explicou o gerente de Fiscalização da Semusb, Igor de Melo.

Os agentes de fiscalização percorreram toda a extensão do Espaço Alternativo para dar orientações. Além do Espaço Alternativo, outros espaços públicos também estão sendo verificados.



Fonte: Comdecom

CN

Prefeitura define projeto para regularização para atuação de ambulantes no Espaço Alternativo

O projeto atenderá duas categorias de ambulantes, aos que trabalham com a instalação de brinquedos e venda de alimentos de consumo imediato.

Resultado de imagem para espaço alternativo em porto velho ambulantes

A Prefeitura de Porto Velho está adotando medidas para melhorar as condições de trabalho aos mais de 90 ambulantes autorizados a atuar no Espaço Alternativo. As ações vão desde a regularização dos profissionais até as obras de infraestrutura.

O projeto, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), atende a duas categorias de ambulantes de forma igualitária. Aos que trabalham com a instalação de brinquedos e venda de alimentos de consumo imediato, a Semusb vai disponibilizar as calçadas e a pista central. Esses locais vão comportar, inicialmente, oito vagas que, por sua vez, podem alocar até três ambulantes cada, totalizando 24 profissionais com o devido distanciamento, para evitar aglomerações.

Na região do estacionamento, serão atendidos os demais profissionais que foram previamente cadastrados em 2018. “Foi feita uma fiscalização e esses ambulantes entraram com um pedido de licença. Por isso, a primeira parte do projeto visa atender a esse pessoal”, afirma Emerson Pereira do Nascimento, fiscal da Semusb.

Nesse local, a secretaria já realizou obras de terraplanagem, compactação do solo e pavimentação com brita para prevenção de alagações tanto aos futuros ambulantes quanto aos usuários do estacionamento.

“O projeto prevê a pavimentação, fornecimento de iluminação e posteamento para que cada ambulante tenha seu relógio individual. Para isso, já estamos em negociação com a Emdur”, explica Emerson.

Desde 2015, aproximadamente 93 ambulantes atuavam no Espaço Alternativo. Em 2018, a secretaria conseguiu pré-cadastrá-los e, agora, eles têm preferência no licenciamento do local.

“O cadastro, atualmente, não está aberto ao público. Estamos apenas regularizando quem já se encontra instalado. Dos 93 ambulantes citados, alguns desistiram. Faremos um novo levantamento na próxima quinzena para ver quem, de fato, continua lá e os novos que chegaram para que possamos regularizá-los. A ideia é não espalhar mais ambulantes no local”, afirma o fiscal.

O QUE PODE SER COMERCIALIZADO

A regra para atender os ambulantes estabelece que no meio do canteiro central poderão ser instalados brinquedos, como camas elásticas e afins.

Os ambulantes que comercializam alimentos para consumo imediato, como pipocas, algodão-doce e sorvetes, podem transitar entre a calçada e a pista principal, evitando o meio-fio e a via com tráfego de veículos.

Na área de alimentação ainda não há restrição de comércio. A única exceção será para vendedores de espetinho. “É necessário um cuidado para evitar transtornos. Vamos padronizar a coifa para que a fumaça seja dispersa o mais alto possível”, explica Emerson.

A secretaria lembra, ainda, que o consumo de alimentos não imediatos está proibido na pista central do Espaço Alternativo.

TRABALHO DURANTE O DECRETO

Atualmente, segundo a secretaria, não existe proibição para o comércio de ambulantes, mas há fiscalização no local para garantir o cumprimento dos protocolos de saúde, como distanciamento social e uso de máscaras.

Fonte: Comdecom

CN

Acidente grave com carreta causa morte de ciclista em Porto Velho

A vítima acabou sendo atropelada e foi arrastada por uns 40 metros, tendo o corpo dilacerado na Avenida Imigrantes.

A vítima transitava na Jorge Teixeira sentido ao Espaço Alternativo e acabou indo para debaixo da carreta que transitava no mesmo sentido e fez uma conversão à direita na Avenida Imigrantes.

O ciclista identificado como Julmar Vitório de Souza, 55, morreu esmagado após ser arrastado por uma carreta na manhã deste domingo (03) na Avenida Imigrantes, próximo da Av. Jorge Teixeira, bairro Industrial, em Porto Velho (RO).

A vítima acabou sendo arrastada por uns 40 metros e teve o corpo dilacerado. O motorista da carreta de 60 anos foi levado preso por homicídio culposo no trânsito. O teste de bafômetro feito nele deu negativo.

Fonte: Diário da Amazônia

CN

Fatal error: Uncaught ValueError: imagecreatetruecolor(): Argument #1 ($width) must be greater than 0 in /home/correiodenoticia/public_html/wp-content/plugins/ewww-image-optimizer/classes/class-eio-lazy-load.php:1111 Stack trace: #0 /home/correiodenoticia/public_html/wp-content/plugins/ewww-image-optimizer/classes/class-eio-lazy-load.php(1111): imagecreatetruecolor(-509, -286) #1 /home/correiodenoticia/public_html/wp-content/plugins/ewww-image-optimizer/classes/class-eio-lazy-load.php(630): EIO_Lazy_Load->create_piip(-509, -286) #2 /home/correiodenoticia/public_html/wp-content/plugins/ewww-image-optimizer/classes/class-eio-lazy-load.php(359): EIO_Lazy_Load->parse_img_tag('<img src="https...', 'https://i0.wp.c...') #3 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(307): EIO_Lazy_Load->filter_page_output('<!doctype html>...') #4 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/plugin.php(191): WP_Hook->apply_filters('<!doctype html>...', Array) #5 /home/correiodenoticia/public_html/wp-content/plugins/ewww-image-optimizer/common.php(337): apply_filters('ewww_image_opti...', '<!doctype html>...') #6 [internal function]: ewww_image_optimizer_filter_page_output('<!doctype html>...', 9) #7 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/functions.php(5275): ob_end_flush() #8 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(307): wp_ob_end_flush_all('') #9 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(331): WP_Hook->apply_filters('', Array) #10 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/plugin.php(476): WP_Hook->do_action(Array) #11 /home/correiodenoticia/public_html/wp-includes/load.php(1102): do_action('shutdown') #12 [internal function]: shutdown_action_hook() #13 {main} thrown in /home/correiodenoticia/public_html/wp-content/plugins/ewww-image-optimizer/classes/class-eio-lazy-load.php on line 1111