Bolsonaro exonera temporariamente Onyx e Tereza Cristina e garante mais dois votos para Lira

A eleição para a presidência da Câmara será na próxima segunda-feira, dia 1º.

Nesta sexta-feira, 29, o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, exonerou dois ministros: Tereza Cristina, da Agricultura, e Onyx Lorenzoni, da Cidadania.

Ambos são deputados federais pelo DEM e foram exonerados pelo presidente para que votem em Arthur Lira (PP-AL) na eleição para a presidência da Câmara na próxima segunda-feira, dia 1º.

O DEM integra o bloco do candidato de Rodrigo Maia, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), mas muitos deputados desse bloco já avisaram que irão votar em Arthur Lira (PP-AL).

Não se sabe ao certo quantos, mas estima-se que a maioria dos deputados do DEM votem em Lira.

E agora, mais dois reforços.

Uma “jogada de mestre”

Governo exonera Mansueto e nomeia Bruno Funchal para o Tesouro

A mudança já havia sido anunciada há um mês, em 15 de junho.

A edição desta quarta-feira (15) do Diário Oficial da União traz a exoneração de Mansueto Almeida do Tesouro Nacional e, para o seu lugar, a nomeação de Bruno Funchal. Haverá uma transição entre os dois e Funchal só deve assumir definitivamente o Tesouro no próximo dia 31. A mudança já havia sido anunciada há um mês, em 15 de junho.

O economista estava no cargo desde o governo de Michel Temer e alegava cansaço. Ele deve se transferir para a iniciativa privada. A exoneração, a pedido, foi assinada pelo ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto.Leia mais

O novo secretário do Tesouro Nacional está no serviço público desde 2017, quando assumiu a Secretaria da Fazenda do Espírito Santo no governo de Paulo Hartung. Sua passagem pelo cargo ficou marcada pela austeridade e pelo endurecimento do ajuste fiscal.

Funchal, de 39 anos, ocupava o cargo de diretor de programa da Secretaria de Fazenda do Ministério da Economia desde o início da gestão de Paulo Guedes. Funchal é bacharel pela Universidade Federal Fluminense e doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ). Tem pós-doutorado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). É professor titular da Fucape Business School e foi pesquisador visitante na Universidade da Pensilvânia.

Fonte: Congresso em Foco