Força Nacional começa a atuar a partir de hoje no Amazonas

Desde sábado, Manaus e outras cidades são alvos de ataques criminosos

Militares da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) deverão ser deslocados para o Amazonas, em apoio ao governo do estado, nas ações de combate ao crime organizado em Manaus e municípios do interior. A portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, autorizando o emprego da FNSP, está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (8).

De acordo com a portaria, os militares atuarão em atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, por 30 dias, a contar de hoje, data de publicação do documento. As ações serão em caráter episódico e planejado.

O documento diz ainda que a operação terá o apoio logístico do governo amazonense, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública. “O contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela diretoria da Força Nacional”.

Ataques em Manaus

Desde a noite de sábado (5), criminosos iniciaram uma série de ataques a prédios públicos em Manaus, entre eles uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Os marginais também atiraram contra a sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e incendiaram ao menos um caixa eletrônico na capital amazonense.

Novos ataques aconteceram na madrugada de domingo (6), quando ao menos 14 ônibus, duas viaturas policiais, um estabelecimento comercial e um transformador de energia elétrica foram incendiados na capital amazonense e prédios públicos e veículos depredados em outras cidades do estado.

Nessa segunda-feira (7), o governo do Amazonas informou a prisão de 31 suspeitos de envolvimento nos ataques criminosos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, acusados de liderar os ataques estão entre os presos.

Nas ações de policiamento, foram apreendidas uma arma de fogo e uma metralhadora. Além disso, 40 barreiras de fiscalização foram montadas na capital para realização de abordagens e vistorias de veículos. Cerca de 250 equipes das polícias Civil e Militar estão realizando rondas no estado.

Na noite de domingo, o governador do Amazonas, Wilson Lima, pediu ao Ministério da Justiça o envio de tropas da Força Nacional para reforçar o trabalho de combate ao crime organizado no estado.

Fonte: Agência Brasil

A força do Agronegócio em evidência em campanha publicitária

Banco da Amazônia – O parceiro do Agrossustentável na Amazônia

Com o tema ‘Agronegócio’, o Banco da Amazônia (BASA) dá início nesta semana à sua mais nova campanha publicitária. Integrada aos principais meios de comunicação do Brasil, como TV, portais, jornais, rádio, aeroportos e redes sociais. A campanha será veiculada a nível regional e nacional.

De acordo com a coordenadora de Comunicação o Banco, Ruth Helena Lima, a nova campanha mostra que o BASA possui soluções de crédito para os setores da economia da Amazônia, com ênfase para o setor rural e ainda pretende mostrar a importância e a força do Banco para o setor do agronegócio da Amazônia.

O BASA investiu somente no agronegócio até o final de 2020 mais de R$ 5,3 bilhões. Somente em crédito de fomento a Instituição destinou mais de 11 bilhões de reais somente em 2020 para a toda a Amazônia.

“O conceito da campanha é referendar que somos o principal parceiro do Agronegócio Regional e que somos o Banco que mais acredita na região Norte e no sonho de milhares de produtores, sempre apoiando projetos sustentáveis e contribuindo para o futuro da região”, afirmou.

O novo vídeo da campanha Parceria – A Semente do Amanhã na Amazônia encontra-se em https://www.youtube.com/watch?v=kYbnjSZo9ME.

Fonte: Assessoria

Israel vai responder com força a novos ataques com foguetes de Gaza, alerta Netanyahu

Palestinos comemoram cessar-fogo em meio às ruínas na Faixa de Gaza

“Exigimos um alto preço do Hamas após sua agressão insuportável”, afirmou nesta sexta-feira (21) o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Menos de 24 horas após o acordo de cessar-fogo entre Israel e o grupo palestino Hamas ter entrado em vigor, Benjamin Netanyahu fez novas declarações. O primeiro-ministro israelense afirmou que Tel Aviv atingiu a capacidade do Hamas de disparar e lançar mísseis e preveniu o grupo palestino sobre futuros ataques com foguetes.

Falando a repórteres nesta sexta-feira (21), Netanyahu apontou que “nem tudo é de conhecimento público ainda, nem do Hamas” e que “toda a gama de realizações [dos militares israelenses] será revelada ao longo do tempo”.

O primeiro-ministro israelense acrescentou: “Posso dizer que fizemos coisas novas e ousadas, se fosse necessário fazer uma invasão terrestre, teríamos feito, mas pensei que poderíamos atingir o objetivo de maneiras mais seguras”.

Palestinos comemoram cessar-fogo em meio às ruínas na Faixa de Gaza, 21 de maio de 2021
© REUTERS / MOHAMMED SALEM Palestinos comemoram cessar-fogo em meio às ruínas na Faixa de Gaza, 21 de maio de 2021
Cessar-fogo

O gabinete de segurança de Israel aprovou na quinta-feira (20) o cessar-fogo em Gaza após 11 dias de combate com o Hamas, colocando fim a 11 dias de intenso conflito entre as partes. Mediado pelo Egito, o acordo foi aprovado por unanimidade pelo gabinete de segurança de Israel.

O Hamas afirmou que vai observar seus termos, mas alertou estará “com os dedos no gatilho” e prometeu “continuar a expandir as capacidades da resistência [palestina]”.

Durante o conflito, cerca de 232 palestinos morreram, incluindo 65 crianças. Em Israel, cerca de 12 pessoas faleceram, incluindo duas crianças. As Forças de Defesa de Israel (FDI) declararam ter eliminado 160 combatentes palestinos.

Fonte: AP Photo / Sebastian Scheiner

Caças Israelenses e bombardeiros dos EUA fazem ‘demonstração de força’ ao Irã (Vídeo)

.

Força Aérea israelense escoltaram dois bombardeiros americanos B-52 através do espaço aéreo israelense.

No domingo (7), caças F-15 de Israel escoltaram dois bombardeiros B-52 norte-americanos no espaço aéreo israelense.

De acordo com as Forças de Defesa de Israel (FDI), o voo foi “parte da cooperação estratégica conjunta com as forças norte-americanas, que é fundamental para manter a segurança dos céus israelenses e do Oriente Médio”.

​Hoje (domingo), caças F-15 da Força Aérea israelense escoltaram dois bombardeiros americanos B-52 através do espaço aéreo israelense. O voo é parte da cooperação estratégica conjunta com as forças norte-americanas, que é fundamental para manter a segurança dos céus israelenses e do Oriente Médio.

As FDI não declararam diretamente que a manobra foi realizada para demostrar força para Irã, entretanto, o voo foi realizado em um momento de tensões elevadas entre EUA e Israel, de um lado, e Irã, de outro.

Enquanto isso, o ministro da Defesa do Irã, Amir Hatami, declarou que Teerã vai “arrasar Tel Aviv e Haifa”, as duas maiores cidades israelenses, caso tentem atacar a República Islâmica.

Anteriormente, o ministro da Defesa de Israel, Benny Gantz, revelou que Tel Aviv identificou “numerosos alvos” no Irã, cuja destruição potencialmente poderia comprometer a capacidade de Teerã desenvolver armas nucleares.

As forças do Comando Central do Exército dos EUA (CENTCOM, na sigla em inglês) intensificaram sua presença no Oriente Médio desde o ano passado, realizando missões para dissuadir o Irã.

No final de 2020, os EUA realizaram uma demonstração de força ao implantar o grupo de ataque do porta-aviões USS Nimitz na região e sobrevoar a área com dois bombardeiros B-52. O objetivo seria impedir Teerã de realizar qualquer ataque às forças dos EUA no primeiro aniversário do assassinato do general iraniano Qassem Soleimani pelos Estados Unidos, segundo a mídia.

Fonte: Sputnik

Acusado por corrupção, Paulinho da Força continua “driblando” o STF

Mesmo assim, a Suprema Corte diz que todas as providências necessárias estão sendo tomadas.

Desde 3 de abril do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) tenta notificar o deputado federal Paulinho da Força (Solidariedade), denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro a partir da delação feita por executivos da Odebrecht.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) tem o caso “nas mãos”, mas o processo “não anda” porque o deputado e o chefe de gabinete não são encontrados em nenhuma endereço de que a justiça tenha conhecimento.

Em nota, Paulinho da Força disse que não está evitando as notificações e que pode ser “facilmente” achado nos endereços oficiais e que o gabinete dele é o mesmo há 14 anos.

O Supremo afirma que cabe à secretaria judiciaria do Tribunal encontrar e informar os investigados para que apresentem defesa. Mas, há uma outra possibilidade de notificação por edital, quando a citação é publicada na internet, no site do Tribunal. Mesmo assim, a Suprema Corte diz que todas as providências necessárias estão sendo tomadas.

O parlamentar é acusado de receber R$ 1,8 milhão em dinheiro da Odebrecht para dissuadir eventos sindicais contrários aos negócios da empresas, além de incentivar a participação privada no setor de saneamento básico.

Fonte: JCO

‘Evaldo da Agricultura’ acredita na força da renovação

Evaldo da Agricultura aponta que a renovação nas fileiras de representantes do legislativo é a melhor opção

Em entrevista, ao jornal ‘Correio de Notícia’ na manhã desta sexta-feira, 28, o pré-candidato a vereador, Evaldo da Agricultura reafirma sua pré-candidatura a vereador pelo (PL), destaca a importância de renovação no Legislativo Municipal.

Ciente do atual quadro politico em Porto Velho e do sentimento popular em torno de novas opções que visem o desenvolvimento e a credibilidade e assim respaldar o trabalho dos agentes políticos a nível municipal, Evaldo da Agricultura aponta que a renovação dos representantes do legislativo é a melhor opção para que os portovelhenses possam voltar a crescer e sonhar com o desenvolvimento e reencontrar os verdadeiros ideais.

“Temos ouvido diariamente em nossas caminhadas por vários lugares do município, que é necessário que novos nomes surjam em nosso cenário politico, e esse sentimento tem nos dado força para seguirmos nosso caminho. Nosso projeto não surgiu de um desejo particular e sim de um chamamento feito pela comunidade, isso tem nos dado respaldo para colocar o nome a disposição da população que buscam resgatar a credibilidade no legislativo municipal.”

O Novo na política com Experiência

– A falência do sistema político Brasileiro torna urgente e necessário à renovação dos agentes políticos de plantão. “O Estado brasileiro foi apropriado por interesses privados de indivíduos que se distanciaram de suas obrigações constitucionais, de proteger e melhorar a vida de todos os cidadãos, independentemente de classe social, raça, cor ou credo”. A população está cansada da polarização. “O quadro atual mostra a necessidade da construção de novas alternativas com pessoas capacitadas para dialogar e conseguir bons frutos”, afirmou.

Sou novo na política, porém, com experiência em gestão pública. É isso que precisamos para melhorar o cenário político do nosso município. Todos os lugares por onde passei, todos os cargos que ocupei, sempre busquei dar o meu melhor para transformar a vida das famílias. Com esse objetivo, sou pré-candidato a vereador, pois sei que posso fazer muito mais pelo nosso povo, e juntos com todos vocês, iremos fazer a diferença, afirmou Evaldo.

Para ele, a renovação está ligada a práticas e valores. “Tem muitos políticos, nas Câmaras e nas Assembleias, que mesmo sendo jovens ou estreantes na política, reproduzem as mesmas práticas condenadas pela sociedade”. O povo têm razões para estarem preocupados: a desigualdade cresceu, o desemprego está em alta, além do grande acúmulo de crises: moral, política, econômica, saúde, educação e segurança, disse Evaldo.

da Redação/CN