Criança é agredida pelo tio em Cujubim, RO

Segundo a Sesau, o menino segue em estado grave respirando com ajuda de aparelhos.

A criança de 6 anos que foi agredida em Cujubim (RO), segue internada em estado gravíssimo no Hospital Infantil Cosme e Damião, em Porto Velho. Os tios são os principais suspeitos da agressão e estão presos segundo a Polícia Civil.

Conforme informações da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) a criança segue respirando com ajuda de aparelhos, fazendo uso de ventilação mecânica com parâmetros altos. Durante o último domingo (24), foi trocado o esquema de antibiótico, devido à piora radiológica e laboratorial.

Ainda segundo a Sesau, do ponto de vista neurológico, a condição da criança se mantém grave, em sedação contínua.

Um casal é suspeito de crimes de tortura, omissão de socorro e lesão corporal contra o sobrinho de 6 anos.

A tia informou à polícia que no dia 16 de abril a criança havia caído de uma escada. Após saber do ocorrido, o tio agrediu o sobrinho com um cipó. O casal era até então responsável legal pelo menino.

No dia seguinte da queda, a mulher contou que a criança amanheceu com os olhos arroxeados, chorando e reclamando de dores. No entanto, eles decidiram não procurar socorro devido as marcas pelo corpo da criança.

Na última segunda-feira (18), segundo ela, foi preciso chamar a equipe de socorristas, pois a criança perdeu os sentidos e ficou com a respiração comprometida.

Após o relato, a mulher recebeu voz de prisão. Já o tio fugiu do local levando o irmão da vítima, uma criança de 4 anos, e uma espingarda.

Prisão do tio

Foi preso em 19 de abril o jovem de 24 anos suspeito de ter agredido o sobrinho de 6 anos em Cujubim (RO). A informação foi repassada pela Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

O tio, responsável legal pela criança, havia fugido com um outro sobrinho, de 4 anos, irmão da vítima. Ele deve responder pelos crimes de tortura, omissão de socorro e lesão corporal.

Segundo o capitão Consalter, do 7º Batalhão da Polícia Militar, as buscas tiveram início logo após a polícia ter sido informada do crime.

“As buscas iniciaram tão logo a Polícia Militar tomou conhecimento de que a criança teria sido vítima de agressão, e não um acidente doméstico. As guarnições de Cujubim iniciaram as buscas para localizar o suspeito e resgatar essa criança [de 4 anos], pois as informações iniciais já eram de que ele estava em área de mata com essa criança e portando uma arma de fogo”.

O capitão também informou que uma preocupação da polícia durante as buscas era de que o tio “fizesse algo com o sobrinho de 4 anos”.

“As guarnições conseguiram capturar o suspeito e resgatar a criança, que aparentemente está com um estado geral de saúde preservado, embora com fome, com sede, cansada pela situação toda. Era uma preocupação muito grande da Polícia Militar que essa criança pudesse atrapalhar a fuga desse suspeito e eventualmente que ele tivesse uma postura agressiva e acabasse levando essa segunda criança a óbito pra garantir a sua fuga”.

Fonte: Assessoria

Em Ji-Paraná, mulher é morta a pauladas e tem pescoço degolado

O caso aconteceu no Bairro Primavera.

Beatriz Vanessa da Silva, 41 anos, foi morta a pauladas e teve o pescoço degolado na madrugada desta sexta-feira (26). O crime aconteceu no bairro Primavera, no município de Ji-Paraná.

De acordo com informações apuradas pela Polícia Militar, a vítima foi atacada por um homem que usava um capacete para não ser identificado.

A mulher foi brutalmente agredida a pauladas. O criminoso fez ainda um corte profundo no pescoço da vítima.

O assassino fugiu, e não foi localizado pela Polícia Militar. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Rondônia Agora

Jovem é executado com vários tiros em bar de Ariquemes, RO

Suspeitos fugiram.

Vídeo mostra bar em Ariquemes, RO, após morte de jovem de 26 anos. Imagens: Lussandro Regino/Rede Amazônica
Jovem é morto com 11 tiros em RO

Um jovem de 26 anos foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (4) em um bar localizado no Setor 9 em Ariquemes (RO).

Segundo a polícia, a vítima tinha acabado de chegar no bar quando foi surpreendida por dois suspeitos em uma motocicleta. O homem que estava na garupa da moto sacou a arma e atirou contra a vítima.

Baleado, o homem correu, mas foi atingido por mais tiros. Conforme informações da perícia, ao todo 11 tiros atingiram a vítima.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado para os primeiros socorros, mas o jovem não resistiu e morreu no bar.

Os suspeitos fugiram e ainda não foram localizados. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Dois Adolescentes sofrem acidente e motorista foge do local em Machadinho D’Oeste

Segundo testemunha, o motorista do veículo chamou o corpo de bombeiros e fugiu.

Carro ficou destruído após acidente em Machadinho (RO).  — Foto: Reprodução
Adolescentes, de 16 e 17 anos, ficam feridos após um acidente

Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, ficaram feridos após um acidente de trânsito na rua Canário do Reino, em Machadinho D’Oeste (RO), na madrugada deste sábado (11).

Eles estavam em uma motoneta quando foram atingidos por um veículo. Segundo investigações preliminares feitas pelos policiais que atenderam a ocorrência, o carro estava na contramão quando colidiu contra os adolescentes.

Uma testemunha informou à polícia que o motorista do veículo chamou o corpo de bombeiros e fugiu do local do acidente.

Um dos meninos teve múltiplas fraturas nas pernas e no fêmur, nos braços e nas costas. O outro quebrou o braço direito, teve múltiplas fraturas nas pernas e uma lesão no pulso. Eles foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Conforme descrito no boletim de ocorrência, “o local do acidente parecia uma cena de guerra devido a força do impacto do carro na moto”.

O motorista do veículo, suspeito de provocar o acidente e fugir do local, ainda não foi localizado. O carro dele, destruído, foi encontrado próximo das vítimas.

Fonte: Rede Amazônica

Cremero flagra mais dois falsos médicos em Porto Velho; suspeitos são mãe e filho

A falsa médica aproveitou para chamar o advogado e fugiu, já o filho o segundo falso médico, foi encaminhado para delegacia.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) descobriu na segunda-feira (30), após receber uma informação de dois falsos médicos atuando em Rondônia. No caso, uma mulher de 50 anos foi flagrada atendendo em uma clínica de saúde ocupacional, em Porto Velho, usando nomes e carimbos de outros médicos nos atendimentos. Ficou comprovado, ainda durante a fiscalização, o exercício ilegal da medicina, também, exercida por parte do filho da mulher flagrada.

Após ser informada que seria conduzida para delegacia, a falsa médica disse que iria chamar seu advogado e aproveitou para fugir do local. Já o filho, de 32 anos, que se identificou como responsável pela empresa, foi encaminhado para delegacia para prestar esclarecimentos.

Durante a fiscalização, na clínica foram encontrados vários medicamentos de uso hospitalar, como ampola de morfina, tramal, lidocaína etc. O lote dessas medicações atesta procedência do Hospital de Amor Amazônia, havendo possível desvio desses entorpecentes.

A equipe de fiscalização entrou em contato com a direção técnica do hospital e foi informada que não havia sido autorizado qualquer remoção de remédios para outro local, que possivelmente os remédios foram desviados por alguém.

O falso médico foi preso e responderá por diversos crimes, como falsidade ideológica, exercício ilegal da medicina e tráfico de entorpecentes.

Em julho, uma mulher que se passava por médica foi presa em flagrante, atuando no Hospital de Campanha de Covid, em Porto Velho.

O Cremero informa que só tem poder de atuação entre médicos legítimos e que casos de exercício ilegal da medicina, serão encaminhados para esfera criminal. Para ajudar na identificação de falsos médicos e coibir o exercício ilegal da medicina, o Cremero disponibiliza em seu site a seção “Busca por Médico”.

A iniciativa possibilita uma consulta simples por meio do nome ou do número de CRM do médico. A pesquisa informa a situação do registro, inclusive se ele está ativo, se foi cassado ou transferido para outro estado.

Fonte: Rondônia Agora

Moraes alega “risco de fuga” e nega habeas corpus a Daniel Silveira

“Daniel Silveira pediu asilo político a quatro países, enquanto estava atrás das grades e, ainda que todos os pedidos tenham sido recusados, ele acredita que o parlamentar deve tentar fugir do país”

Não leitor, a urgência da notícia não é pela informação de que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, negou o habeas corpus a Daniel Silveira, neste terça-feira (31)

A urgência se dá pois o mesmo habeas corpus pedido dezenas de vezes já foi ignorado anteriormente por ele, da mesma forma que o magistrado, acompanhado por seus pares, continuaram ignorando também o direito do deputado deixar a cadeia, após o pagamento de uma fiança para uma conta estabelecida pelo próprio Alexandre de Moraes, mas que acabou, olhem só, sendo inativada horas depois, com o respectivo estorno do depósito de R$ 100 mil reais levantados em uma vaquinha.

A urgência se refere ainda ao fato de que Alexandre de Moraes negou o hábeas corpus com a justificativa de que “Daniel Silveira pediu asilo político a quatro países, enquanto estava atrás das grades e, ainda que todos os pedidos tenham sido recusados, ele acredita que o parlamentar deve tentar fugir do país”.

Mas é urgente também o que temos visto por parte da Câmara dos Deputados, que assiste, inerte, a toda ordem de desrespeito a um deputado afrontado, censurado e violentado em todos os seus direitos, sendo acusado de crime que não se comprova diante do que diz a Constituição Federal.

E é URGENTE que o STF explique como é possível que um traficante e perigoso chefe da organização criminosa PCC, conhecido como André do Rap, foi solto por esta mesma Corte, sem que considerassem que ele “pudesse fugir”.

Respondam, com urgência, onde está André do Rap, pois Daniel Silveira, todos sabemos onde está, como está e, ainda que não tenham explicado de forma convincente e legal, por quê está?

Foto de Uélson Kalinovski

Por Uélson Kalinovski*

* Uélson é Jornalista desde 1996, com especialização em Ciência Política e mais de uma década de experiência na cobertura dos temas nacionais, em Brasília. Executivo da produtora UK Studios, em Jundiaí/SP. ukalinovski@gmail.com / Uelson Kalinovski (Facebook e YouTube) / @uelsonkalinovsk (Twitter)

Mais uma fuga no presídio de Ariquemes; ao menos dez presos fugiram nesta terça-feira

Segundo o delegado uma recontagem será feita no local.

Uma tentativa de fuga em massa aconteceu na manhã desta terça-feira (17) no Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO). Segundo o delegado Rodrigo Camargo, ainda não se sabe o número total de fugitivos, mas que ao menos dez escaparam.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o delegado explicou que uma recontagem será feita no local, para que os agentes penitenciários precisem o número de fugitivos.

Delegado confirma tentativa de fuga em massa de presídio em Ariquemes:

Um pedido de alerta foi feito pelo delegado, aos motoristas que trafegam na BR-364, entre Ariquemes e Porto Velho. O Delegado Rodrigo Camargo pediu que “a população redobre a atenção no deslocamento”.

*Reportagem em atualização.

Fonte: Assessoria

Colisão na BR-364, mata educadora e deixa três pessoas feridas em RO

Segundo a PRF, o motorista de um dos veículos que teria provocado o acidente ao ultrapassar fugiu do local.

Uma colisão entre carros na BR-364, matou uma pessoa e deixou três feridas durante a tarde de domingo (25) no Candeias do Jamari (RO). A vítima fatal do acidente foi identificada como Raimunda Pereira, professora do Colégio Classe A de Porto Velho.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a professora estava em um Gol (sentido Cuiabá) e o outro veículo, um Vectra, seguia na pista contrária (sentido Porto Velho).

A PRF diz que, em determinado momento, ambos os veículos ficaram na mesma faixa de rolamento durante uma ultrapassagem e, com fim de evitar uma batida, os dois motoristas se direcionaram ao acostamento da pista, porém ainda acabaram colidindo frontalmente.

Após o impacto, um incêndio se iniciou no carro Vectra e outros condutores que passavam pela BR-364 conseguiram retirar a professora do Gol, a fim de evitar outro incêndio.

A educadora Raimunda Pereira foi levada a uma unidade de saúde, mas, devido aos ferimentos, acabou não resistindo. Outras três pessoas, parentes de Raimunda, ficaram feridas no acidente e foram socorridas com ferimentos leves.

Conforme o Corpo de Bombeiros, que atendeu o acidente, a professora teve três paradas cardíacas no hospital e por isso não resistiu. O esposo da educadora segue internado no João Paulo II, em Porto Velho.

Condutor do carro Vectra fugiu após acidente que terminou com incêndio — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Condutor do carro Vectra fugiu após acidente que terminou com incêndio

Já o motorista do Gol, que era sobrinho do casal, foi atendido e liberado. Uma criança que estava no carro quebrou a perna e foi transferida para o hospital Cosme Damião.

Segundo a PRF, o motorista do Vectra que teria provocado o acidente ao ultrapassar fugiu do local.

Fonte: Rede Amazônica

Bandidos furtam lanchonete, e um acaba sendo preso e linchado por populares em RO

suspeito acabou sendo levado para o Hospital João Paulo II, e o outro conseguiu fugir.

Na noite de terça-feira (29), populares espancaram um criminoso, após assaltar e assediar sexualmente duas jovens em uma lanchonete, localizada na Rua Geraldo Siqueira, Bairro Conceição, na Zona Sul de Porto Velho.

De acordo com a ocorrência, o suspeito e um comparsa chegaram ao local armados, anunciaram o assalto e ordenaram que todos deitassem no chão.

Em seguida, os assaltantes roubaram 7 aparelhos celulares, dinheiro das vítimas e ainda assediaram duas funcionárias da lanchonete, passando as mãos nas partes intimas das jovens. Em seguida fugiram.

No entanto, no meio da fuga, a dupla foi abordada por populares, e um deles começou a ser espancado, tendo o braço faturado e com lesões na cabeça.

Ele foi encaminhado para o Hospital João Paulo II, e o outro conseguiu fugir em um carro.

Foi constatado que os bandidos utilizaram uma arma de brinquedo, e os objetos roubados das vítimas e o dinheiro não foram recuperados.

Fonte: Rondônia Agora

Sete presos fogem do Centro de Ressocialização de Ariquemes ; um foi recapturado

A fuga aconteceu durante o banho de sol.

Na sexta-feira (18) uma fuga foi registrada no Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO). Pelo menos sete detentos conseguiram escapar da unidade de acordo com o Sindicato dos Policiais Penais e Agentes de Segurança Socioeducativos do Estado de Rondônia (Singeperon).

Durante a manhã, aproximadamente 50 presos estavam no banho de sol em uma área de 40 m². No local há uma grade que os detentos forçaram, cederam as barras de ferro e conseguiram chegar até o pátio do Centro de Ressocialização.

Após isso os policiais penais interceptaram a ação, mas pelo menos sete detentos conseguiram fugir.

“Essa fuga foi bem diferente de todas as outras porque foi no período diurno e no horário de banho de sol. Geralmente as fugas acontecem no período da madrugada quando os presidiários serram as grades e pulam os alambrados. Se não fosse a ação rápida dos policiais penais aproximadamente 50 presos poderiam ter fugido”, informou Clebis Dias, representante do Singeperon.

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) confirmou que sete presos empreenderam fuga e um deles foi recapturado.

Em nota, a secretaria informou que o ocorrido é objeto de apuração pela corregedoria da Sejus e a equipe de inteligência da secretaria está trabalhando em conjunto com a Polícia Civil para recapturar os foragidos.

Inaugurado há pouco mais de três anos, o Centro de Ressocialização de Ariquemes já acumula um extenso histórico de fugas e superlotação. Com 198 vagas no projeto, na mesma semana da inauguração, o presídio já foi ocupado por mais de 400 presos.

Fonte; G1/RO

%d blogueiros gostam disto: