Unidade de Saúde da Família do Aponiã é reinaugurada

Foram investidos cerca de R$ 180 mil na reforma da unidade de saúde

Após passar por obras de reforma que duraram seis meses, a Unidade de Saúde da Família (USF) do Aponiã foi entregue, ontem sexta-feira (11), aos moradores da região. As melhorias feitas pela Prefeitura de Porto Velho nas instalações foram na parte estrutural e na ampliação da sala de espera. O investimento foi de cerca de R$ 180 mil.

Para o prefeito Hildon Chaves, o novo ambiente oferecerá mais conforto, dignidade e respeito à população. outras unidades de saúde estão com processo adiantado ou já estão em reforma. “É nossa obrigação atender e melhorar ainda mais a saúde, apesar de estarmos num momento atípico e de dificuldades em virtude da pandemia de Covid-19”, acrescentou.

A USF do Aponiã atende mais de 12 mil pessoas, de acordo com os dados do e-SUS Atenção Básica, e recebeu recursos oriundos de emenda parlamentar do ex-deputado federal Lindomar Garçom e contrapartida do município para as obras. “Nesta região cerca de 5 mil famílias precisam desta unidade. Durante o período de obras, muitas buscavam atendimento na escola da região. A partir de agora, vamos oferecer mais qualidade, pois a parte hidráulica e elétrica foi substituída”, disse a secretária municipal de Saúde (Semusa), Eliana Pasini.

A Unidade de Saúde da Família (USF) do Aponiã está localizada na Rua Andréia, nº 5383. No local, estão disponíveis os serviços de exames laboratoriais, farmácia básica, imunização e visita domiciliar, feitas pelos agentes comunitários. Além destes, médicos especializados em clínica geral, enfermeiros e dentistas também estarão atendendo aos pacientes.

A cerimônia de inauguração contou com a participação da deputada federal Mariana Carvalho, do secretário municipal de Governo (SGG), Fabricio Jurado e do secretário adjunto Devanildo Santana; da secretária de Resolução Estratégica de Convênios e Contratos (Semesc), Rosineide Kempim, além dos vereadores Dr. Junior Queiroz, Paulo Tico, Everaldo Fogaça e Wanoel Martins.

Fonte: Comdecom

Estátua em homenagem a Manelão “da Banda do Vai Quem Quer” é inagurada em Porto Velho

A estátua em homenagem a Manelão foi construída na praça do Mercado Cultural

O fundador do bloco Banda do Vai Quem Quer, empresário Manoel Mendonça, o “Manelão”, foi homenageado com uma estátua, inaugurada num dos locais mais representativos da cultura e dos costumes da cidade: a Praça do Mercado Cultural. A cerimônia aconteceu na noite de sexta-feira (28), e contou com a presença do prefeito Hildon Chaves, da primeira-dama Ieda Chaves, artistas e lideranças locais.

O evento marcado por emoção foi classificado como um resgate da cultura. A praça ganhou uma nova referência como marco histórico e turístico.

O prefeito Hildon Chaves destacou que não é possível falar em cultura na capital sem lembrar-se do saudoso “Manelão”, o general da Banda. “Estamos eternizando este personagem tão importante da nossa história e para os brincantes da Banda do Vai Quem Quer e do nosso carnaval”, disse.

A escultura foi feita pelo artista plástico Bruno Souza, que já tem outras obras na cidade, como o Memorial dos Seringueiros.

Siça, filha de Manelão, ficou emocionada com a homenagem

Sicília Andrade, a Siça, filha do “Manelão” e atual presidente da banda, disse que ficou emocionada com a homenagem. Segundo ela, o sentimento é o mesmo dos sábados que antecedem o desfile da banda pelas ruas da cidade com milhares de foliões.

“Ele lutou pela cultura de Porto Velho por 30 anos e, exatamente no ano em que completa 10 anos de sua morte, recebe essa homenagem. Deixo aqui um agradecimento em nome da banda, dos familiares, dos amigos e dos foliões. Meu pai não será esquecido”, acrescentou a presidente da banda.

A estátua está localizada na Travessa Cultural Manelão e apresenta o homenageado sentado na cadeira que mantinha ao seu lado, na sede do chaveiro Gold, sua empresa.

Para garantir mais conforto aos usuários da Calçada Manelão, a Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur) concluiu a restauração da iluminação no entorno do Mercado Cultural.

O evento contou com a presença do secretário Geral de Governo (SGG), Fabrício Jurado, do secretário adjunto da SGG, Devanildo Santana, do presidente da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), Márcio Miranda e diversos ativistas culturais.

Fonte: Comdecom

Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

Tecnologia funcionará em fase experimental numa fazenda em Mato Grosso

O Brasil já tem instalada a sua primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G). A tecnologia funcionará, ainda em caráter experimental, na fazenda modelo do Instituto Mato-Grossense de Algodão (IMAmt), em Rondonópolis (MT). A expectativa é que, no futuro, quando esse tipo de conexão for disponibilizado em larga escala, ajude o produtor brasileiro a reduzir custos e ganhar produtividade, com o auxílio de drones, chips e GPS [sistema de posicionamento global].

Ao conectar objetos do cotidiano – como eletrodomésticos, smartphones, roupas e automóveis – à internet (e entre si), essa tecnologia permitirá até mesmo a realização de procedimentos médicos delicados a distância, além de sistemas de direção automática de carros e as mais diversas tecnologias de automação e inteligência artificial, inclusive para a agricultura, a indústria e as cidades.

No caso da agricultura, ela possibilitará, entre outras possibilidades, a transmissão em tempo real de imagens em alta definição de plantações para acompanhamento a distância de uma equipe técnica. Máquinas como tratores poderão funcionar de forma mais autônoma. Além disso, informações precisas sobre o comportamento e a saúde de animais poderão ser obtidas de forma bem mais detalhada, bem como sobre as condições climáticas.

Redução de custos e de perdas

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a digitalização do agronegócio reforçará o papel do Brasil como “protagonista no cenário mundial de produção de alimentos a partir da redução de custos e diminuição de perdas na produção”, levando, inclusive, cidadania, conhecimento e oportunidades aos produtores rurais de áreas remotas.

Em nota, o Ministério da Agricultura explicou que o monitoramento remoto, a partir de sensores, permite a medição da temperatura e a avaliação das condições hídricas imediatas na plantação. “Em simulação, foi possível acionar a irrigação em determinada área mesmo a quilômetros de distância”, acrescentou.

Durante a inauguração da antena, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que o leilão das frequências de operação da nova geração de internet móvel trará “melhoria no social, ambiental e na produtividade do agro brasileiro”.

Também presente na inauguração, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que, assim como a quarta geração de internet (4G) revolucionou a vida das pessoas, o 5G vai revolucionar as indústrias. “Para o agronegócio, será um avanço gigantesco. O 5G vai fazer o nosso agro crescer 20% em média”, finalizou.

Fonte: Kleber Sampaio A/B

Ao Vivo: Bolsonaro inaugura Ponte do Abunã sobre Rio Madeira em Rondônia

Com 1.517 metros de extensão, a Ponte do Abunã é a segunda maior em água doce do Brasil. A obra começou em 2014, mas teve diversas paralisações. O investimento total foi de R$ 148 milhões.

  • Acompanhe agora ao Vivo:

A Ponte sobre o rio Madeira foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (7) no distrito de Abunã em Porto Velho. Dezenas de moradores acompanharam a cerimônia.

A cerimônia, que contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, o Governador Marcos Rocha e reuniu centenas de pessoas.

A obra é uma das maiores já erguidas pela engenharia na Amazônia. São 1,5 km de extensão e mais de 14 metros de largura. A ponte possui duas pistas de rolagem, acostamento em ambos os lados e passarela para pedestres.

Centenas de pessoas começam a se aglomerar na inauguração da Ponte do Abunã, em Rondônia
Inauguração da Ponte Sobre o Rio Madeira Em RO

Centenas de pessoas começaram a chegar no local da cerimônia de inauguração da Ponte do Abunã, em Rondônia. Muitas não estão respeitando o distanciamento social e causando aglomeração.

A cerimônia estava prevista para iniciar 11h30 (de Brasília).

Após sete anos de espera, as obras da Ponte foram concluídas no distrito de Abunã, em Porto Velho. A ponte vai facilitar o acesso ao estado do Acre, que em 2014, ficou isolado depois que a cheia do rio Madeira alagou boa parte da BR-364.

Fonte: Assessoria