9ª Rondônia Rural Show movimenta mais de R$ 2 bilhões e supera expectativas da organização

O valor superou as expectativas da organização, que esperava movimentar cerca de R$ 1 bilhão durante os seis dias de evento.

A 9ª edição da Rondônia Rural Show movimentou R$ 2,6 bilhões em negócios, segundo anúncio feito pelo Governo de Rondônia no último sábado (28). O valor superou as expectativas da organização, que esperava movimentar cerca de R$ 1 bilhão durante os seis dias de evento.

Depois de dois anos parada, por causa da pandemia da Covid-19, a Feira Internacional, considerada uma das maiores da região norte, bateu recorde de público e movimentações financeiras.

De acordo com a administração estadual, mais de 232 mil pessoas visitaram o Parque Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná (RO), entre os dias 23 e 28 de maio, também superando as expectativas quanto ao número de visitantes.

Durante o evento, o governo informou que para a 10º edição, o espaço para tecnologias, inovação e negócios para o agro será ampliado. Além disso, também foi anunciado a data da edição de 2023, que deve acontecer entre 22 a 27 de maio.

Relembre os valores movimentados na feira nos anos anteriores:

  • 1ª edição, em 2012, a feira movimentou R$ 186 milhões;
  • 2ª edição, em 2013, R$ 294 milhões;
  • 3ª edição, em 2014, R$ 530 milhões;
  • 4ª edição, em 2015, R$ 621,6 milhões;
  • 5ª edição, em 2016, R$ 485,2 milhões;
  • 6ª edição, em 2017, R$ 660 milhões;
  • 7ª edição, em 2018, R$ 533 milhões;
  • 8ª edição, em 2019, R$ 700 milhões;
  • 9ª edição, em 2022, R$ 2,6 bilhões.

Fonte: Assessoria

CN

Durante 9ª Rondônia Rural Show, investidores de Israel anunciam projeto para impulsionar a piscicultura do Estado

Vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil Israel, Jack Magid fez apresentação do projeto Pride Tambaqui de Rondônia

Projeto de valorização do tambaqui em Rondônia impressiona público da feira

Ocupando o 3º lugar como maior produtor de peixes do Brasil e sendo líder na produção de peixes nativos em cativeiro no país e também na produção de tambaqui  de acordo com o Anuário da Piscicultura 2022 da Associação Brasileira da Piscicultura – PEIXE BR, Rondônia deu um passo importante para alavancar a piscicultura nesta terça-feira (24) com o anúncio do projeto “Pride”, de iniciativa de investidores de Israel, que trata-se da implantação de um Centro de Conhecimento Sustentável para ajudar a cadeia produtiva de peixes, especificadamente o tambaqui, a se fortalecer.

O investimento total do empreendimento é estimado em U$ 80 milhões de dólares. A projeção é que sejam gerados nos primeiros seis meses, 50 postos de trabalho, e que em um ano alcance 100 pessoas. Entre 5 a 7 anos, a expectativa é alcançar 5 mil postos de trabalho. O “Pride” tem como meta implantar um restaurante de tambaqui de Rondônia em Nova York até 2023 e triplicar a produção até 2028.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, destacou o orgulho de Rondônia em receber grandes negócios como esse que aproveita a vocação do Estado para impulsionar a economia e trazer mais qualidade de vida aos rondonienses e ressaltou o compromisso do Estado no fortalecimento de políticas públicas que ajudam no desenvolvimento rondoniense.

”O Governo busca trabalhar em conjunto para gerar mais empregos e renda para nossa gente, somando para ajudar no fortalecimento das cadeias produtivas”, pontua ao destacar que o empreendimento deve receber apoio do Fundo de Investimento e Desenvolvimento Industrial do Estado de Rondônia (Fider).

O secretário de  Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Avenilson Trindade, destacou que o “Pride” é o case de sucesso do programa de atração de desenvolvimento do Governo, o “Invest Rondônia”. ”Esse projeto consolida a política pública de atração de investimentos de Rondônia, ao prospectar um empreendimento que contempla a aptidão do Estado. Somos um dos maiores produtores de tambaqui do país, um produto muito saboroso. Acreditamos que o “Pride” irá transformar a cadeia de peixes de Rondônia, e também a economia do Estado”.

”Rondônia tem o melhor peixe do mundo e estamos juntando as pontas para levar esse melhor peixe do mundo para o mundo. Nesse centro de conhecimento os produtores serão treinados para atender o padrão internacional, o que abrange a certificação e homologação do tambaqui para os países importadores, a logística adequada a cada mercado e o marketing adequado a cada país”, informa Jack Magid.

PISCICULTURA DE RONDÔNIA

– Rondônia é o 3º maior produtor do Brasil;

– É o maior produtor de peixes nativos em cativeiro  do Brasil;

– As maiores cidades produtoras estão na região central e Vale do Jamari;

– Em 2021, a produção de peixes nativos em Rondônia foi de 59.600 toneladas;

– A principal espécie produzida é o tambaqui. A produção desta espécie representa 90% da produção do Estado;

– Nos últimos três anos, Rondônia exportou 193.900 toneladas de tambaqui.

– O tambaqui ocupa a 3ª posição nas exportações de pescado do Brasil;

Fonte: Seagri

CN

Prefeitura investe em novos ônibus para atender a população em Porto Velho

Mudança busca otimizar o transporte coletivo em horários de pico

Mais ônibus entram em circulação a partir desta terça-feira (26) para reforçar o transporte público de Porto Velho. A mudança reforça opções aos usuários do sistema e atende a demandas em regiões estratégicas da capital.

Com os novos veículos, os horários sofrerão alterações, reduzindo o tempo de espera e otimizando o transporte coletivo municipal, principalmente nos horários de pico.

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran), foi autorizada a inclusão de mais veículos nas seguintes linhas: 110 – São Francisco, 111 – Ulisses via Tancredo Neves, 113 – Pres. Roosevelt, 114 – Orgulho do Madeira, 117 – Guajará, 214 – Cohab Floresta e 116 – Esperança da Comunidade. Também entraram mais dois veículos (ônibus e microônibus) na linha Campus Unir para atender o retorno presencial das aulas no campus da BR-364.

As mudanças já estão disponíveis para verificação dos usuários no Portal da Semtran, no Portal da COM Porto Velho e aplicativo CittaMobi.

Fonte: Semtran

CN

Hildon Chaves anuncia investimento de mais de R$ 17 milhões no bairro Igarapé

Serviços de drenagem e pavimentação vão contemplar cerca de 10 quilômetros de ruas

A comunidade esteve reunida, na noite de quarta-feira (20), com o prefeito Hildon Chaves e soube das melhorias que serão realizadas no bairro.

Durante o encontro solicitado pelos populares para a apresentação de demandas, o prefeito anunciou um pacote de obras de aproximadamente 10 quilômetros de asfalto, contemplando 19 ruas do bairro.

Antes de tudo, o prefeito explicou aos moradores que a demanda já havia sido identificada pela Prefeitura e que em 2020 chegou a licitar a obra que seria custeada com emenda federal e recursos próprios, mas o processo foi suspenso.

O pacote que tem prazo de execução de 18 meses contempla as ruas Alba, Bom Jardim, Chapada dos Parecis, Chirlene Viviane, Cristina, Elizio Brandão, Francisco Barros, Inglaterra, José Fona, Maria de Lurdes, Pablo Picasso, Santo Amaro, Vera, Ana Nery, Fabia/Rua Leda, Coelho, Machado de Assis, Panteon, Wilman e um trecho da avenida Guaporé. Estão previstos os serviços de drenagem profunda e superficial, com meio-fio e sarjeta, pavimentação e execução de passeio. A obra está prevista para iniciar no mês de maio.

“Vai ser executado o projeto e nós estamos felizes. Esperamos por muitos anos por essas melhorias, eu moro há 40 anos no bairro e estaremos acompanhando de perto, como já estamos fazendo desde o início”, comemorou Marcos Juvenicio, morador da rua Alba.

O prefeito, que estava acompanhado do vice-prefeito, Maurício Carvalho, e do secretário municipal de Obras e Pavimentação (Semob), Diego Lage, fez ainda o compromisso de executar melhorias nas demais ruas do bairro que não foram contempladas pelo projeto, a fim de entregar o serviço de forma completa. “Nos últimos 25 anos cada prefeito fez uma média de 40 quilômetros a cada mandato, nós conseguimos na primeira gestão fazer 250 quilômetros, algo que ninguém nunca fez e assim vamos continuar trabalhando”, concluiu Hildon.

Também participaram da reunião o presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, vereador Edwilson Negreiros, vereador Carlos Damasceno, vereador Gilber, o subsecretário Geral de Governo (SGG), Devanildo Santana, e o secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Alexandro Pincer.

Fonte: Comdecom

CN

Senado aprova PEC de investimentos para o setor de transporte

Segundo relator, volume de investimentos no setor ainda é insuficiente

O Senado aprovou, na noite de ontem (9), uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que possibilita mais investimentos no setor de transportes a partir de de concessões à iniciativa privada. A PEC prevê que e 70% de todos os recursos que forem arrecadados com contrapartidas por concessões, permissões ou autorizações onerosas decorrentes de infraestruturas de transportes da União somente poderão ser aplicados no próprio setor. Agora, o texto segue para a Câmara.

O relatório de Jayme Campos (DEM-MT) explica que há previsão de que os recursos gerados para o setor com essa PEC a devem ser de menos do que R$ 7 bilhões por ano. “Esse montante é ligeiramente inferior aos R$ 8 bilhões que o Governo Federal investiu em infraestrutura de transportes em 2021, volume que, cabe destacar, é muito baixo e insuficiente para as necessidades do país”, afirmou Campos.

Na avaliação do relator, a infraestrutura nacional é “precária” e não está no patamar exigido pelas necessidades do país. Ele ressalta que o investimento público é limitado e que vários contingenciamentos dos investimentos previstos acabam por paralisando obras e aumentando seus custos.

“[A PEC] oferece uma espécie de piso garantido que assegure um mínimo de continuidade aos programas de investimento de transportes, de forma a evitar que as regras do teto de gastos, no futuro, comprimam seu orçamento para além do aceitável”, disse o relator em seu parecer.

Fonte: Pedro Ivo de Oliveira A/B

CN

Programa Proled começa a ser implantado nas avenidas de Porto Velho

Na primeira etapa do programa serão investidos R$ 15 milhões

A iluminação pública da capital de Rondônia começa a ganhar um novo formato de modernização nas principais avenidas com um investimento de R$ 2,5 milhões nesta primeira etapa do Programa de Eficiência Energética (Proled), iniciado na última sexta-feira (24), pela Prefeitura de Porto Velho, para reduzir custos e melhorar a eficiência.

Na noite de sexta, a avenida José Amador do Reis, entre a Amazonas e Rua Quatro de Outubro, recebeu 45 servidores da Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur), distribuídos em nove equipes, que realizaram a troca das luminárias de vapor de sódio e metálico por luminárias de led.

De acordo com o presidente da Emdur, Gustavo Beltrame, a principal melhoria da implantação das lâmpadas de led é a economia, de até 85%, na conta de iluminação pública. “Somente na José Amador dos Reis, a economia será de R$ 108 mil por ano, com as trocas dos 99 pontos de iluminação. Atualmente a despesa anual é de R$ 171 mil”, explica .

Além da economia, outro ponto importante é a vida útil e a manutenção. “Também tem o custo benefício da empresa, a vida útil do equipamento de led chega a ultrapassar as 50 mil horas, enquanto as de vapor metálico ficam em torno de 20 mil horas. Dando uma durabilidade maior e reduzindo os trabalhos de manutenção. As led tem garantia de oito anos”, acrescenta o presidente da Emdur.

Beltrame ressaltou ainda que a luminosidade da lâmpada de led é maior e as vias vão ficar bem iluminadas e proporcionar mais segurança. “É mais um importante serviço que o prefeito Hildon Chaves entrega à população”, destacou.

Gustavo Beltrame agradeceu o apoio dos fiscais de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran), que realizaram os trabalhos de orientação no local.

SERVIÇO

A avenida Lauro Sodré também recebeu o serviço de troca de lâmpadas de vapor metálico por led, encerrando os trabalhos do final de semana da Emdur com 211 pontos de lâmpadas substituídos, que além de gerar economia para os cofres públicos, preserva o meio ambiente, pois o novo sistema consome menos energia.

Nos próximos dias, a Emdur irá realizar os trabalhos nas avenidas Farquar e Calama.

Fonte: Emdur

CN

Ciclofaixas são implantadas no Espaço Alternativo em Porto Velho

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, o investimento total é de aproximadamente R$ 250 mil, incluindo placas, faixas de pedestres e sinalização horizontal.

A Prefeitura de Porto Velho está instalando no Espaço Alternativo uma ciclofaixa do lado direito da pista (sentido Aeroporto/Hospital de Base).

São dois quilômetros e 300 metros de ciclofaixa interligando o Aeroporto Governador Jorge Teixeira de Oliveira à ciclorrota Lauro Sodré e a Ciclovia direcionada ao Parque da Cidade.

A instalação da ciclofaixa foi iniciada no último sábado e deve ser concluída nos próximos dias. O investimento total é de aproximadamente R$ 250 mil, incluindo placas, faixas de pedestres e sinalização horizontal.

O objetivo é trazer mais segurança aos ciclistas e usuários do Espaço Alternativo, tanto nos momentos em que o local está com o trânsito aberto quanto fechado.

Conforme a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), agentes de trânsito atuarão no local diariamente com o objetivo de coibir infrações que comprometam a ciclofaixa e reforça o pedido à população para respeitar a sinalização.

Recentemente uma pesquisa realizada pelo Departamento de Mobilidade e Polos Geradores de Tráfego (DMOP), da Semtran, apontou que de um universo de 768 ciclistas, 70% informaram que fazem deslocamentos diários das zonas norte e leste para o centro da cidade. E 80% registraram que utilizam os veículos para fins esportivos, enquanto 20% utilizam as vias para ir trabalhar.

Tais dados chamam a atenção do município que vem se empenhando para ampliar de 22 quilômetros existentes de vias exclusivas para os ciclistas para 30 quilômetros até o final do ano.

Dos quilômetros já existentes, 4,5 estão sendo revitalizados na avenida Raimundo Cantuária e foram inseridos mais 4,5 quilômetros na Lauro Sodré e avenida Governador Jorge Teixeira de Oliveira, entre ciclofaixas e ciclorrotas. Também está em execução mais 1,2 quilômetro na Avenida Tiradentes.

Fonte: Semtran

CN

Governo de Rondônia entrega nova frota de veículos para atendimento das ações do DER

O investimento da nova frota faz parte dos recursos do Fundo da Infraestrutura de Transportes e Habitação (Fitha).

O Governo de Rondônia oficializou no domingo (25), a entrega de 31 camionetes e três caminhões basculantes que irão atender as 14 Residências e seis Usinas de Asfalto do Departamento de Estradas de Rodagem e Transporte (DER). O Poder Executivo investiu R$ 3,36 milhões na locação dos veículos, utilizando recursos do Fundo para Infraestrutura de Transportes e Habitação (Fitha).

Segundo explicou o coordenador de logística e patrimônio do DER, Odair José da Silva, o modelo das camionetes é atualizado, de 2021, e apoiarão a mobilidade das equipes. Novas entregas estão previstas para ocorrer até a primeira quinzena de agosto, desta vez, com 23 camionetes locadas e outros equipamentos.

Antes do pronunciamento do governador, chefes, gerentes e motoristas ouviram explicações a respeito dos prazos de trocas de peça pela empresa locadora, quando necessário, e apelos para que evitem excesso de velocidade.

“É uma satisfação muito grande dispor dessa frota que rodará o tempo todo, porque há alguns anos o DER não recebia investimentos dessa natureza”, considerou o diretor-geral do DER, Elias Rezende de Oliveira. Ele apontou “o contato com as pessoas e as perfeitas condições de tráfego” como principais facilidades proporcionadas pelos veículos.

Os serviços a serem executados pela nova frota atenderão à população, ao comércio, e também ao turismo, enfatizou Marcos Rocha.

Segundo Marcos Rocha, o “trabalho forte” do DER é feito agora também dentro dos municípios. Ele lembrou que, ao assumir o cargo, há dois anos e sete meses, encontrou equipamentos avariados. “Tive o desprazer de encontrar em Buritis, Machadinho d’Oeste e em outros municípios, veículos em cima de tocos de árvores, e os prefeitos me cobraram estradas em boas condições. Conto com vocês. Vamos alcançar o novo norte”, disse o governador.

TRABALHANDO

No dia 21 deste mês, o diretor-adjunto, Eder André Fernandes, informou que os engenheiros civis aprovados no processo seletivo do órgão já trabalham na melhoria das estradas no interior do Estado. “São especialistas em infraestrutura rodoviária”.

Fonte: Secom-RO

CN

Presidente Alex Redano confirma investimentos para Rolim de Moura

Deputado trabalha ainda para o município receber recursos para implantação de iluminação em LED

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), anunciou investimentos para Rolim de Moura, durante encontro com o prefeito, Aldo Júlio (MDB) e o vice-prefeito, Alcides Rosa (PL), nesta quarta-feira (30), em seu gabinete na Casa de Leis.

No total, Redano irá destinar esse ano cerca de R$ 700 mil em emendas, atendendo ainda aos pedidos do vereador Waltão da Obra (MDB) e reforçados pelo vereador Cidinei da 200 (Republicanos).
“Rolim de Moura é um importante município de Rondônia, que com certeza contará com o nosso apoio e a nossa parceria. Estamos trabalhando ainda junto ao Governo para assegurar um investimento para garantir a implantação de iluminação em LED na cidade”, disse Redano.

Serão R$ 300 mil investidos na melhoria das estradas vicinais, mais R$ 200 mil na compra de tubos corrugados para a troca de pontes de madeira e outros R$ 200 mil em manilhas, para serem utilizadas em obras de drenagem.

Na semana passada, Alex Redano esteve em Rolim de Moura acompanhando o governador Marcos Rocha, no lançamento programa Tchau Poeira, que vai assegurar 17,8 quilômetros de recapeamento de asfalto na cidade.


Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

CN

Deputado Laerte Gomes anuncia investimentos na infraestrutura da zona rural de Costa Marques

Parlamentar destinou R$ 600 mil de emenda em atendimento à demanda apresentada por lideranças municipais

Nesta quinta-feira (25), o deputado Laerte Gomes (PSDB) esteve no município de Costa Marques para entregar 54 tubos que substituírão 14 pontes de madeira localizadas nas linhas vicinais da zona rural município.

Adquiridos por meio de emenda parlamentar destinada pelo deputado no valor de R$ 600 mil, com R$ 60 mil de contrapartida da Prefeitura de Costa Marques, os tubos atendem uma solicitação apresentada pelos vereadores, Elizeu Biazini (PSD), Professor Argemiro (PSD), vereadora Professora Lu (PSD) e pelo prefeito Mirandão (Republicanos).

“É é com muita alegria e satisfação que hoje venho aqui, junto com todas essas lideranças, pessoas amigas e parceiras, entregar esses tubos que tanto contribuírão para melhorar a infraestrutura da zona rural de Costa Marques, município onde me sinto em casa”, declarou Laerte Gomes. 

Em nome das demais lideranças municipais, o prefeito Mirandão agradeceu o deputado pela destinação do recurso que garantiu a compra dos 54 tubos para atender as linhas vicinais de  Costa Marques.

“São pontes de madeiras que estão em condições precárias e que agora, graças ao atendimento do deputado Laerte Gomes, poderão ser substituídas, garantindo assim, mais segurança aos usuários das linhas vicinais do nosso setor produtivo. Muito obrigado deputado e também, nossos agradecimentos aos nossos vereadores”, finalizou o prefeito.

Texto: Juliana Martins-ALE/RO

CN